Quer abrir uma loja virtual?

Ajuda, Shopify! Dúvidas frequentes sobre produtos para revenda

Imagem de uma mão segurando sacolas de compra de papelão. No primeiro plano, em fonte branca, há o logo da Shopify e o título" Produtos para revenda"

Você já cogitou a possibilidade de trabalhar com produtos para revenda na internet? Essa ideia de negócios pode trazer bons resultados para um e-commerce, mas para fazer dar certo é necessário definir algumas coisas de ordem prática.

Nem todo mundo tem o dom de criar produtos do zero ou o talento para pensar numa ideia de produto que é 100% inédita. Além disso, vamos combinar que já tem muito produto bacana por aí, né?

Por isso mesmo, buscar produtos para revenda pode ser uma ideia bem lucrativa de negócios. Nesse modelo, você trabalha diretamente com fornecedores e pode investir o seu dinheiro não na fabricação dos produtos, mas sim em estratégias de marketing para e-commerce e alcance de leads.


Neste artigo, preparamos um pequeno guia sobre a revenda de produtos para você entender como funciona esse modelo de negócios e por onde começar. Vamos lá?

Revenda de produtos: como funciona?

Mulher sentada em uma mesa, finalizando o embrulho de uma encomenda

Não faço ideia de como funciona a revenda de produtos! Como posso ganhar dinheiro com isso? 👀

Chamamos de “revenda de produtos” o modelo de negócios no qual uma loja comercializa itens que são fabricados por terceiros (ou seja, pelos fornecedores de produtos para revenda).

Existem várias modalidades de revenda, e cabe a você decidir qual é mais compatível com o tipo de investimento que você deseja fazer, com os objetivos que você quer alcançar e com os canais das redes sociais que você pretende usar.

1. Produtos para revenda direto da fábrica

O modelo de revenda de produtos direto da fábrica é mais apropriado para empreendedores e empreendedoras que já possuem uma marca consolidada no varejo físico e, por isso, dispõem de espaço para armazenar estoque e de capital para investir na aquisição dos produtos para revenda.

A vantagem desse modelo é que o custo por produto acaba sendo menor, pois os preços são mais vantajosos quando os itens são comprados em grandes quantidades direto da fábrica. Por outro lado, é necessário fazer um investimento considerável antes de começar a ter lucro.

🔎 Já tem uma loja física e está querendo expandir para o e-commerce? Confira o nosso guia sobre como trazer sua loja física para o online.

2. Fornecedores de produtos para revenda

Fornecedores são empresas que detêm estoque dos itens que você quer comercializar.

Você tem a opção de trabalhar com fornecedores nacionais ou internacionais, além de decidir se deseja adquirir produtos em grandes ou pequenas quantidades. No caso da compra de um grande estoque, você lidaria com uma empresa de serviços de importação; mas, se seu objetivo é começar a revender com investimento mínimo, vale a pena considerar o dropshipping.

No modelo de dropshipping, você trabalha diretamente com um ou mais fornecedores e constrói o catálogo inteiro de produtos da loja com esses fornecedores. Assim, você não precisa ter que lidar com o estoque físico de mercadorias e nem com a parte de envio e processamento de pedidos, já que tudo isso fica por conta do fornecedor.

O dropshipping é especialmente vantajoso para lojistas que não querem fazer um grande investimento inicial para começar a vender.

Uma grande vantagem de trabalhar com essa modalidade de produtos para revenda é que você pode selecionar exatamente o que quer vender em sua loja. Além disso, revender produtos de outros países dará à sua empresa a vantagem de oferecer produtos que não são fáceis de encontrar no Brasil. Só não se esqueça de combinar tudo com o fornecedor e oferecer um bom serviço de envio internacional, tá?

Para trabalhar com produtos para revenda no dropshipping, no entanto, é preciso ter bastante cuidado ao escolher seu fornecedor. Se quiser saber mais sobre o assunto, veja na live abaixo como aprender a identificar bons fornecedores no mercado.

E se quiser saber mais sobre dropshipping e fornecedores de produtos para revenda, vale a pena conferir a nossa lista com os 11 melhores apps de dropshipping.

3. Revenda por consignação

A revenda de produtos por consignação funciona da seguinte maneira: você revende produtos de um fornecedor, que deixa sob sua responsabilidade uma determinada quantia de mercadorias.

Você não precisa comprar nada; o custo de receber essas mercadorias é zero, e você ganha comissão em cima dos itens vendidos. Além disso, o que não for vendido pode ser devolvido ao fornecedor.

Embora seja uma grande vantagem não precisar fazer um investimento inicial, a margem de lucro dessa modalidade de revenda de produtos é menor. Por isso, produtos para revenda que têm bom potencial de vendas, como bijuterias e semi jóias, lingerie, produtos de beleza e roupas são mais interessantes para a consignação.

🔎 Você sabia que a venda de maquiagem online pode ser uma excelente ideia de negócios para construir um e-commerce de sucesso?

4. Revenda de produtos por catálogo

Você deve conhecer alguém que trabalha ou já trabalhou com produtos para revenda por catálogo. As empresas de cosméticos são as mais presentes nessa modalidade de revenda de produtos, como Avon, Natura e Mary Kay, mas também encontramos exemplos em outros nichos de mercado, como os nichos de roupas íntimas e, claro, o de cama mesa e banho.

E como funciona? 

Você recebe um catálogo com os produtos para revenda e, em geral, precisa adquirir apenas um kit inicial para começar a vender, que não costuma ser caro. Esse kit pode servir de estoque para vendas com pronta entrega ou então de mostruário para seus clientes.

Com o catálogo, não há necessidade de investir em um ponto de compra físico, em estoque ou em funcionários; além disso, você pode mostrar os produtos aos clientes sem precisar levar os produtos para cima e para baixo. Outra vantagem da revenda por catálogo é que você pode trabalhar com mais de um fornecedor ao mesmo tempo.

5. Revenda de produtos usados

Revender produtos usados é outra boa aposta para quem quer começar a empreender, mas não quer fazer um grande investimento logo de cara. Itens que estão sem uso na sua casa, como roupas e objetos colecionáveis, podem se tornar produtos para revenda.

Essa empreitada tem todo o potencial de se consolidar como negócio: brechós e sebos são alguns exemplos de negócios que se especializaram na revenda de produtos usados. Você pode começar anunciando produtos para revenda em redes sociais ou portais como o Mercado Livre e o Enjoei, ou então levar a iniciativa um pouco mais adiante e abrir sua própria loja virtual.

🔎 Além do dropshipping e do modelo de revenda, vale a pena considerar a impressão sob demanda — um modelo de negócios que também não trabalha com estoque físico de produtos e que pode gerar um bom movimento nas vendas online.

Quais as vantagens de trabalhar com produtos para revenda?

Ainda não está colocando fé que essa ideia é para você? Aqui vão alguns benefícios dessa modalidade de vendas que podem te ajudar a mudar de ideia:

  • Renda extra: a revenda de produtos acaba tendo um ótimo potencial de renda extra para quem não quer ou não pode abrir mão do emprego, pois demanda menos energia e investimento que criar seus próprios produtos em casa;
  • Baixo investimento inicial: por trabalhar principalmente com fornecedores de produtos para revenda, a maioria das modalidades de revenda permite que você comece seu negócio com um investimento mínimo, na maioria das vezes sem necessidade de gastar dinheiro com estoque ou loja física;
  • Maior leque de produtos para revenda: o leque de opções de mercadoria aumenta consideravelmente quando você não precisa se preocupar com a manufatura dos produtos. Você pode, inclusive, trabalhar com vários nichos de mercado ao mesmo tempo;
  • Maior facilidade para gerenciar o negócio: como você não vai ter que fabricar os produtos, vai ter mais tempo (e dinheiro) para concentrar suas energias em outras áreas do seu negócio. No caso de quem trabalha com dropshipping, por exemplo, é o fornecedor de produtos para revenda que se encarrega do estoque e do envio para o cliente.

Como abrir um negócio de produtos para revenda?

Três lampadas em um fundo colorido

Ok, quero trabalhar com produtos para revenda! E agora? 🤔

Primeiramente, parabéns! 👏🏽 Muita gente diz que é um ato de coragem tomar o primeiro passo para realizar o sonho de empreender em meio a tantas incertezas no Brasil e no mundo. Mas quando é que investir em sonhos não exige coragem, não é mesmo?

O passo a passo para abrir um negócio de revenda é similar à abertura de qualquer negócio lucrativo. Destacamos a seguir três perguntas que você precisa responder antes de embarcar nessa empreitada.

1. Qual é a sua ideia de negócio?

Antes de mais nada, você tem que definir quais produtos sua loja vai oferecer. Tanto faz escolher primeiro os produtos ou o modelo de revenda de produtos: um vai ajudar você a determinar o outro.

Se você já tiver produtos para revenda em mente, avalie suas opções para decidir qual modelo de revenda se encaixa melhor nas suas necessidades e limitações orçamentárias. Se você já tiver uma opção de revenda, analise quais produtos são viáveis nesse modelo de negócio.

2. O que você sabe sobre seu nicho de mercado?

Um dos principais ingredientes para que seus produtos para revenda façam sucesso é se planejar bem, e esse planejamento envolve conhecer a fundo o nicho de mercado onde você vai atuar.

Confira abaixo os 3 elementos que não podem faltar na hora de planejar um negócio de produtos para revenda:

  • Pesquisa de mercado: ajuda você a entender melhor o nicho que você escolheu, seu público-alvo e a demanda por produtos desse nicho. A pesquisa de mercado fornece informações sobre as necessidades e preferências dos consumidores, o que permite determinar quais produtos atenderão melhor a essa demanda.
  • Análise da concorrência: mostra os pontos fortes e fracos de cada negócio concorrente, de modo a identificar lacunas de mercado que seu negócio pode preencher. Também possibilita avaliar os obstáculos de se oferecer determinados produtos para revenda e identificar como a concorrência lida com esses desafios.
  • Plano de negócio: lista tudo sobre seu negócio e seus produtos para revenda, além de mostrar em detalhe outros dados importantes, como seu planejamento de marketing, logística e finanças. Planos de negócio costumam ser usados na hora de atrair investidores, mas também podem auxiliar você a visualizar melhor suas chances de sucesso com os produtos para revenda e a definir quanto tempo e quantos recursos serão necessários para abrir seu negócio.

As melhores ideias de negócio online

Descubra quais são as melhores ideias de negócio online e comece a vender na internet hoje mesmo.

3. Onde você vai vender seus produtos para revenda?

Para quem trabalha com a revenda de produtos, são várias as opções de onde vender. Dependendo do tipo de revenda que você escolher, você pode optar por abrir uma loja física ou vender na internet, além de poder trabalhar de casa ou em um escritório.

A maioria dos modelos de revenda não exige uma loja física — alguns, inclusive, nem demandam que você mantenha um estoque físico dos produtos. Se é facilidade e agilidade que você procura, a revenda de produtos online talvez seja a solução mais indicada.

Existem diversas plataformas que podem ajudar você a começar a revender na internet:

  • Redes sociais: muitas pessoas começam a divulgar seus produtos e realizar vendas em redes como o Facebook, o Instagram e o Pinterest, contando com o apoio e divulgação de amigos e familiares nessa fase inicial. No entanto, à medida que sua loja crescer, é importante criar um espaço próprio de sua loja na internet, já que as redes são muito voláteis — qualquer mudança nessas plataformas pode afetar seu negócio.
  • Marketplaces: você também pode revender produtos em sites como Mercado Livre e OLX. Os custos para vender em um marketplace são relativamente baixos e você consegue alcançar um público bastante amplo. Por outro lado, sua marca tem menos visibilidade, pois o cliente associa a compra ao marketplace e não à sua loja.
  • Sua loja virtual: não há nada como um cantinho para chamar de seu! Abrir uma loja virtual gera um pouco mais de custos, mas você não fica dependente de nenhuma outra plataforma. Caso a loja online não seja uma opção para você agora, não perca essa possibilidade de vista quando seu negócio estiver em expansão. Na hora de definir onde criar sua loja, escolha uma plataforma de e-commerce que ofereça facilidade e tenha a estrutura compatível com as necessidades de seu negócio.

🔎 Você sabia que a Shopify conta com um canal de vendas Pinterest e uma integração exclusiva com o TikTok For Business? Aproveite esses recursos poderosos para gerar compras online hoje mesmo!

Como encontrar ideias de produtos para revenda?

Grupo de mulheres em uma sessão de brainstorming

Me ajuda, Shopify! Eu não sei o que vender! 😩

Primeiro de tudo, respira! Abrir uma loja virtual, assim como qualquer mudança na nossa vida, pode parecer confuso e assustador, mas a gente está aqui para tentar te ajudar. Selecionamos nesta seção uma série de dicas de como (e onde) escolher produtos para revender.

💡 Onde encontrar inspiração?

Em geral, os melhores produtos para seu negócio são aqueles que atendem uma demanda do mercado e também são de seu interesse pessoal. Afinal, se você não tem o menor interesse em carros, não faz sentido vender acessórios para automóveis, certo?

Mesmo que sua motivação principal seja ganhar dinheiro, no fim das contas, o que vai fazer seu negócio decolar é o quanto você acredita naquilo que vende. Por isso, recomendamos que, antes de mais nada, você faça um brainstorming: em que nichos você gostaria de atuar? Que tipo de negócio fala mais com o seu coração? A partir daí, sua busca por ideias de produtos para revenda poderá ser um pouco mais direcionada.

Além disso, também existem diversos lugares onde você pode encontrar ideias de produtos para revender. Confira a seguir alguns exemplos:

  • Sua experiência como cliente: que tipo de produto você adoraria ter, ou que solucionaria um problema na sua vida? Ouça também o pitaco de amigos e familiares — a inspiração pode estar mais próxima do que você imagina;
  • Redes sociais: as redes sociais são ótimos termômetros de tendências. Perfis de influenciadores e hashtags de seu nicho podem apontar quais produtos estão bombando no momento;
  • Lojas no exterior: sabe aquela loja da gringa que você curte? Dê uma navegada no site para encontrar produtos que são sucesso de vendas lá fora, mas que não estão disponíveis no Brasil;
  • Marketplaces: acesse alguns marketplaces e veja quais são os produtos mais populares em cada um.

🔎 Você já ouviu falar em product market fit? Ele também pode ser um aliado decisivo na hora de escolher o tipo de mercadoria que você quer vender.

Onde encontrar produtos para revenda?

Isso vai depender do modelo de revenda de produtos que você escolher para o seu negócio. Se você quiser mergulhar no mundo do dropshipping e abrir um e-commerce com a Shopify, vale a pena conferir a nossa seleção de apps que oferecem serviços de sourcing de mercadorias ou buscar marketplaces dedicados. Uma outra opção é testar o Printful, que trabalha exclusivamente com o modelo de impressão sob demanda.

🔎 Não se esqueça de conferir a nossa lista com os melhores produtos para vender na internet em 2022!

🌟 Produtos para revenda que dão lucro

Investir em produtos para revenda abre um universo de possibilidades. Entretanto, existem alguns nichos que têm uma alta procura e que também dispõem de uma grande variedade de fornecedores:

  • Vestuário
  • Bijuterias, semijoias e acessórios
  • Produtos de beleza e cosméticos
  • Itens de decoração
  • Utilidades para a casa e mercadorias de cama, mesa e banho
  • Produtos eletrônicos e acessórios, como fones de ouvido
  • Acessórios de pet shop

Apesar de serem nichos com demanda elevada, também há muitas lojas atuando nesses segmentos. Por isso, antes de mergulhar nesses nichos, é fundamental traçar uma boa estratégia de marketing para se destacar entre a concorrência acirrada.

Tudo certo para começar a revender?

Prontinho! Agora você já sabe um pouco mais sobre produtos para revenda e quais opções estão à sua disposição para começar a empreender.

A Shopify tem como missão oferecer a melhor estrutura para que cada lojista possa realizar seus sonhos. Esperamos que, com este artigo, você esteja um pouquinho mais perto de concretizar o seu. Desejamos muito sucesso nas suas vendas! 🎉 

Perguntas frequentes sobre produtos para revenda

Quais as principais vantagens de trabalhar com produtos para revenda?

Você não precisa criar seu produto e tem uma variedade enorme de produtos à disposição para escolher. Além disso, trata-se de um tipo de negócio que pode ser mais fácil de gerenciar, pode funcionar como renda extra e exige um investimento inicial relativamente baixo.

Como começar a revender produtos na internet?

Para começar a trabalhar com produtos para revenda, você precisa definir sua ideia de negócio, estudar bem o seu nicho de mercado e decidir onde vai vender seus produtos.

Onde encontrar ideias de produtos para revenda?

Você pode se inspirar nas suas próprias necessidades como consumidor, nas redes sociais e em marketplaces como a Amazon e o Mercado Livre. Além disso, você pode ficar de olho no que está fazendo sucesso nos sites das suas lojas estrangeiras favoritas.

Quais produtos para revenda fazem mais sucesso?

Os produtos para revenda mais populares são aqueles que têm alta demanda o ano inteiro: vestuário, bijuterias e acessórios, cosméticos, itens de decoração e utilidades para a casa.

Quer saber mais?


Which method is right for you?Sobre a autora

Bianca Saburi é copywriter, escritora e editora-chefe do blog da Shopify em português do Brasil. Adora aprender mais sobre marketing e e-commerce, além de ser apaixonada por livros e cachorros.

Atualização: Marcela Lanius

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Entre em contato a nossa Central de ajuda

Quer abrir uma loja virtual?