Blogs da Shopify

A saga do nome: como escolher um nome de peso para sua loja virtual

Como escolher um nome interessante para a sua loja

Ter uma marca com um nome forte já é uma vantagem quando você abre um novo negócio. De acordo com Marty Neumeier, autor de The Brand Gap - O Abismo da Marca, "o nome certo pode representar o principal ativo da marca, estabelecendo a diferenciação e acelerando a aceitação. O nome errado pode custar milhões... em improvisos e ganhos perdidos ao longo da vida da marca”.

É importante encontrar o nome certo para sua loja virtual, isso vai ajudá-la a se destacar na multidão. Veja algumas dicas para você achar o nome perfeito.

Ferramenta gratuita: precisa de ajuda para batizar sua loja? Experimente nosso gerador de nomes de empresas.

Dicas para escolher um nome forte para seu negócio

  1. Seja breve e simples
  2. Seja diferente
  3. Considere sua presença virtual
  4. Use a criatividade na escolha do seu domínio
  5. Seja original
  6. Encontre uma nova inspiração

1. Seja breve e simples

Um nome curto e descolado é ótimo por vários motivos. É fácil de memorizar, de pronunciar e se encaixa sem esforços na imagem de capa da sua loja virtual.

No entanto, encontrar um nome assim é algo desafiador. Marcas são lançadas todos os dias e um nome que tenha apelo para você também terá apelo para outra pessoa. Felizmente, o mundo é grande demais e há muito espaço para nomes fortes e criativos de marcas.

Veja algumas estratégias para tentar começar a fazer a coisa toda funcionar:

  • Experimente diferentes combinações de palavras curtas. Duas palavras curtas que rimem ou formem uma aliteração (por exemplo, "Bete Botas") podem ser mais fáceis de lembrar.
  • Invente uma palavra ou reinvente uma que já existe. Marcas tecnológicas como Google, eBay e Skype são instantaneamente reconhecíveis, ainda que não sejam palavras de verdade.
  • Use uma palavra com significado pessoal. Pode ser um apelido que você use com seu amado ou amada, o nome do seu pet (uma ideia boa se sua loja tiver relação com os fofinhos) ou até mesmo seu próprio nome. Usar um nome próprio facilita a identificação com a sua marca em um nível pessoal, mas leve em consideração que marcas com nomes próprios são mais difíceis de serem vendidas.

2. Seja diferente

Realize uma pesquisa de marketing para descobrir quais nomes foram escolhidos por seus concorrentes diretos e invente algo completamente diferente.

O desafio é pensar em um nome que reflita seu nicho e o tipo de produtos que você vende, sem que o nome do seu negócio tenha relação com o dos seus concorrentes. Por definição, se você quer ser diferente, enquanto eles vêm com a farinha, você já tem que estar com a farofa pronta.

Por exemplo, se você for da área de produtos eletrônicos e tecnológicos, seus concorrentes talvez usem palavras como "eletrônicos", "tecnologia" e "futuro" em seus nomes. Evite usar palavras parecidas. Em vez disso, pense fora da caixa e se destaque.

3. Considere sua presença virtual

Assim que você tiver algumas opções de nomes para sua loja, descubra se o domínio escolhido está disponível para registro — de preferência um site "com.br". Isso pode ser um pouco difícil, visto que um domínio com.br é um domínio de topo (TLD, na sigla em inglês) há bastante tempo.

Ter um nome de domínio personalizado para sua loja é uma tarefa essencial, ainda que você não deva deixar que sua busca pelo nome de domínio "perfeito" leve você à procrastinação — tudo está aberto a mudanças, inclusive o nome do domínio. No entanto, é válido escolher um nome de domínio sólido, que represente sua marca adequadamente desde o princípio. Logo, essa é uma decisão que precisa ser bem trabalhada.

Considere também vender na Amazon, Mercado Livre ou outro marketplace além da sua própria loja da Shopify. Mesmo que não esteja nos seus planos, é bom verificar se sua ideia de nome já está sendo usada por outro lojista em sites populares de e-commerce. Assim, os clientes não vão confundir sua marca com outro negócio já existente.


Você tem uma ideia de negócios?

Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!

4. Use a criatividade na escolha do seu domínio

Se o domínio com.br que você escolheu não estiver disponível, não se desespere. Você ainda tem a opção de usar um TLD diferente. Domínios com.br são mais populares pois são reconhecíveis por praticamente todas as pessoas, mas isso não exclui a possibilidade de usar outros TLDs — que estão cada vez mais comuns, visto que as opções de domínio com.br estão começando a diminuir. E você pode tentar obter a opção TLD mais popular quando seu negócio tiver mais visibilidade.

Quando lançaram seu negócio, a Tattly, uma loja da Shopify, decidiu usar um dominio ".ly", formando o endereço "tatt.ly", ou seja, o nome da loja com o endereço completo do site. Depois, a marca conseguiu adquirir o domínio tattly.com, o endereço atual do site.

Tattly loja virtual

Por mais que muitos especialistas em SEO acreditem que o Google não exiba muitos resultados de domínios mais desconhecidos, é bastante possível aparecer no topo da lista de buscas com um site de alta qualidade e com boa experiência para o usuário. Além disso, um domínio alternativo dá todo um grau de exclusividade para a marca.

Modificações a se considerar:

  • [SuaMarca][Produto principal] (exemplo: baggiocafe.com.br)
  • [SuaMarca]Shop.com.br (exemplo: rettaskateshop.com.br)
  • Use[SeuProduto].com.br (exemplo: usebob.com.br)
  • [SuaMarca]co.com.br (exemplo: rio-co.com.br)
  • [SuaMarca][setor].com.br (exemplo: naturalbebe.com.br)
  • [Verbo][SuaMarca].com (exemplo: voegol.com.br)
  • [Loja do/da][SuaMarca].com.br (exemplo: lojadasmarias.com)

TLDs a considerar:

  • .com
  • .net
  • Nome baseado no produto que você vende (.art, por exemplo)
  • Continuação do nome de sua marca (exemplo: carnaval.rio é o endereço da Riotur, a secretaria de turismo do Rio de Janeiro)

Saiba mais: Tudo preparado para registrar o domínio de sua loja virtual? Experimente nossa configuração automática.

5. Seja original

Certifique-se de que você está legalmente autorizado a usar o nome que escolheu. No Brasil, comece checando a disponibilidade do nome no Instituto Nacional da Propriedade Industrial. O site é bem pouco amigável ao usuário, mas vale o esforço.

Se o nome do seu negócio for em inglês, pode ser interessante verificar se o nome está sendo usado no exterior. Nos Estados Unidos, você pode verificar no USPTO/Escritório de marcas e patentes dos EUA, que também tem um site bastante confuso. A única forma de ter certeza absoluta é consultando um advogado.

Depois de se certificar que o nome está disponível, vá ao Google ou Bing e veja se esse nome aparece na primeira página de resultados. Você acha que tem condições de aparecer no topo da primeira página? Se tiver escolhido um nome genérico, será mais complicado ficar no topo da lista.

Também é importante verificar a disponibilidade do nome no Twitter, Facebook e outras redes sociais.

6. Encontre uma nova inspiração

Se for difícil encontrar um nome de marca, talvez seja interessante pensar em temas mais amplos. Talvez um nome de negócio que reflita nostalgia ou alguma tendência. Outras línguas também podem gerar ótimos nomes.

A inspiração pode aparecer em qualquer lugar. Escute conversas ao seu redor, pesquise na vizinhança ou considere até mesmo gírias e expressões que você use.

Exemplos de ótimos nomes comerciais

  1. Sobrebarba
  2. Panólatras
  3. Insecta Shoes
  4. Yamuna
  5. Casa do Boleiro
  6. Terral Natural
  7. Decolar
  8. B.O.B.
  9. Petz
  10. Use Orgânico

1. Sobrebarba

Um nome como Sobrebarba só pode significar uma coisa: um site sobre... barbas? Por que não? Não fica mais complicado que isso, não é mesmo? É o tema central do site da empresa, que oferece até um blog com dicas de cuidados para barbudos. A empresa vende cosméticos e acessórios específicos para manutenção de barbas, sem deixar de lado a consciência social e ambiental. Que tal criar um nome de marca com o tema central da sua proposta de negócio?

2. Panólatras

O Panólatras é uma loja de tecidos online que vende estampas exclusivas, sob medida e em diferentes tipos de tecido. "Aqui todo mundo tem o seu espaço: artistas que podem soltar a imaginação sem medo de ser feliz, e os loucos por tecidos que procuram o material ideal para transformar seu trabalho criativo em peças únicas", diz o site. Para criar esse nome, a marca juntou a palavra "pano" com o sufixo "latria", que sugere adoração. É a ideia certa para atrair entusiastas de tecidos descolados. Se você estiver em dúvida entre duas palavras, talvez possa juntá-las e encontrar o nome da sua marca.

página inicial Panólatras

3. Insecta Shoes

A Insecta Shoes é uma marca de sapatos e acessórios veganos e ecológicos feitos no Brasil. A empresa vende sapatos, bolsas e acessórios como o copo retrátil "Menos 1 Lixo", que evita o uso de copos descartáveis de plástico. O nome em inglês combina com o domínio ".com" que a loja escolheu, podendo alcançar um público mais internacional, mas mantendo a pegada de sustentabilidade com a escolha de um nome como "insecta", que remete a um tema da natureza. Talvez um nome em outro idioma funcione para a sua marca também.

página inicial Insecta Shoes

4. Yamuna

Há dois significados para a palavra "Yamuna". É o nome de um rio sagrado no norte da Índia. E também é uma marca de produtos ayurvédicos no Brasil. Em vez de inventar uma palavra nova, a Yamuna pegou emprestado o nome de um local famoso que é relevante para seu público-alvo. Eles inclusive falam sobre a relação com a Índia no site da marca. Fica a inspiração para você pensar em um nome que remete a um conceito para sua marca também.

5. Casa do Boleiro

Usando a gíria "boleiro" no nome da marca, a Casa do Boleiro atrai os aficionados por futebol de todas as torcidas. Nada melhor do que combinar seu nome com uma palavra muito usada pelo seu público-alvo, com uma ideia com a qual já há identificação. A loja oferece camisas de futebol masculinas, femininas, infantis e até mesmo retrô, além de jaquetas, calças e camisas de basquete.

6. Terral Natural

A Terral Natural foi criada a partir de uma necessidade fisiológica: parar de consumir produtos que fazem mal à pele e ao planeta, diz o site. A empresa fabrica cosméticos utilizando apenas produtos naturais. Seus clientes acabam se posicionando como aliados dos princípios da empresa em relação à preocupação com a saúde e com o planeta. Isso estabelece um senso de comunidade e reforça as filosofias da marca. Talvez você possa fazer algo parecido com o nome da sua loja. O uso da palavra "natural" na marca reforça tanto a ideia da importância dos produtos serem ecologicamente corretos como a filosofia do consumo de menos produtos industriais. Pense no significado de cada palavra ao escolher um nome final para a sua loja.

7. Decolar

A Decolar é uma agência de viagens online, onde é possível adquirir passagens aéreas, estadias em hotéis, aluguel de carros e demais serviços associados a viagens. O verbo "decolar" é bem claro na associação com o ramo da empresa. Além disso, funciona bem tanto em português como em espanhol. Utlizar uma palavra diretamente associada com o ramo de atuação do seu negócio é uma ótima alternativa para batizar sua marca.

8. B.O.B.

Você sabe o que é um B.O.B.? Do inglês "Bars over Bottles", ou "barras em vez de frascos", numa tradução livre, a loja oferece shampoos e condicionadores em barras sólidas, tal qual sabonetes. Por que? Por que não? Como eles mesmos explicam no site, "Pensamos: se sabonetes são barras sólidas, por que shampoos e condicionadores também não podem ser?". Usando um endereço de site com o verbo "use", eles inventaram essa palavra, "B.O.B.", e lançaram sua marca própria. Essa pode ser uma saída para escolher o nome de um produto inédito que você esteja querendo colocar no mercado também.

página inicial loja B.O.B.

9. Petz

No universo dos animais de estimação, é comum as pessoas se referirem a seus bichinhos pela expressão em inglês, "pets". Daí as "pet shops". A Petz optou pelo "Z" como um diferencial e acabou se destacando. Talvez um trocadilho parecido possa ser a solução para o nome da sua marca, já pensou nisso? Mas cuidado com a criatividade dos trocadilhos, às vezes o tom fica debochado ou constrangedor. Peça a opinião da família e dos amigos antes de tomar uma decisão final.

10. Use Orgânico

Aqui temos um exemplo de nome de marca que englobou três variáveis interessantes: significado de uma ideia, palavra exata e verbo imperativo. A empresa vende cosméticos veganos, naturais e orgânicos e defende os ideais de uma vida mais saudável, se definido como "o destino online para o indivíduo consciente". A combinação do verbo "use" com o conceito tão difundido "orgânico", que é a palavra em voga para esse movimento de consumo natural, foi uma escolha acertada para alcançar seu público-alvo. Pense em algo parecido para o seu nicho, pensando em verbos semelhantes, como "vista", "beba" ou até mesmo "quero".

O que compõe um nome?

Encontrar o nome certo para sua marca pode ser uma tarefa desafiadora. Mas é absolutamente crucial que você dedique tempo para pensar em um nome para sua loja virtual.

É assim que os clientes vão conhecer, reconhecer e falar sobre você — se o nome da marca for difícil de lembrar, você vai perder muito sem a propaganda boca-a-boca, que é eficaz e não custa nadinha.


Which method is right for you?Sobre a autora

Carolina Walliter é escritora, tradutora, intérprete de conferências e editora-chefe do blog da Shopify em português do Brasil.

Post original em inglês: Mark Hayes

Tradução e localização: Marina Borges

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Entre em contato a nossa Central de ajuda