Blogs da Shopify

Como criar uma identidade visual incrível para a sua marca

Como desenvolver uma identidade visual de marca

Construir uma identidade de marca não significa se preocupar apenas com o lado visual da loja; no entanto, uma identidade visual forte e elegante pode conferir um caráter profissional à marca, incentivando novas compras por parte dos clientes.

E isso é algo que todos os empreendedores buscam, não importa o canal que está sendo construído: um blog, um canal do YouTube, uma loja virtual ou mesmo um perfil nas redes sociais.

Além disso, trabalhar o branding da marca pode ser um recurso importante em momentos de vendas sazonais ou comemorações especiais: diversas marcas fazem pequenas alterações em seus perfis virtuais e mesmo nos rótulos dos produtos durante essas datas, o que costuma incentivar mais vendas e um engajamento maior por parte dos clientes.

Se você não está pronto para investir em um designer profissional para articular melhor a identidade visual da sua marca e prefere passar longe do Photoshop, que tal dar uma olhadinha neste post?

Nós vamos mostrar que é possível construir uma estratégia poderosa de branding para a sua marca usando apenas ferramentas de fácil utilização.

Você já conhece o Hatchful?

Hatchful is a branding assistant in the palm of your hand

O Hatchful é um app projetado para ajudar empreendedores como você a construírem um projeto de identidade visual de maneira rápida e intuitiva.

Você só precisa responder algumas questões sobre a sua marca e, a partir desses dados, o Hatchful vai sugerir logotipos e modelos já prontos. Depois de selecionar o modelo, você pode customizar o logotipo e alterar as cores e fontes até transformá-lo em algo que seja a cara da sua marca. Uma vez pronto, é possível fazer o download do logo nos formatos mais diversos, para que ele seja utilizado em todas as plataformas sociais.

O Hatchful é totalmente gratuito para lojistas da Shopify e também para usuários de outras plataformas, mas existem alguns templates premium dentro do app que são pagos.

Clique aqui para conhecer o Hatchful

Estratégia visual da marca

Antes de começar a trabalhar no lado visual da marca, você precisa primeiro avaliar o projeto como um todo: não se trata apenas de modificar cores, fontes e o logotipo, embora esses elementos sejam extremamente importantes dentro da identidade da marca.

A base da sua marca, afinal, não está na parte estética da loja ou do site, mas sim nos seus valores e no seu comprometimento com os clientes. E, com essa base bem-definida, é bem mais simples trabalhar a parte visual da loja.

A base da sua marca não está na parte estética da loja ou do site, mas sim nos seus valores e no seu comprometimento com os clientes.

Para elaborar essa base de uma maneira mais concreta, tente responder as perguntas abaixo:

  • O que você faz?
  • Por quê?
  • Quem são os seus clientes?
  • Do que eles precisam?
  • O que faz a sua loja ser diferente?

Outra coisa importante para se ter em mente: é impossível abraçar o mundo e oferecer absolutamente tudo. As melhores marcas são aquelas que têm uma causa ou um projeto singular, ou que trabalham apenas com um único nicho.

Com isso em mente, tente responder mais essas duas perguntas:

  • O que é que você não faz?
  • Quem é que não faz parte do seu público-alvo?

Se for difícil responder essas perguntas, pense de maneira prática: uma marca inserida num nicho tradicionalmente masculino que vende apenas para mulheres, por exemplo, vai ter um público-alvo bem delimitado. Uma marca de yoga voltada para pessoas que não são praticantes ávidas também.

Lembre-se: é bem mais fácil fazer escolhas e tomar decisões quando você tem uma base sólida que define a sua marca.

LEITURA RECOMENDADA: Otimize suas páginas de produto: 9 dicas infalíveis para aumentar as conversões.

Como construir a identidade visual da marca

Agora que já discutimos a estratégia da marca como um todo, está na hora de falarmos sobre a identidade visual.

Empresas com uma identidade visual forte e bem-estruturada estão sempre um passo à frente da concorrência – especialmente se a estratégia visual for tão poderosa que os clientes sejam capazes de reconhecer a marca mesmo antes de ver o logotipo.

Para que isso aconteça, é essencial que a estratégia visual seja sempre consistente, desde as fontes utilizadas até o aspecto visual das imagens.

Vejamos alguns exemplos.

Você sabe identificar a marca por trás deste anúncio?


Fonte: Cidade Marketing

E este?


Fonte (com spoilers): Hortifruti

Mesmo que você não tenha percebido imediatamente que o primeiro anúncio é das Lojas Americanas, algo no tom de vermelho e na fonte em branco certamente remeteu à marca. E o segundo anúncio fez parte da campanha publicitária altamente cômica bolada pela Hortifruti, que estampou as cidades brasileiras por algum tempo.

Você também pode construir uma marca que seja imediatamente identificada pelos seus clientes em qualquer canal: Pinterest, YouTube, Instagram ou Facebook.

Uma marca que faz isso super bem é a Sobrebarba, que mantém uma identidade visual constante em todos os canais:

captura de tela produtos Sobrebarba

Instagram Sobrebarba

Uma estratégia consistente de branding também é uma forma de garantir que os seus clientes consigam encontrar a marca a qualquer momento. Além disso, o elemento visual da loja vai fazer com que esses clientes passem a associar a marca à produção de conteúdos (e produtos) de alta qualidade.

Ao longo do processo de elaboração da identidade da marca, é importante definir alguns aspectos estéticos, como:

  • Fontes: quais fontes serão utilizadas nos cabeçalhos e nos textos? Alguma dessas fontes vai ser usada para ênfase?
  • Cores: que cores combinam bem com a sua marca? E quantas cores serão utilizadas? Quando chegar o momento de definir o tom exato que será utilizado, não se esqueça de registrar o código hexadecimal da cor (por exemplo: #5c6ac4), pois ele precisará ser inserido no código do site.
  • Padrões e estampas: é interessante para a marca utilizar listras? Bolinhas? Ou simplesmente ignorar essas estampas e não as utilizar nunca?
  • Tratamento das imagens: as imagens associadas à marca serão sempre reproduzidas em preto e branco, ou você prefere cores fortes e cativantes? Serão sempre fotografias com pessoas, ou é melhor utilizar ilustrações?
  • Variantes do logotipo: o logo da loja precisa ser compatível com quais formatos e canais? Ele precisa ser alterado para isso?

Como o número de decisões é bem amplo, vale a pena considerar a criação de um guia de estilo para a marca; dessa forma, você vai poder deixar registrado todo o processo de construção do branding da loja.

O guia de estilo também pode ser um recurso útil se você estiver considerando a possibilidade de deixar a identidade visual da marca nas mãos de uma assistente virtual ou mesmo de outros funcionários.

apostila de design e cubo mágico

Como criar um logotipo

Criar um logotipo pode parecer uma tarefa meio ingrata, especialmente quando pensamos nos logos incríveis e extremamente simples da Nike, da Apple ou da Adidas; no entanto, existem algumas regras bem simples que podem ajudar você a criar o logotipo ideal.


Você tem uma ideia de negócios?

Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!


 

Seja simples e elegante

Se esta é a sua primeira vez criando um logotipo, atenção: não se trata apenas de criar um logotipo, mas sim de criar vários formatos em diversos tamanhos, pois o logo precisa estar presente em absolutamente tudo da marca.

O menor formato é a variação do logo que vai servir como favicon, aquela microimagem que é exibida na aba do site.

Favicons de marcas que trabalham com logos altamente reconhecidos.

A melhor maneira de fazer isso dar certo, claro, é criando um logo simples e descomplicado.

Logotipos extremamente detalhados podem ser incríveis, ainda mais quando exibidos em tamanho maior numa página da internet. O problema é que, exibidos em um tamanho reduzido, certamente perderão todo o charme.

Com um logotipo muito detalhado, pode ser complicado criar um ícone para o Instagram ou Twitter. Por isso, lembre-se: quanto mais simples, melhor.

Trabalhe com variações

Todos os exemplos que mostramos até agora lidam primariamente com imagens quadradas. O que fazer, então, com o cabeçalho do site ou com a imagem de banner do YouTube, que apresentam formatos diferentes?

Vejamos o caso da Johnson’s Baby. No Facebook, o logo da marca vem num formato totalmente visual:

Mas, no site, o logo é transformado no formato retangular:

Considere o contexto

Alguns setores e nichos são universalmente conhecidos por símbolos: o cifrão do dólar é a marca do mercado financeiro, e os pinceis de maquiagem são imediatamente associados ao setor de cosméticos. Tente identificar o símbolo que pode ser usado para representar a sua loja inclua-o na sua estratégia de branding.

Hora de criar o logotipo

Eu sei que nós já discutimos muitos tópicos neste post – e que você provavelmente não se esqueceu da promessa de que não precisava saber usar o Photoshop para criar um bom logotipo.

Agora que as bases para o seu logo e para a identidade visual da marca já estão definidas, chegou a hora de discutir os apps disponíveis.

 

O Hatchful é um app compatível com os sistemas iOS e Android projetado exclusivamente para auxiliar no processo de criação de logos. Além de possuir centenas de modelos prontos para customização, o app só trabalha depois que você determinar os parâmetros que definem a sua loja.

Dentro do app, é possível alterar cores, fontes e muito mais; depois de pronto, o logo fica disponível para download em formatos diversos. Vale lembrar que o app é totalmente gratuito, mas existem alguns designs que são pagos.

Implementação de uma identidade visual única em todas as plataformas

Hoje em dia, não basta só estabelecer o branding do site da loja (até porque, dependendo do seu projeto ou nicho, é provável que você ainda nem tenha um site funcionando).

Na verdade, para que a sua estratégia de branding dê certo, você precisa implementá-la em todos os canais em que a marca é ativa: YouTube, Instagram, Pinterest...

Em termos práticos, isso significa que você precisa ter imagens que sejam compatíveis com essas plataformas.

Você precisa ter imagens que sejam compatíveis com essas plataformas.

É claro que este post poderia trazer uma lista (imensa) com todos os formatos e dimensões utilizados por cada plataforma e rede social; o problema é que essas dimensões podem ser alteradas sempre que a plataforma passar por uma atualização. Se você está atrás de uma lista dessas, vale conferir o post do Rock Content.

Mas... E se desse para confiar essa tarefa de dimensionar imagens a um app ou ferramenta virtual?

Com o Hatchful, por exemplo, é possível construir imagens e versões do seu logo para o YouTube, o Facebook, o Instagram e muito mais. A melhor parte é que elas já vêm prontas para download, o que torna o processo de implementação da identidade visual bem mais rápido.

E se você precisar inserir imagens a um tuíte ou criar uma imagem para o Instagram que inclui texto, vale buscar a ajuda do Canva. A ferramenta trabalha com dimensões totalmente compatíveis com as redes sociais, então você só vai precisar escolher se quer trabalhar com um gráfico do Pinterest, uma imagem para o Twitter, uma miniatura do YouTube ou qualquer outro formato pré-determinado. Não se esqueça de conferir se a fonte, as cores e o layout da imagem estão de acordo com a sua identidade de marca.

Outra ferramenta bastante útil é o Pablo, um editor de imagens desenvolvido pelo Buffer e projetado exclusivamente para conteúdos das redes sociais.

Como fazer o branding da loja e do site

É inevitável que, em determinado momento da sua caminhada no e-commerce, você queira construir um site totalmente exclusivo e compatível com a sua estratégia de branding.

A grande vantagem de construir um site personalizado é que ele permite controle criativo total, o que pode ajudar a marca a desenvolver uma identidade mais sólida e, claro, lucrar ainda mais.

LEITURA RECOMENDADA: Monogramas e personalização: as novas tendências do varejo.

Em situações como essa, a consistência visual se torna um fator ainda mais importante. Para manter uma identidade visual padrão entre o seu site e os perfis da loja nas redes sociais, é importante avaliar como você pretende utilizar e adaptar os seguintes elementos:

  • Tema;
  • Imagens;
  • Fontes;
  • Logos;
  • Cores.

    Tema

    O tema de um site costuma servir como base para todas as outras decisões de identidade visual. Ele é, afinal, como a fundação de uma casa: a partir dele, é possível customizar, construir e reestruturar todo o esqueleto do site.

    É por isso mesmo que é tão importante saber escolher o tema certo, para evitar grandes alterações lá na frente.

    Se você está montando a sua loja na plataforma da Shopify, dê uma olhadinha na nossa Theme Store: lá, você pode filtrar os temas por preço, estilo e muito mais.

    LEITURA RECOMENDADA: Design e criação de um site de e-commerce: dá para fazer tudo sozinho?

    Imagens

    O grupo de imagens de um site engloba desde as imagens de cabeçalho do site até as imagens dos posts do blog, imagens de produto e tantas outras. E, como é natural que um site de e-commerce tenha muitas imagens, é importante redobrar a sua atenção nesta etapa.

    Na hora de procurar imagens prontas ou produzir os seus próprios conteúdos visuais, tente buscar uma certa padronização para que, quando inseridas no site, essas imagens deem a ideia de uma unidade coesa.

    Se metade das suas imagens for composta por ilustrações e a outra metade for composta por imagens em preto e branco, há chances de que a sua identidade de marca fique um pouco confusa (a menos, claro, que esse seja o seu objetivo: nesse caso, não há problema).

    ESTÁ PROCURANDO IMAGENS PROFISSIONAIS? Dê uma conferida no Burst, que possui uma enorme coleção de imagens gratuitas e prontas para utilização.

    Fontes

    Como você já definiu as fontes que seriam utilizadas e fez esse registro no guia de estilo da loja, esta etapa será bem simples: basta selecionar a fonte a ser utilizada dentro do editor de site.

    Grande parte desses editores de site exibem as fontes disponíveis em um menu suspenso: se você encontrar a sua fonte ali, maravilha.

    Se por acaso você não encontrar a fonte que deseja utilizar, vai precisar dar uma vasculhada no código do tema. Vale a pena buscar a ajuda de um profissional especializado se isso parecer muito complicado.

    Logos

    Lembra quando falamos da importância de trabalhar com as variantes de um mesmo logotipo? Pois é: a criação de um site totalmente personalizado é uma dessas situações que demandam diversos formatos diferentes de um mesmo logo.

    Além de utilizar um tamanho menor do logo como favicon do site, você pode implementar uma versão maior no cabeçalho do site e em quaisquer outros espaços relevantes.

    Um excelente espaço para inserir um logotipo é a notificação de envio do pedido, como mostra a Outer:

    Cores

    Com o tema já definido, é possível começar a customizar a paleta de cores que será utilizada. Para manter uma consistência visual, recomendamos que você dê uma olhadinha nas cores que já escolheu ou que já utilizou na hora de criar o logotipo da marca.

    É aqui, também, que aqueles códigos hexadecimais serão úteis.

    Como construir uma identidade visual inesquecível

    Hoje em dia, é possível criar uma identidade visual incrível com a ajuda de alguns apps. Isso é uma excelente notícia, já que a identidade da marca é um dos fatores mais importantes para o sucesso de uma loja.

    Com o Hatchful, você vai começar a dar os primeiros passos para construir uma estratégia de branding capaz de reformular não só o seu site, mas também os perfis da loja nas redes sociais.

    Sucesso!


    Which method is right for you?Sobre a autora

    Carolina Walliter é escritora, tradutora, intérprete de conferências e editora-chefe do blog da Shopify em português do Brasil.

    Post original em inglês: Desirae Odjick

    Tradução e localização: Marcela Lanius

    Você tem dúvidas sobre a Shopify?

    Entre em contato a nossa Central de ajuda

    Tópicos: