Vou só olhar as vitrines: como uma boa vitrine virtual ajuda sua loja a vender mais

Ilustração com vitrines em um shopping center e escada rolante

Ir ao shopping sempre foi um dos grandes prazeres da minha vida. Pode ser um hobby bem fútil (não me julgue!), mas eu sempre gostei de ver as vitrines e imaginar situações em que eu poderia usar os itens expostos. Era como imaginar uma vida diferente para mim.

 

Cena do filme Bonequinha de Luxo
Eu me sentia a própria Holly Golightly passeando no Shopping do Méier.

 

Aí veio a pandemia do coronavírus e, bem, ver vitrine no shopping deixou de ser uma opção. Mas foi justamente a impossibilidade de fazer compras em loja física que chamou minha atenção para a importância de fisgar os visitantes de uma loja virtual logo de cara, tal como os adesivos de “queima de estoque” sempre me atraíram nas lojas físicas.

Neste artigo, falo um pouco sobre o que é uma vitrine virtual, por que sua loja deveria investir em uma e ainda dou algumas dicas para seus produtos brilharem. Ao fim deste post, você também encontra orientações de como fazer uma vitrine virtual para seu e-commerce na Shopify.

O que é vitrine virtual?

Sabe quando você abre a página inicial de um e-commerce e se depara com uma galeria de fotos de produtos lindíssimos? A vitrine virtual funciona como um convite para que o visitante de seu site explore o que sua loja tem a oferecer, tal como a vitrine de uma loja física.

É na vitrine virtual que seus produtos são exibidos, com fotos, descrições e até mesmo preços atraentes.

Justamente por ter essa função de instigar o visitante, é comum colocá-la na home page da loja virtual, mas você pode criar também vitrines em seções específicas do site ou em landing pages.

Assim como as lojas físicas se esforçam na decoração de cair o queixo, as vitrines virtuais precisam atrair e encantar o usuário, causando uma primeira impressão arrasadora.

E como você pode propiciar esse sentimento ao seu público? Em vez de manequins e pôsteres, você tem à sua disposição fotos, vídeos e outros elementos gráficos que sejam atraentes para o consumidor e estejam em sintonia com a identidade visual de sua marca.


Você tem uma ideia de negócios?

Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!

Por que montar uma vitrine virtual?

Mesmo que você nunca tenha tido uma obsessão com vitrines de loja que nem eu, não dá para negar a importância de exibir seus produtos belíssimos de um jeito que fale com o coração dos clientes.

Cena do seriado Sex and the City

Em um e-commerce, a vitrine virtual é igualmente importante: além de promover seus artigos, tem o poder de construir a imagem de sua marca e envolver o público. E todos esses benefícios contribuem para o objetivo principal de todo negócio, que é aumentar a taxa de conversão.

Confira em mais detalhes as principais vantagens de criar uma para sua loja.

1. Fortalece a imagem de sua marca

Uma pesquisa realizada pela Shopify em 2020 apontou que a primeira impressão da página inicial é determinante para uma marca ganhar a confiança do cliente.

Quando fazemos compras na internet, é normal termos receio de confiar nosso suado dinheirinho a uma loja virtual desconhecida. Nosso julgamento começa logo quando abrimos o site.

Será que esse site é seguro? Será que os produtos dessa loja prestam?

O estudo da Shopify apontou que os clientes são mais exigentes quanto ao design e ao layout de uma loja virtual na primeira visita, mesmo que estejam procurando por um produto que já conhecem.

Por isso, uma vitrine virtual bem organizada e atraente pode ser decisiva para causar uma boa primeira impressão em clientes de primeira viagem e fortalecer a imagem de sua marca diante do público.

2. Aproxima sua loja virtual do público

Ilustração com mulher admirando vitrine de uma loja em promoção

Com as vitrines virtuais, sua criatividade não tem limites: você pode personalizá-las de modo que se comuniquem com seu público-alvo da melhor forma possível, causando um impacto mais significativo.

Você tem a oportunidade de expor seus produtos de maneira única, de modo a refletir a identidade da marca e, ao mesmo tempo, fazer com que seus visitantes se identifiquem com sua loja virtual.

A personalização também é sua aliada para se destacar em meio à multidão de e-commerces que também atuam em seu nicho e dar ao seu negócio uma vantagem competitiva.

São os elementos visuais que vão tornar sua loja virtual memorável e criar essa conexão com o visitante. Pense bem em que cores, imagens e vídeos usar para causar a impressão certa.

🆘 Se você ainda tem dúvidas sobre como definir seu público-alvo e seu cliente ideal, confira nosso guia sobre como definir o perfil de cliente para sua loja virtual.

3. Ajuda a diminuir a taxa de rejeição

Ao abrir seu e-commerce, os usuários em geral tomam a decisão de ficar ou fechar a janela em questão de segundos. Se tem muita gente que sai de seu site sem passar da página inicial, pode ser um indicativo de que há alguma coisa errada.

A taxa de rejeição, também chamada de bounce rate, é um importante indicador-chave de desempenho (KPI) para sua loja virtual. É essa taxa que diz a você quantas pessoas deixaram o site depois de visualizar apenas uma página.

Esse KPI está diretamente ligado ao que apontei no item 1, com a pesquisa realizada pela Shopify; ganhar a confiança do usuário logo de cara é fundamental para que ele sinta vontade de continuar explorando sua loja virtual.

A taxa de rejeição alta pode ser explicada pela página inicial, que não está atrativa o suficiente e não está conseguindo se comunicar com seu cliente potencial. E você já sabe que elemento pode reverter esse cenário, né? 😉

Antes de inventar as vitrines mais elaboradas do mundo, não se esqueça de garantir uma boa experiência de navegação para o usuário. Por mais lindo que seu site esteja, se os visitantes não conseguirem visualizá-lo bem porque não tem versão mobile ou porque o site está muito lento, por exemplo, a chance de eles saírem do site é muito maior.

Tá, mas como fazer uma boa vitrine virtual?

Ilustração com mulher selecionando produtos em uma vitrine virtual na tela do computador

Se você já se convenceu dos benefícios das vitrines virtuais, passemos ao que você quer tanto saber: como fazer uma vitrine arrasadora?

Antes de mais nada, é preciso ter duas coisas bem claras. A primeira é que sua identidade visual precisa estar no esquema. Não tem como você escolher fotos e outros elementos visuais sem saber qual é a identidade de sua marca.

A experiência do usuário com compras na internet o ensinou a procurar por qualquer coisa que indique que o site não é legítimo. Inconsistências na identidade visual sinalizam uma falta de “profissionalismo” da loja virtual, o que pode ativar o desconfiômetro do usuário e fazê-lo abandonar seu site.

A vitrine virtual não será tão eficaz se não estiver de acordo com a mensagem a ser transmitida pela marca. Sem a identidade visual definida, é mais difícil de se comunicar com seu cliente ideal.

A segunda coisa que você precisa definir são os objetivos de seu negócio. Escolher os itens certos para serem exibidos, por exemplo, passa por determinar suas estratégias de marketing e gestão, além de ter um bom controle de estoque.

Com esses dois pré-requisitos atendidos, você já pode começar!

☑️ Checklist: o que sua vitrine virtual deve ter

🔲 Carregamento rápido do site: abusar no tamanho das imagens pode prejudicar a velocidade de carregamento do site, aumentando assim sua taxa de rejeição;

🔲 Layout responsivo: para que seu site possa ser visualizado sem problemas em qualquer dispositivo, com qualquer tamanho de tela;

🔲 Layout clean e organizado: o excesso de informação visual (como imagens, banners e pop-ups) pode prejudicar a experiência do usuário e diminuir a eficácia de sua vitrine. Atente-se para o contraste das cores escolhidas, para não dificultar a leitura e deixar a visualização do site cansativa;

🔲 Imagens de qualidade: nada de fotos tiradas no celular! As fotos precisam ter ótima resolução para valorizar o produto. Se você não sabe o que fazer, confira nosso guia para tirar fotos de produtos;

🔲 Descrição dos produtos: alguns layouts de vitrines permitem a inclusão de uma breve descrição do item, explicando o que é e para que serve;

🔲 Consistência no conteúdo: além de seguir sua identidade visual, é importante que as vitrines virtuais estejam alinhadas com sua marca como um todo, de modo a transmitir a mensagem desejada.

O checklist serve como um guia geral para qualquer vitrine que você queira montar. Na seção a seguir, vamos conversar um pouco sobre as possibilidades de organização de suas vitrines.

4 formas de organizar suas vitrines virtuais

Fica difícil montar uma vitrine sem saber o que colocar nela, né? Aqui vou sugerir a você quatro formas de arrumar sua vitrine virtual.

1. Mais vendidos 🥇

A vitrine é o lugar ideal para dar destaque àqueles itens que são sucesso garantido. Se eles são o grande carro-chefe de sua loja, não perca a oportunidade de exibi-los para seus novos visitantes.

Para sua vitrine de produtos mais vendidos ser eficaz, é importante entender bem o perfil de seu cliente ideal e conhecer quais são esses itens. Use e abuse do Google Analytics para traçar esse perfil e verificar a popularidade de seus produtos.

A loja Pantys tem uma vitrine em sua home page para destacar produtos populares — e repare que logo embaixo da imagem, a marca destaca a excelente avaliação dos itens.

Captura de tela da vitrine virtual da loja Pantys

2. Promoções 🔥

Em tempos pré-pandemia, quando eu passeava pelo shopping, meus olhos chegavam a arregalar quando eu via a vitrine de minha loja favorita coberta de adesivos:

SALDÃO DE INVERNO

QUEIMA DE ESTOQUE

O GERENTE FICOU MALUCO!

Se você quer atrair clientes como eu, que não conseguem resistir a uma promoção quentíssima, não perca a oportunidade de fisgar os visitantes com seus preços atraentes.

A página inicial não é o único lugar para colocar esse tipo de “convite”; páginas que indicam que o cliente já está mais avançado no funil de compras (no carrinho, por exemplo) podem ser ideais para incluir uma vitrine com produtos promocionais. Sabe quando você já está na fila do caixa no mercado e vê aquele chocolatinho na prateleira? Faça seu produto promocional ser aquele chocolatinho a mais, aumentando assim o ticket médio de sua loja.

Seguindo a mesma lógica, também vale incluir os produtos promocionais em banners em lugares estratégicos do e-commerce.

3. Lançamentos ⭐

Ninguém vai comprar seus produtos novos se ninguém souber que eles existem. Naturalmente, você deve criar campanhas para divulgar seus lançamentos, mas as vitrines virtuais são uma ótima forma de colocá-los na boca do povo.

Essa organização é especialmente eficaz para aumentar as vendas para clientes fidelizados. Como são usuários que já estão mais familiarizados com a marca e o que você vende, eles acabam ficando mais empolgados com os lançamentos.

4. Por categoria 🗂️

Ao exibir os produtos por categoria, você facilita a navegação pelo site. Assim, o usuário encontra ainda mais facilmente o item que deseja.

A organização por categoria talvez faça mais sentido se sua loja oferece muitas opções de produtos (pense em lojas que vendem todos os tipos de itens de vestuário, por exemplo). A Insecta Shoes, por exemplo, colocou em seu site uma vitrine indicando outras categorias para além dos sapatos.

Captura de tela do site da Insecta Shoes mostrando vitrine por categoria

👀 Fique de olho no estoque!

Não tem nada mais frustrante para o cliente do que ser atraído por uma vitrine e dar de cara com um aviso de “esgotado” na página do produto. Antes de incluir qualquer produto em suas vitrines, certifique-se de que há itens suficientes em estoque para atender à demanda prevista.

Além disso, não se esqueça de remover os itens anunciados uma vez que você não tiver mais unidades em estoque.

Caso você queira saber mais sobre controle de estoque, confira nossas dicas.

Como fazer uma vitrine em sua loja Shopify

Antes de mais nada, você precisa adicionar os produtos à sua loja virtual na Shopify. Se você não sabe como adicionar um produto, confira o passo a passo em nossa Central de ajuda.

Uma vez adicionados, os itens podem ser organizados em coleções. São as coleções que vão facilitar a criação de sua vitrine virtual. Veja no vídeo abaixo como adicionar produtos a uma coleção.

 

 

Se você quiser exibir itens de uma coleção específica, basta ir no menu lateral de seu admin e clicar em Loja virtual > Temas e selecionar o botão Personalizar. A partir daí, você pode editar todas as seções de sua loja virtual, inclusive de sua página inicial. Ao inserir uma seção Coleção em destaque, por exemplo, você exibe alguns produtos de uma determinada coleção, como mostra a imagem abaixo.

Captura de tela do admin de uma loja da Shopify

Os temas da Shopify apresentam uma variedade de opções para exibição de seus produtos. Entretanto, talvez sua loja queira ser ainda mais ousada e criar um layout completamente novo. Não tem problema! Para isso, existe o comércio sem cabeça.

Também chamado de headless commerce, o comércio sem cabeça corresponde a uma arquitetura em que o front-end (o que os usuários veem) e o back-end (o sistema por trás do site) de um site são independentes.

Com o headless commerce, você pode criar a vitrine virtual do jeito que desejar e só depois conectá-la à Shopify — o back-end de sua loja virtual. Para isso, porém, você vai precisar da ajuda de desenvolvedores.

O headless commerce da Shopify está disponível para membros do plano Shopify Plus, que é mais indicado para lojistas com alto volume de vendas e para grandes empresas.

Se você ainda tiver dúvidas sobre como incluir uma vitrine em sua loja Shopify, você pode entrar em contato diretamente com a Central de ajuda.

Exiba seus produtos e crie sonhos

Criar uma vitrine virtual é mais do que destacar seus produtos. É entrar na imaginação do consumidor, que quer se visualizar de forma diferente, seja com um problema prático resolvido ou com a autoestima lá em cima.

Quando mais nova, eu via as vitrines de bolsas de grife e não me imaginava apenas usando uma bolsa; eu me via como uma mulher de negócios de sucesso. Se sua marca conhecer bem o cliente ideal e for criativa, você terá a oportunidade de oferecer algo muito mais valioso do que qualquer produto: você estará criando sonhos.

Perguntas frequentes sobre vitrine virtual

O que é vitrine virtual?

É uma seção ou página de uma loja virtual que exibe os produtos à venda. A vitrine virtual pode estar tanto na página inicial quanto em outras páginas do site.

Por que criar uma vitrine virtual?

Ajuda a fortalecer a imagem da marca, passando uma mensagem coesa, além de atrair o visitante e diminuir a taxa de rejeição (bounce rate) do site.

Como fazer uma boa vitrine virtual?

Os elementos essenciais são: carregamento rápido do site, layout responsivo e organizado, imagens de qualidade, descrição breve dos produtos e consistência no conteúdo exibido. Não se esqueça também de desenvolver a identidade visual da marca e considerar os objetivos da empresa e o estoque.

Which method is right for you?Sobre a autora

Bianca Saburi é copywriter e escritora. Adora aprender mais sobre marketing e e-commerce, além de ser apaixonada por livros e cachorros.

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Entre em contato a nossa Central de ajuda