Quer abrir uma loja virtual?

Como migrar sua loja para o mundo virtual

Como migrar sua loja física para a internet.

Embora a situação atual da pandemia tenha impactado todas as empresas de alguma forma, o varejo independente foi o setor mais atingido. Sabendo disso, a Shopify assumiu o compromisso de ajudar lojistas a migrar do varejo físico para o varejo online, preparando as lojas para enfrentar as novas dificuldades e desenvolver uma forma de trabalho mais volátil.

Montar uma loja virtual simples, oferecer retirada sem contato físico ou propor outras soluções fáceis pode gerar mudanças definitivas que farão sua loja vender tudo ou quase tudo online. Neste artigo, listamos algumas etapas essenciais que ajudarão você a migrar sua loja física para a internet.

Empresas brasileiras que vendem com a Shopify

Conheça as marcas que têm e-commerce na Shopify e veja de perto a pluralidade da nossa plataforma.

Como abrir uma loja virtual? 

1. Use a Shopify gratuitamente por 14 dias

A primeira etapa é acessar o site da Shopify e criar sua loja virtual gratuitamente para uso no período de 14 dias. Recomendamos o plano Básico para começar, mas você poderá atualizá-lo quando preferir.

Depois de escolher o plano, você definirá o nome da sua loja, que também será o endereço do site que os clientes vão acessar para conhecer seus produtos.

É necessário informar o número do cartão de crédito ou endereço do PayPal, mas não haverá cobrança durante o período inicial de 14 dias. Enviaremos um aviso pouco antes do fim desse período.

2. Escolha um tema

Agora, escolha o tema que preferir na Loja de temas da Shopify. Você pode começar com um tema gratuito ou pode comprar um tema desenvolvido por um de nossos Parceiros. 

Procure manter a sintonia entre o conceito da loja física e sua presença online. Pesquise os temas por coleção ou setor e tente escolher o que melhor representa sua marca. É claro que nenhum tema é exclusivo de um setor, mas a segmentação de temas ajudará você a ter uma noção inicial de aparência. Você também pode personalizar o tema em outro momento. 

Prepare as páginas essenciais

Quanto antes você criar sua loja virtual, mais cedo os clientes poderão comprar seus produtos. Portanto, priorize o básico: faça sua loja refletir aspectos marcantes do negócio, como o logotipo ou as cores da marca, e facilite a experiência de navegação e compra.

Não se preocupe com detalhes supérfluos. Neste momento, sua prioridade é disponibilizar os produtos para venda na internet e esgotar o estoque da loja física. Antes de lançar o site, recomendamos a criação destas páginas:

Página inicial

Trate a página inicial como se fosse a vitrine da loja física; é nela que os clientes descobrem ofertas atrativas e se sentem convencidos a navegar nas páginas de produtos. Pense em criar um banner ou uma barra de notificações com informações essenciais, como boas opções de compra, frete ou aquisição de cartões-presente.

Perguntas sobre frete

Os novos desafios logísticos criaram barreiras inigualáveis aos serviços de transporte, então é provável que seus clientes terão dúvidas quanto ao frete. Compartilhe qualquer medida adicional para garantir a entrega segura dos produtos na porta do cliente, como precauções extras no preparo da embalagem. Se preferir, você pode consultar colegas varejistas da região para saber como suas lojas estão lidando com essa dificuldade.

Política de troca e devolução

Ao apresentar uma política de devolução por escrito, você define diretrizes claras de troca e reembolso. Criar regras específicas para cada pedido de troca e devolução não é viável e pode resultar em custos desnecessários para suas operações. Priorize medidas mais abrangentes que tragam simplicidade, em vez de complexidade, para a gestão da sua loja.

Fale conosco

Uma boa página de contato define suas principais formas de atendimento e molda as expectativas dos clientes, deixando claros os caminhos mais fáceis de falar com você. Talvez seja útil incluir um mapa com o endereço da loja física para clientes locais, além de um formulário que os ajude a entrar em contato sem ter que sair do site.

Dica: lembre-se de que seus clientes se sentem tão isolados e desconectados quanto você. Ou seja, procure comunicar-se frequentemente e facilitar a interação com sua loja. Lojistas independentes precisam de conexões pessoais, e você pode usar a página Fale conosco para mostrar que os consumidores podem sempre contar com você.

Páginas de produtos

Como o nome já indica, é na página de produtos que você vai demonstrar o valor dos itens que vende ao público; logo, é importante criar uma página detalhada e atraente. Veja alguns recursos que ajudam a criar páginas de produtos com alta conversão e a elaborar descrições incríveis:

Adicione os produtos

Adicionar produtos pode levar tempo se você tiver um catálogo extenso, mas há sempre um jeitinho mais rápido de começar. Recentemente fizemos atualizações para simplificar e agilizar esse processo, e temos serviços gratuitos de migração de dados para lojistas que estiverem abrindo uma loja virtual pela primeira vez. 

Veja algumas formas de adicionar produtos: 

  1. Upload dos produtos: faça upload dos produtos por meio do admin da Shopify. Se você já for cliente, será possível importar e exportar seu estoque. 
  2. App da Shopify ou Shopify PDV: se o estoque da sua loja estiver desatualizado, use o app da Shopify, tire fotos dos produtos com seu celular e publique-as na loja virtual: tudo isso em um só fluxo de trabalho.

Dica: antes de migrar para a loja virtual, liste os itens do estoque. Se a loja física for muito grande e a inclusão do catálogo completo for inviável, use seus recursos de gestão de estoque ou ferramentas de relatórios para identificar os produtos mais vendidos e priorize-os na loja virtual. Se você não tiver um sistema de estoque, faça a análise da curva ABC para identificar seus melhores produtos. 

Prepare cartões-presente

Vender cartões-presente digitais é uma das formas mais rápidas de uma loja física ganhar visibilidade no mundo online e garantir um fluxo de caixa imediato. O funcionamento é muito simples:

  • Você cria um cartão-presente virtual, e os cartões adquiridos são entregues aos clientes via e-mail.
  • Os cartões-presente ativos podem ser rastreados e gerenciados na plataforma da Shopify à medida que os clientes os resgatam.
  • Conforme você lança produtos na loja virtual ou os disponibiliza para entrega e retirada no local, os clientes poderão resgatar os cartões no checkout. Os cartões que você criar não têm data de validade.

Dica: para divulgar sua iniciativa de cartões-presente, conte a novidade em comunidades locais que promovem ofertas de empresas da sua região. Por exemplo, você pode apresentar seu programa de cartões-presente com a hashtag #CompreLocal nas redes sociais. 

Configure as opções de frete

Boa parte do seu público ainda deve estar em isolamento, e muitos clientes precisam que a entrega seja feita na porta de casa. Nesse contexto, é fundamental providenciar uma forma de frete conveniente e que caiba no bolso. Veja algumas recomendações para sua loja se manter em funcionamento durante esses tempos incertos, sem causar riscos de saúde nem desrespeitar o distanciamento social. 

1. Reduza as taxas de entrega

Os custos com frete podem acabar com as margens dos varejistas, então é preciso pensar em uma boa estratégia de entrega e processamento de pedidos. Veja algumas sugestões: 

  • Processe seus próprios pedidos: imprima as etiquetas, crie as notificações de envio e faça o processamento dos seus pedidos quando for possível.
  • Simplifique a embalagem: ninguém duvida que embalagens bem trabalhadas causam uma excelente impressão, mas seus clientes certamente vão entender que o cenário atual exige limitações.
  • Mostre a opção de entrega local: você pode oferecer essa opção a clientes que moram perto do endereço da sua loja física, e as tarifas de entrega local serão incluídas automaticamente no checkout.

2. Ofereça a opção de retirada sem contato físico

Nesse modelo de venda, os clientes podem fazer a compra na loja virtual e retirar o item sem que haja contato físico imediato. Essa modalidade de entrega costuma acontecer na frente da loja. Por exemplo, o cliente chega de carro e recebe o produto pela janela, como em um drive-thru.

Além de ser mais conveniente, essa opção ajuda a reduzir os custos de envio e a minimizar as interações sociais num momento em que o distanciamento deve ser prioridade. Veja algumas etapas do processo:

  1. O cliente acessa a loja virtual e faz a compra.
  2. Você recebe a solicitação e faz o processamento do pedido.
  3. Após o processamento e a preparação, você envia uma notificação ao cliente.
  4. O cliente vai de carro até a loja e abre o porta-malas.
  5. Você deixa o pacote no porta-malas do carro.
  6. Pronto: a venda foi concluída!

Configure as formas de pagamento

É preciso levar alguns fatores em conta ao definir as formas de pagamento da sua loja virtual. Por exemplo, a Shopify tem provedores terceirizados (como Mercado Pago e PagSeguro) para oferecer a opção de pagamento com cartão de crédito.

Também há opções para quem não usa cartão de crédito e prefere outras modalidades, como débito e boleto bancário (PayPal, PagBrasil e Adyen). Seus clientes também podem fazer pagamentos usando soluções de criptomoeda, como BitPay e Coinbase Commerce. 

Para definir as formas de pagamento ideais da sua loja, leia as orientações da central de ajuda

Mostre sua loja virtual para os clientes

Depois que a loja virtual ficar pronta, a prioridade será mostrar aos clientes que seu espaço de vendas online está de portas abertas. Veja algumas dicas para anunciar o lançamento da loja virtual e os meios de contato mais indicados para fazer essa comunicação: 

  1. Envie um e-mail para os clientes. Você provavelmente tem uma lista com os e-mails dos clientes, seja ela física, feita no site ou no sistema de PDV da Shopify. Pois bem, este é um bom momento para retomar o contato! Elabore um texto apresentando as mudanças recentes e mostrando como os clientes podem continuar comprando seus produtos.
  2. Divulgue a novidade na loja física. Mostrar o endereço da loja virtual em um informativo na vitrine da loja física é uma solução simples e eficiente para divulgar sua presença online.
  3. Use as redes sociais. Caso sua marca já esteja ativa nas redes sociais, adicione o link da loja virtual à bio do Instagram, faça um post fixo no Twitter e/ou compartilhe o link na página do Facebook.
  4. Atualize as listas de negócios. O Google Meu Negócio é uma ferramenta gratuita que divulga seu empreendimento nas buscas do Google e no Google Maps. Você pode informar a URL da loja virtual e incluir fotos dos produtos para mostrar nos resultados de pesquisas do Google. Também é possível listar promoções e ofertas para atrair novos clientes.

Como a Shopify pode ajudar

Lojistas independentes são a alma da Shopify, e queremos fazer de tudo para apoiar você neste momento complicado. Para saber mais sobre nossas ações, elucidar dúvidas ou conhecer recursos que ajudarão sua loja a resistir em tempos incertos, acesse a página especial sobre a covid-19. Nosso blog também tem uma série de artigos com dicas relacionadas à pandemia.

Além disso, a Central de ajuda da Shopify reúne várias informações sobre como enfrentar a situação atual. Também temos especialistas dedicados e dispostos a facilitar ao máximo sua jornada de empreendedorismo.

Seja qual for sua demanda atual, saiba que estamos juntos. Não mediremos esforços para enfrentar esses tempos difíceis e ajudar sua loja a ter resultados incríveis de sucesso. Conte com a gente e boa sorte!


Which method is right for you?Sobre a autora

Carolina Walliter é escritora, tradutora, intérprete de conferências e editora-chefe do blog da Shopify em português do Brasil.

Post original em inglês: Roxanne Voidonicolas

Tradução e localização atualizada: Mitsue Siqueira

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Entre em contato a nossa Central de ajuda