Blogs da Shopify

Quer abrir uma loja virtual?

11 produtos incríveis para vender em 2020

Illustration of three shopping bags with icons on the front representing trending products

O sucesso de um e-commerce depende de três coisas: os melhores produtos para vender, a habilidade para anunciá-los e a vontade de ir sempre além.

Esse último, você já tem. Afinal, está sempre se aperfeiçoando, aprendendo novas coisas e saindo em busca do sucesso.

No entanto, 2020 precisa ser um ano de iniciativas; um ano de fazer mais e falar menos. Este é um ano de ação: testar novos produtos, criar novos projetos publicitários e vender, vender, vender até não poder mais! Este é o ano de colocar em prática tudo aquilo que você aprendeu nos últimos doze meses.

Para começarmos com o pé direito, portanto, preparamos uma lista com 11 produtos para vender em 2020. E, como cada produto da lista foi projetado para um público-alvo diferente, também decidimos compartilhar algumas dicas exclusivas de cada nicho.

Lembramos ainda que todos os produtos desta lista podem ser encontrados no Oberlo, app que está disponível gratuitamente para todos os lojistas da Shopify. Se você encontrar de cara um produto que seja interessante para a sua loja, pode respirar tranquilo: você poderá começar a vendê-lo com apenas alguns cliques.

💡 Atenção: Você precisa estar logado na sua conta da Shopify para poder visualizar os produtos disponíveis no Oberlo.

11 produtos para vender em 2020

1. Cama para pets

Se você está procurando o produto perfeito para as mães e pais de pets, que tal esta caminha? Ela tem vendido super bem no Oberlo e, pelo que o Google Trends vem mostrando, parece que 2020 vai ser um bom ano para lojistas que investiram no nicho de pets.

Na hora de anunciar, busque plataformas visuais como o Pinterest e o Instagram. No Pinterest, você pode anunciar via grupos, pins e pastas públicas; no Instagram, a melhor estratégia é buscar uma parceria com páginas e perfis voltados para bichinhos de estimação e começar a mencioná-las nos Stories da marca.

pet bed

2. Capas para sofá e poltrona

Esta capa para sofá e poltronas é extremamente popular entre clientes que possuem bichos ou crianças pequenas em casa, mas costuma vender bem também entre clientes que alugam suas casas ou quartos em plataformas como o AirBnB.

Além de elegantes e charmosas, essas capas preservam os móveis por mais tempo – e não dá para negar que é muito mais barato substituir uma capa do que substituir o estofado inteiro, não é mesmo?

Vale lembrar também que, mesmo com uma boa previsão de vendas para o ano de 2020, as capas para sofá e poltronas são itens que costumam vender bem independentemente das tendências do mercado.

O motivo? Bom, quase todos os clientes que compõem o seu público-alvo devem ter um sofá ou uma poltrona em casa; e mesmo que não tenham bichos de estimação ou crianças pequenas, eventualmente eles vão querer dar uma repaginada na decoração sem ter que gastar muito.

Quando estiver criando campanhas de publicidade para aquela parcela de clientes com bichinhos de estimação e crianças pequenas, concentre-se em canais com alto alcance orgânico, como o Facebook e o Google.

Para aqueles clientes que circulam no mundo dos AirBnBs, aposte numa estratégia de aquisição baseada em técnicas como a geolocalização e, na hora de anunciar, trabalhe principalmente com os Públicos personalizados do Facebook.

Image showing a couch with a protective cover over it

3. Joias minimalistas

Sempre elegantes, as joias ainda hoje constituem um nicho poderoso, estável e lucrativo, mas isso não significa que não exista espaço para novas tendências. Uma prova disso está no aumento exponencial das joias minimalistas, que possuem um design fino e bastante delicado.

Uma rápida consulta ao Google Trends mostra como o volume de pesquisas tem aumentado (e muito) no último mês; se você já tem um e-commerce de acessórios e bijuterias, portanto, este pode ser o momento certo para investir também nas joias.

Os melhores canais para anunciar colares, anéis e outras joias minimalistas são, obviamente, aqueles que dão maior destaque ao conteúdo visual. Por isso mesmo, vale investir em estratégias para o Instagram, o Pinterest e até mesmo o Facebook e não se esquecer de aprender pelo menos o básico dos programas de edição de fotos.

Uma excelente estratégia para marcas que ainda não possuem um número significativo de seguidores no Instagram é a de criar vídeos para anunciar produtos. Os vídeos possuem um destaque maior na guia Explorar da plataforma, o que aumenta as chances de exposição da marca.

Minimalist product example.

4. Alisador de barba

O mercado de cosméticos masculinos se transformou em um dos setores mais lucrativos do e-commerce: só no Brasil, ele cresceu 70% nos últimos 5 anos.

Embora seja um nicho com diversos produtos excelentes para serem comercializados via e-commerce, um desses itens chamou a nossa atenção: os alisadores de barba. Uma pesquisa rápida no Google Trends mostra que o produto está em alta, e uma análise mais detalhada indica que o interesse está concentrado sobretudo no sudeste do Brasil.

Para conseguir bons resultados com a venda deste alisador de barba, recomendamos a utilização de palavras-chave com alto potencial de compra (algo como, por exemplo, “comprar alisador de barba”) ou termos validados em estratégias de SEO (“como alisar barba”). Outra opção é criar vídeos tutoriais que mostram como utilizar o produto.

Conteúdos educacionais como os vídeos tutoriais podem ser bem aproveitados em categorias de produto como os alisadores de barba, pois os clientes em potencial desses itens estão buscando dicas de como utilizá-los. Na hora de elaborar esse conteúdo interativo, tente responder questões como “qual é o melhor produto para barbas?”.  

Image showing a beard straightener which is a trending product to sell in 2020 

5. Shapewear

Conhecidos como cintas ou modeladores aqui no Brasil, o shapewear nada mais é do que uma categoria de roupas íntimas que ajuda a modelar o corpo – e já dá sinais de que é um produto que chegou para ficar.

Com peças que podem ser utilizadas como roupas íntimas, bodies ou até mesmo como blusas e camisetas, esse mercado de nicho pertence primariamente ao setor de peças íntimas; contudo, nada impede que ele seja comercializado em outras lojas.

É por isso mesmo que o shapewear é um produto tão interessante para lojistas como você: tamanha versatilidade, enquanto peça de roupa, permite que ele seja comercializado em lojas de roupas íntimas, lojas de roupas femininas ou até mesmo em lojas de roupas masculinas e femininas. Além de versátil, o shapewear também é diverso: isso significa que você pode e deve apostar em tamanhos, cores e modelos diferentes para atender às demandas de todo o seu público-alvo.

Outra opção é investir nos modeladores e bodies respiráveis, feitos de um material mais leve do que os modeladores tradicionais. A busca por esses itens tem crescido exponencialmente ao longo dos últimos meses e pode vir a indicar uma nova tendência dentro do nicho.

Guia de produtos para vender em 2020

Descubra produtos imperdíveis para vender no seu e-commerce.

6. Smartwatches

Cerca de 1,2 bilhão de relógios são vendidos anualmente, e a tendência é de que esse número continue aumentando – ainda mais depois do lançamento dos smartwatches.

A estratégia de marketing para um produto tão vendável como esse não precisa ser muito complicada: você pode criar bons perfis no Facebook e no Instagram e tentar firmar parcerias com influenciadores digitais. Uma foto de um deles usando o seu relógio em um ambiente esteticamente agradável e interessante, afinal, pode fazer maravilhas pela sua loja.

O Facebook e o Instagram costumam ser os melhores canais para marcas e e-commerces que comercializam relógios. Uma estratégia bastante comum é a de trabalhar com influenciadores digitais e pedir que eles tirem fotos descontraídas em suas viagens por outros países – um material perfeito para promover um produto simples e discreto como um relógio.

Se você está querendo abrir uma loja de relógios, pode investir neste smartwatch com bluetooth: ele vem com câmera fotográfica, gravador, contagem de passos, monitor de sono, calendário e muito mais. Também vale a pena lembrar que os relógios costumam vender muito bem especialmente na época das festas de final de ano.

Smartwatch product example.

7. Pistola massageadora

As pistolas massageadoras foram pensadas como objetos que podem ser usados depois da musculação ou outra atividade física. Elas relaxam os músculos e, embora ainda sejam novas no mercado, têm gerado um interesse considerável desde o final do ano passado.

Se você decidir incluir essas pistolas no catálogo de produtos da loja, opte por marketing em vídeo e anúncios interativos no Instagram. Uma estratégia que pode ajudar a gerar vendas é anunciar o item com hashtags populares do mundo fitness ou até mesmo marcar perfis de influenciadores e gurus desse nicho. Assim, você não só chama a atenção daquele influenciador em especial, mas também coloca a sua marca na frente de um público-alvo seleto.

Image showing a post-workout massage gun which is a trending product to sell in 2020

Se você conseguir firmar uma parceria com um desses influenciadores ou gurus, melhor ainda: basta uma menção ou comentário para fazer as vendas dispararem. Como o nicho do mundo fitness possui diversos sub-nichos bem especializados, também vale a pena buscar pessoas nesses grupos.

8. Moletom xadrez

O xadrez é uma das estampas mais clássicas da moda: ela já passou de tendência de inverno a padrão antiquado, e de uns anos para cá se consolidou como detentora de um estilo clássico e elegante.

O setor de roupas é reconhecidamente um dos mais concorridos do e-commerce, mas ainda é possível encontrar oportunidades para vender mais; e o moletom xadrez, ideal para as estações de outono e inverno, vem mostrando um alto potencial de vendas.

Na hora de anunciar, vale a pena apostar nas plataformas visuais como o Instagram e o Pinterest, montando looks completos com outros itens da loja ou mesmo em parceria com influenciadores populares entre os seus seguidores.

Image showing a woman wearing a plaid hoodie which is a trending product to sell in 2020

9. Canguru para bebês

O canguru para bebês é um produto que está sempre em alta, especialmente entre mães e pais de recém-nascidos. Além de serem mais práticos do que os carrinhos, os cangurus são mais adaptáveis, perfeitos para qualquer situação – e o Google Trends mostra que há espaço de sobra no mercado para empreendedores interessados em aproveitar a oportunidade.

Na hora de anunciar os cangurus, a melhor aposta é investir no Facebook e no Instagram. Se você estiver considerando a possibilidade de expandir para outros canais de venda, experimente a Amazon ou mesmo o Google Shopping, mas não se esqueça que essas plataformas costumam reter um percentual sobre cada venda realizada.

Outra opção é tentar anunciar esses produtos no mundo real, em grupos e encontros de pais de primeira viagem. Você pode criar flyers, códigos e cupons promocionais e distribuí-los nesses encontros.

Image showing a baby carrier product example which is a trending product to sell in 2020

10. Athleisure

A palavra é estranha, e muita gente vai dizer que é só um termo chique para designar uma coisa que todos nós conhecemos: roupas de ginástica. Contudo, o athleisure é uma tendência do mundo da moda para as roupas casuais e chiques que têm uma pegada mais atlética e descontraída. Pode até ser que as roupas de athleisure se assemelhem às roupas que muita gente usa para ir malhar; no entanto, elas devem ser entendidas (e comercializadas) como roupas feitas para serem usadas no dia a dia.

Um dos grandes pontos favoráveis do athleisure é a alta variedade de produtos que podem ser vendidos sob essa alcunha: camisetas, calças, leggings, tops, regatas, faixas e acessórios para cabelo, sapatos...

Por ser um produto bastante maleável, também é possível comercializá-lo de diversas maneiras: você pode abrir uma loja especializada, vendê-lo como parte de uma coleção especial de roupas ou até mesmo anunciá-lo em sites voltados para uma prática esportiva específica, como a dança ou a ioga. No entanto, esta última opção dependerá quase que exclusivamente do modo como você anunciar a sua marca.

Uma vez que as adolescentes e jovens de até 25 anos são o público-alvo ideal para esse produto, nós recomendamos a utilização de plataformas altamente visuais, tais como o Facebook, o Instagram e o Pinterest, que podem ajudar na expansão da marca. Além disso, também pode ser interessante dar uma olhadinha em algumas estratégias do marketing de influência e tentar firmar parcerias com influenciadoras digitais (elas podem anunciar e até mesmo vestir as suas roupas em postagens do Instagram: um jeito simples e prático de conseguir mais clientes).

Alguns lojistas da Shopify decidiram apostar no nicho do athleisure e começaram a vender a legging abaixo, ideal para a prática de ioga e outras atividades físicas, e os resultados têm sido extremamente positivos. Se você quiser apostar na tendência, a calça está disponível no Oberlo e pode ser rapidamente importada para a sua loja.

11. Tênis mesh

O tênis mesh começou como um sapato pensado para corrida, mas rapidamente conquistou o mundo do athleisure: não à toa, afinal, que a popularidade dele se mantém relativamente constante desde meados do ano passado. Segundo o Google Trends, vale a pena investir neste item para 2020, pois o crescimento previsto é similar ao maior pique de vendas que o produto já teve.

A melhor forma de anunciar os tênis mesh é via plataformas visuais, como o Pinterest, o Instagram e o Facebook. Contudo, também pode ser uma boa ideia experimentar o Google Ads. Agora em março, mês em que escrevemos este post, um lance para o termo “tênis mesh” no Google Ads estava em R$ 1,88.

Se você optar por anunciar apenas para um público-alvo mais jovem, tente buscar influenciadores conhecidos para ter mais visibilidade.

Vale lembrar também que o setor de tênis masculinos costuma trabalhar com um público-alvo bem amplo, diferente do que vemos com a maioria dos produtos de athleisure. Isso significa que é possível segmentar a campanha em grupos de clientes, como adultos entre 20 e 35 anos ou adultos de 50 anos que estão buscando calçados confortáveis para uma viagem ou para passeios. Outro grupo com bom potencial de segmentação são as pessoas que trabalham o dia inteiro em pé, como lojistas e professores.

Image showing a pair of mesh shoes which are a trending product to sell in 2020

Está pronto para começar a vender?

Os produtos que mostramos aqui não são as únicas promessas para um bom 2020: se você quiser apostar as suas fichas em algum outro, vá em frente! Afinal, encontrar os melhores produtos para vender é apenas o primeiro passo. O grande segredo é descobrir como anunciá-los corretamente.

Se você ainda não está muito confiante com a ideia do dropshipping, vale dar uma conferida nas histórias de sucesso dos empreendedores que usaram o Oberlo: o Allen, por exemplo, construiu um e-commerce de 800 mil dólares em pouquíssimo tempo; ou o Thalles, que viu no dropshipping uma forma de realizar seus sonhos.

Já sabe o que vender em 2020? Conte para nós! 

Ilustrações de Albert Tercero

Perguntas frequentes sobre vender novos produtos

Como posso desenvolver um novo produto?

Existem três estratégias que você pode adotar para vender novos produtos em sua loja virtual:

  • Crie seu produto do zero: você vende produtos originais, criados por você ou pela sua empresa. Nessa modalidade, todo o processo de design e confecção do produto está em suas mãos. Bijuterias e móveis são exemplos de produtos que podem ser desenvolvidos do zero.
  • Customize produtos: você compra produtos já prontos, como por exemplo canecas ou cadernos, e os personaliza com o seu design.
  • Recorra ao dropshipping: você não cria nem estoca produtos com o dropshipping. O cliente compra em sua loja, e o pedido é encaminhado para o fornecedor, que detém o estoque e é responsável pelo frete. Você escolhe quais produtos quer vender entre as diversas opções oferecidas pelo fornecedor.

O que é dropshipping?

Dropshipping é uma estratégia de vendas em que o lojista firma parceria com um fornecedor, que gerencia o estoque e se responsabiliza pela entrega dos pedidos. Com o dropshipping, o lojista não mantém estoque de produtos. Em vez disso, o cliente faz o pedido na loja virtual e esse pedido é repassado para o fornecedor. O cliente, então, recebe o produto diretamente do fornecedor em uma embalagem personalizada para a loja virtual.

Adotar o dropshipping é vantajoso tanto para quem está abrindo uma loja do zero quanto para os lojistas que querem expandir seu catálogo de produtos.

O que é Oberlo?

Oberlo é o aplicativo de dropshipping oferecido gratuitamente para os lojistas da Shopify. Ao usar o Oberlo em sua loja, os fornecedores cuidam do estoque, da embalagem e da entrega dos produtos por você.

O que é Google Trends e por que usar em minha loja?

Google Trends é um recurso gratuito oferecido pelo Google que mostra o volume de buscas por um termo ou uma palavra-chave em um determinado período de tempo.

A pesquisa no Google Trends permite entender quais são as tendências do momento entre os usuários. O que as pessoas estão procurando no Google? O Google Trends responde à sua pergunta, e essa resposta pode ajudar a sua loja a entender quais são as principais demandas dos consumidores dentro do seu segmento de mercado.

Onde mais posso encontrar ideias para novos produtos?

  • Redes sociais: acompanhe páginas de influenciadores e procure por hashtags relacionadas ao seu nicho. Caso sua loja já tenha uma página nas redes sociais, você também pode usar as estatísticas de seus seguidores para descobrir quais são os interesses de seu público.
  • Lojas no exterior: visite sites de lojas estrangeiras e procure ideias de produtos que não são encontrados em seu país.
  • Marketplaces: confira quais são os produtos mais populares em sites como Amazon, Mercado Livre e eBay.
  • Avaliações dos usuários: leia as reclamações dos consumidores, tanto em sua loja quanto em lojas do seu nicho. Lá você pode identificar demandas dos usuários e, assim, ter ideias para novos produtos ou para melhorias de produtos já existentes.
  • Sua experiência como consumidor: pense em suas necessidades e experiências como consumidor do seu nicho. O que te deixa insatisfeito? Do que você precisa? As reclamações de seus amigos e familiares também podem ser uma ótima fonte de ideias.

Which method is right for you?Sobre a autora

Carolina Walliter é escritora, tradutora, intérprete de conferências e editora-chefe do blog da Shopify em português do Brasil.

Post original em inglês: Nicole Martins Ferreira

Tradução e localização: Marcela Lanius

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Entre em contato a nossa Central de ajuda

Tópicos: