Quer abrir uma loja virtual?

Por dentro do algoritmo do Instagram: 10 dicas para impulsionar o seu perfil

Ilustração com um fundo roxo. No chão está o logo do Instagram e, do centro dele, sai um turbilhão de dados, curtidas, fotos, textos e imagens, que simbolizam o algoritmo do Instagram

Às vezes basta ouvir a palavra “algoritmo” que muita gente já fica aflita, pensando em como melhorar o alcance do perfil nas redes sociais. Afinal, como é que funciona o algoritmo do Instagram? Será que ele pode ajudar marcas que querem vender online?

Se você já leu alguma coisa sobre algoritmos das redes sociais, provavelmente deve ter captado a mensagem de que eles são os responsáveis por determinar não só o alcance do conteúdo postado por uma marca, mas também o sucesso de uma estratégia de SEO.

Contudo, esses algoritmos não possuem uma única configuração e muito menos uma configuração imutável, o que significa que até mesmo as estratégias de marketing mais recentes podem ficar à mercê de novas atualizações e diretrizes de funcionamento.

Para ganhar seguidores no Instagram, por exemplo, não basta postar regularmente e utilizar as melhores hashtags para a sua marca; é necessário levar o algoritmo do Instagram em conta e reestruturar toda a estratégia de marketing e branding da loja.

No post de hoje, vamos mostrar como funciona o algoritmo do Instagram – e o que você pode fazer para garantir bons resultados dentro da plataforma.

🔎 E já que falamos de SEO: Você sabia que o Yoast SEO já está disponível como plug-in para lojistas da Shopify?


Como funciona o algoritmo do Instagram?

O algoritmo do Instagram é o responsável por determinar a ordem na qual as publicações e os Instagram Stories são exibidos nos feeds de todos os usuários.

Isso significa que a principal função do algoritmo é elencar os posts por ordem de relevância, colocando alguns conteúdos nas posições de destaque e deixando conteúdos não tão relevantes lá para o final do feed.

Atualmente, sabemos mais ou menos como funciona o processo de ranqueamento que é utilizado pelo algoritmo do Instagram – e, por mais que esse mesmo recurso possa ser alterado no futuro, dá para delimitar ao menos três fatores importantes para usuários e marcas que desejam tornar seus conteúdos mais relevantes:

  • A relação entre seguidor e marca: se um determinado seguidor interage com vários conteúdos de uma marca, é bem provável que ele esteja disposto a visualizar novos conteúdos publicados pelo perfil. É por essas e outras que vale a pena investir em estratégias para fidelizar clientes e seguidores – afinal, quanto mais orgânico for o relacionamento do cliente com a marca, maior a chance de conseguir um bom engajamento nas redes.
  • Quanto maior a concorrência, melhor deve ser o conteúdo: se o seu público-alvo é constituído por usuários que seguem muitos perfis, prepare-se para criar conteúdos poderosos, para conquistar uma posição de destaque no feed. Ou seja: agora é a hora de definir o que postar no Instagram!
  • O foco deve estar nos usuários ativos: a chance de conquistar uma posição de destaque é bastante pequena se você estiver focando seus esforços em usuários que não são muito ativos no Instagram. Se você concentrar suas estratégias em usuários ativos e engajados, conseguirá mandar um sinal importante para o algoritmo do Instagram e, assim, aumentar as chances de obter bons resultados.

Também é importante lembrar que, além de avaliar e organizar os conteúdos do feed e dos Stories, o algoritmo do Instagram também é uma peça central para definir a ordem de exibição dos Reels e da aba Explorar.

Mas… o que é que isso tem a ver com o mix de marketing e com as estratégias de conteúdos para redes sociais de uma loja? Na verdade, tem muito a ver – ainda mais se você souber adaptar as suas estratégias para que elas levem em conta a atividade do algoritmo do Instagram.

Calma que a gente já vai explicar isso melhor!

O feed em ordem cronológica acabou com o algoritmo do Instagram?

No final de março de 2022, o Instagram anunciou que iria reabilitar a possibilidade de exibição cronológica do feed.

Esse era um pedido já antigo de muitos usuários da plataforma, mas várias marcas e empresas ficaram apreensivas: afinal, já fazia anos que o feed exibia uma mistura entre conteúdos em ordem cronológica, conteúdos organizados por relevância pelo algoritmo do Instagram e conteúdos publicitários.

Mas será que essa mudança significa o fim do algoritmo do Instagram? E significa também que você não precisa mais saber como funciona o algoritmo do Instagram?

via GIPHY

Nananina-não!

A gente explica: a partir de agora, o Instagram oferece três visualizações diferentes do feed:

1 O feed “Favoritos”, que pode ser totalmente personalizado por cada usuário do Instagram e tem um limite máximo de 50 contas que podem ser adicionadas manualmente. Esse feed também lembra um pouco a função de “Amigos Próximos” dos Stories.

2 O feed “Seguindo”, que é o feed exibido na ordem cronológica, sem contar os Stories e outras publicações recomendadas.

3 O feed com o algoritmo do Instagram, que continua sendo a visualização-padrão sempre que o usuário acessa a plataforma.

Isso significa que o feed cronológico voltou, mas só como um modo de visualização do feed, e não afeta os Stories, Reels e nem a guia Explorar, que continuam sendo acessadas apenas pela visualização tradicional do feed (ou seja: a visualização que é organizada de acordo com o algoritmo do Instagram).

Trocando em miúdos: se você está gerenciando uma conta comercial, precisa sim saber como funciona o algoritmo do Instagram.

🔎 E já que estamos falando de algoritmos: você já sabe como funciona o algoritmo do YouTube?

Algoritmo do Instagram e Stories

O algoritmo do Instagram exibe os Stories tomando como base os perfis com os quais o usuário mais interage; esse nível de interação, por sua vez, é medido de acordo com comentários, curtidas, mensagens via Direct, reação a outros Stories e mais.

Além disso, muitos usuários recebem Stories de acordo com a localização: isso significa que quanto mais próximo você estiver do usuário, geograficamente falando, maiores as chances de que ele veja os seus Stories assim que eles forem postados.

📢 Dica exclusiva da Shopify sobre como funciona o algoritmo do Instagram: quanto maior for o engajamento que você conseguir pelos Stories, maiores são as chances de que os seus seguidores vejam e interajam com os seus novos posts do feed.

Por isso mesmo, é importante definir um calendário de conteúdos e tentar publicar toda semana. A ideia é aumentar as chances de que os Stories da sua loja sejam os primeiros que os clientes vejam sempre que abrirem o Instagram.

Algoritmo do Instagram e Reels

O algoritmo do Instagram avalia os Reels de uma forma bem parecida com a que usa para avaliar o feed. Ou seja: o conteúdo é exibido com prioridade para os usuários que mais interagem com a sua conta.

Para aumentar a visibilidade dos Reels, você pode publicá-los primeiro no feed e incluir algumas hashtags exclusivas na legenda. 

 

📢 Dica exclusiva da Shopify sobre como funciona o algoritmo do Instagram: os Reels ainda são um recurso meio novo no Instagram, e tem muito lojista com medo de explorar o formato. No entanto, os Reels podem ser uma estratégia poderosa de social commerce, então vale a pena começar a explorar as vantagens e benefícios desse formato!

Como usar o algoritmo do Instagram: 10 dicas práticas

Agora que já discutimos o básico sobre como funciona o algoritmo do Instagram, está na hora de conversarmos um pouco sobre como utilizá-lo para favorecer e impulsionar as suas campanhas de marketing de conteúdo dentro da plataforma.

1. Construa uma relação sincera com os seguidores

O maior segredo para conquistar uma posição de destaque nos feeds dos seus seguidores é estabelecer uma relação especial com eles. Nesse sentido, o foco é conquistar a confiança dos seus seguidores – e não apenas conquistar novos seguidores.

Veja abaixo algumas formas de estabelecer essa relação de confiança, que é muito priorizada pelo algoritmo do Instagram:

  • Publique conteúdos gerados pelos usuários nos Stories da marca. Criar Stories é cansativo e pode exaurir a criatividade de qualquer um, mas às vezes o melhor conteúdo é aquele que já vem pronto, como os posts e Stories dos seus clientes e seguidores. Na verdade, uma excelente forma de mostrar carinho e gratidão pelo seu público é repostar conteúdos que eles tenham postado – ainda mais se esses conteúdos estiverem falando de algum produto da loja. 

 Captura de tela que mostra um Instagram Story repostado pela marca Pantys, e mostra uma estratégia interessante para quem quer saber como funciona o algoritmo do Instagram: o Story é um repost de um Story de uma cliente da marca, e mostra produtos da Pantys.

  • Compartilhe Reels. Os Reels são vídeos curtos, de até 15 segundos de duração, que podem incluir efeitos especiais como músicas e edições de imagem. Eles também podem ser altamente divertidos e descontraídos, gerando um alto potencial de engajamento para o perfil e sinalizando para o algoritmo do Instagram que os usuários estão curtindo aquele conteúdo. Se você compartilhar um Reel no feed, ele também será exibido na guia Explorar.

📢 Dica exclusiva da Shopify sobre como funciona o algoritmo do Instagram: se o seu objetivo é apenas conseguir mais seguidores, será preciso repensar os conteúdos que está publicando. O Instagram, afinal, é uma rede social.

E vale lembrar também que um número extremamente alto de seguidores nem sempre é sinônimo de um alto número de vendas online. Parte do sucesso de muitas lojas de pequeno e médio porte está no fato de que há uma conexão humana e genuína entre as pessoas por trás da marca e as pessoas que seguem aquela marca no Facebook e em outras redes sociais.

2. Comente em postagens para turbinar o algoritmo do Instagram

Uma excelente estratégia para conquistar novos seguidores e de quebra turbinar o algoritmo do Instagram é pensar para além do perfil da marca e explorar os perfis de outras lojas e usuários. Já pensou em comentar nos posts dos seus seguidores, curtir os comentários e mostrar que você está realmente prestando atenção neles?

Isso também vale para influenciadores digitais com os quais você deseja trabalhar e para lojas com nichos similares aos seus.

Mas, atenção: toda e qualquer interação desse tipo deve não só ser genuína, mas também agregar valor aos envolvidos. Por isso mesmo, de nada adianta deixar comentários genéricos ou comentar em perfis de grandes lojas que não têm muito a ver com o seu nicho de mercado. Esta, afinal, é a sua chance de mostrar a personalidade da marca e conquistar novos seguidores e clientes.

3. Publique em horários de grande atividade para alertar o algoritmo do Instagram

Um dos fatores que são analisados pelo algoritmo do Instagram na hora de exibir um conteúdo é a data e o horário de publicação; por isso mesmo, é importante usar essa informação a seu favor. Se as suas fotos, vídeos e Stories receberem muitas curtidas, comentários e reações logo nos primeiros minutos, então o Instagram certamente colocará essas postagens em local de destaque.

Uma das melhores maneiras de maximizar o potencial das suas postagens, então, é tentar publicá-las em horários nos quais os seus seguidores estejam ativos na plataforma.

Vá testando os horários que julgar mais adequados, mas tenha em mente que tudo vai depender da faixa etária do seu público-alvo, do tipo de produto que você vende e da natureza do conteúdo que você posta.

📢 Dica exclusiva da Shopify sobre como funciona o algoritmo do Instagram: está atrás de mais informações e dados concretos sobre o Instagram? Então não se esqueça de conferir o nosso compilado com as melhores estatísticas Instagram.

4. Não demore demais para responder os comentários

Se você já andou conferindo os perfis dos seus concorrentes, provavelmente deve ter reparado que muitos costumam responder os comentários dos seguidores o mais rápido possível.

Mas por que é tão importante responder esses comentários? E por que isso precisa ser feito com tanta rapidez?

Bom, porque essas respostas acabam gerando provas sociais para o seu conteúdo, o que não só amplia o número de comentários em uma publicação, mas também incentiva novos comentários de outros usuários.

 

🔎 Que tal aproveitar o ensejo e, depois que terminar de ver como funciona o algoritmo do Instagram, começar a descobrir como agradecer clientes e construir uma marca de confiança?

5. Use hashtags que são populares entre os usuários para impulsionar o algoritmo do Instagram

Já sabemos que as hashtags existem para que o seu conteúdo seja exibido em buscas específicas e para determinados seguidores.

No entanto, para que esse método seja realmente eficaz e traga bons resultados dentro do algoritmo do Instagram, é necessário escolher com cuidado as hashtags – e adotar apenas aquelas que estão sendo utilizadas pelo seu público.

É verdade que hashtags costumam variar muito dependendo do setor ou do nicho de mercado, mas elas também costumam ser facilmente identificáveis – primeiro porque descrevem com precisão os clientes, e segundo porque sempre são exibidas em publicações novas que tratam de um mesmo tema:

  • Uma loja que vende malas personalizadas e outros artigos de viagem provavelmente usará hashtags como #welltravelled ou #viajantesolo;
  • Lojas que vendem óleos para barba, como a Sobrebarba, usariam hashtags como #vidadebarbudo ou #vidadebarbeiro;
  • Por último, marcas e perfis que vendem produtos voltados para uma alimentação natural podem usar hashtags como #veganosbrasil ou #docesveganos.

🔎 Se você curte marcas como a Sobrebarba, que tal conferir a história de outras lojas virtuais de sucesso da Shopify, como a Lumma (uma pioneira do empreendedorismo feminino), a Pit Bull Jeans e a Gringa?

6. Republique conteúdos antigos e crie novas oportunidades para o algoritmo do Instagram

É bem provável que, atualmente, uma das maiores dificuldades da sua marca seja acertar nos conteúdos da marca para estancar os furos no funil de conversão e gerar tráfego.

E sabe como a gente sabe disso? Porque esse é um problema que costuma ser recorrente entre pequenos lojistas que ainda estão tentando firmar um pé lá no Instagram. Com certeza você às vezes acerta com o conteúdo publicado, mas às vezes não… 

Nesse caso, por que não republicar aquelas postagens que deram certo?

A estratégia, que é bastante simples, envolve uma reformulação daquilo que estava escrito na postagem original – e faz com que as melhores postagens do perfil fiquem novamente em foco, visíveis para seguidores que ainda não tinham visto aquela foto ou aquele vídeo.

Veja abaixo algumas estratégias para republicar conteúdos e otimizar o alcance dessas postagens dentro do algoritmo do Instagram:

  • Incluir duas ou mais fotos (de diferentes publicações) em uma única postagem ou em um vídeo;
  • Criar uma nova legenda para Instagram;
  • Introduzir novos efeitos ou elementos de design ao conteúdo;
  • Usar hashtags como #tbt para compartilhar conteúdos antigos.

📢 Dica exclusiva da Shopify sobre como funciona o algoritmo do Instagram: o grande ponto positivo da republicação de conteúdos é o fato de que é uma estratégia que poupa tempo; contudo, é importante não fazer disso algo recorrente no perfil, já que pode impactar negativamente o algoritmo do Instagram e a percepção dos seus seguidores. A última coisa que você quer, afinal, é um seguidor que diga: “Mas essa marca posta sempre a mesma coisa...”

7. Incentive o engajamento via Stories para impulsionar o algoritmo do Instagram

Os Stories podem ser valiosos para lojas e marcas que querem manter um diálogo honesto e direto com seus seguidores, gerando uma taxa ainda mais alta de fidelização e retenção de clientes

Além disso, não custa lembrar que os Stories são importantíssimos para cair nas graças do algoritmo do Instagram, até porque eles contam com uma série de recursos e ferramentas que não estão disponíveis no feed, nos Reels e nem na bio do Instagram.

Para potencializar o engajamento via Stories, você pode:

  • Criar adesivos de hashtags com o nome da marca: um adesivo desse tipo faz com que os seguidores sejam redirecionados para um feed especial, feito apenas com publicações que possuem essa hashtag.
  • Compartilhar Stories de outros usuários: o Instagram não só emite uma notificação sempre que alguém marca ou menciona o seu perfil em um Story, mas também permite que todos os usuários compartilhem Stories de outros perfis.
  • Criar contagens regressivas ou adesivos interativos para incentivar respostas: adesivos, enquetes, gifs, emojis, perguntas... Todos esses recursos estão lá para serem usados. Crie conteúdos que incentivam reações e respostas dos seus seguidores para turbinar o engajamento e sinalizar para o algoritmo do Instagram que o seu perfil merece destaque.

Captura de tela com um Story da marca Caderno Inteligente. O Story é um bom exemplo de como funciona o algoritmo do Instagram em termos de conteúdos que geram engajamento. O Story traz uma contagem regressiva para o lançamento de uma nova coleção de produtos.

8. Não fuja do Direct: ele também impacta o algoritmo do Instagram

O envio de mensagens privadas é um recurso extremamente popular dentro do Instagram – e, cada vez mais, seguidores e clientes têm usado esse recurso para entrar em contato com marcas e perfis comerciais.

Além de possibilitar uma conversa mais longa, o Direct é um excelente canal para mostrar o lado humano da sua marca e causar uma boa impressão. Você também pode usá-lo para entrar em contato com influenciadores, possíveis parceiros comerciais ou qualquer outro perfil com o qual você deseja firmar uma parceria.

O único problema é que esse não é o tipo de estratégia que pode ser usado em grande escala – por isso mesmo, escolha muito bem os perfis com os quais deseja interagir por Direct. Tente priorizar influenciadores importantes, clientes que precisam de alguma orientação específica e marcas que têm muito em comum com a sua. Evite respostas genéricas e mostre-se sempre disponível.

🔎 Agora pode ser um bom momento para reestruturar a sua abordagem ao comércio conversacional. Quem sabe não vale a pena explorar o WhatsApp Business?

9. Invista em anúncios e no marketing de influência

A solução mais rápida para resolver problemas como poucos seguidores e baixo alcance das publicações costuma ser simples, mas pode ter um preço um pouquinho salgado: investir em soluções de tráfego pago. No Instagram, as melhores soluções de tráfego pago são a publicidade paga e o marketing de influência. 

É verdade que os anúncios pagos do Instagram possuem um valor um pouco elevado, o que pode acabar gerando prejuízos a longo prazo, especialmente para lojistas que ainda estão começando e ainda não estão com um fluxo de caixa equilibrado. No entanto, são excelentes para perfis que querem conquistar objetivos pré-definidos com mais agilidade.

O mesmo vale para o marketing de influência, que pode ser uma excelente ferramenta para ganhar dinheiro no Instagram. Para cair no gosto do público e do algoritmo do Instagram, considere parcerias com influenciadores de pequeno ou médio alcance e que tenham um branding bem próximo do seu.

10. Acompanhe os resultados

Se você já tem uma conta no Instagram para Empresas, fique de olho nos dados e análises que a plataforma está gerando. É com o auxílio dessas informações que você poderá verificar quais são as estratégias que estão dando certo – e quais precisam ser abandonadas ou modificadas para que o algoritmo do Instagram continue favorecendo seus conteúdos.

Algoritmo do Instagram: um possível aliado, e não um inimigo

Se você usa o Instagram para vender na internet, então já sabe que não basta apenas publicar conteúdos três, quatro ou cinco vezes por semana. Pelo contrário: o seu foco deve estar nos clientes e seguidores, e na relação que você está estabelecendo com essas pessoas.

A verdade é que algoritmos e tendências tecnológicas são passageiras e estão sempre em constante mudança. Porém, se você estiver com disposição para a acompanhar essas reviravoltas, encontrará novas formas de interagir com seus seguidores.

Perguntas frequentes sobre o algoritmo do Instagram

O que é o algoritmo do Instagram?

O algoritmo do Instagram é um recurso interno da plataforma, e é responsável por determinar a ordem na qual as publicações serão exibidas dentro do Instagram. Embora ele considere a ordem cronológica de publicação, sabe-se que métricas de engajamento têm um peso maior para determinar a ordem das postagens no feed, nos Stories, nos Reels e na guia Explorar.

Como funciona o engajamento do Instagram?

O engajamento do Instagram é medido de acordo com as ações que um usuário pode realizar na rede social: comentários, curtidas, mensagens via Direct, reações a Stories, compartilhamentos com outros usuários, interação com hashtags e mais. Quanto maior o engajamento de um usuário com uma determinada conta, maiores as chances de que o algoritmo do Instagram priorize a exibição dos conteúdos da conta para esse usuário.

O que mudou agora que o feed pode ser exibido de forma cronológica?

Não mudou muita coisa, para o alívio de lojas e marcas que usam o Instagram para vender online. A diferença é que, agora, o Instagram oferece três visualizações diferentes do feed: “Favoritos”, “Seguindo” e a exibição que aparece por padrão sempre que abrimos o Instagram.

O feed “Seguindo” é o feed exibido na ordem cronológica e exibe apenas as publicações do feed, excluindo Stories e outras publicações recomendadas. O feed “Favoritos” exibe apenas publicações de até 50 contas selecionadas.
Ou seja: o feed cronológico voltou, mas só como um modo de visualização do feed, e não afeta os Stories, Reels e nem a guia Explorar, que continuam sendo acessadas apenas pela visualização tradicional do feed.

Quer saber mais?


Marcela Lanius Redatora ShopifySobre a autora

Marcela Lanius é tradutora, revisora e às vezes também veste a roupa de pesquisadora. Se pudesse, largava tudo para passar os dias só com gatos e livros.

Texto original de Fran Saraco.

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Fale com a nossa Central de ajuda

Tópicos:

Quer abrir uma loja virtual?