Como calcular frete? Um guia sobre guia sobre frete pedidos no e-commerce

Introdução sobre frete e processamento de pedidos no e-commerce.

Garantir que seus clientes tenham uma boa experiência de compra não é tarefa fácil: você precisa escolher boas imagens de produto, ajustar e otimizar a navegação no site, criar e-mails e conteúdos que consigam atrair os clientes até a loja… E, claro, garantir que o valor anunciado seja competitivo.

Mas, quando o assunto é o processamento dos pedidos – calcular o frete de acordo com o CEP de destino, o peso do pacote, decidir se é melhor usar uma transportadora ou os Correios – a situação muda. De repente, é como se você não estivesse mais no controle da situação.

Por sorte, nós temos uma boa notícia: isso não precisa ser assim! Com um pouquinho de cuidado e um bom planejamento, você pode controlar o processamento dos pedidos realizados na sua loja e garantir um cálculo do frete que seja interessante para todos os envolvidos.

Exercer esse tipo de controle, claro, é um elemento crucial para o bom funcionamento de uma loja virtual, que obrigatoriamente terá que lidar com custos de processamento e envio de produtos. É por essas e outras que é tão importante ter uma estratégia para calcular frete e delimitar os prazos de entrega de pedidos. 

Foi pensando nisso que criamos o guia abaixo, que traz tudo o que você precisa saber sobre como calcular frete e realizar o processamento dos pedidos da loja.

Cálculo do frete e processamento de pedidos: por onde começar?

Antes de definir como calcular frete na sua loja, é necessário primeiro determinar alguns elementos que servirão como base para suas operações futuras.

  • Valor do frete a ser cobrado e prazo das entregas. Você já decidiu se vai incluir o valor integral do frete no preço do produto ou se é melhor definir um frete único para todas as compras realizadas na loja? Nesta segunda opção, a loja vai precisar absorver ao menos uma parte dos custos de envio, então é importante saber se há caixa para isso.
  • Peso dos pacotes e dos itens comercializados. Para simplificar o cálculo do frete lá na frente, faça uma lista ou tabela com os pesos estimados de todos os itens anunciados. Esse tipo de informação será crucial para que você possa estimar o custo total de envio dos pacotes, além de ser um recurso essencial na hora de determinar o valor de cada item.
  • Tipo, tamanho e peso das embalagens utilizadas. Escolher a melhor embalagem para os produtos da loja não é um processo simples, mas é uma etapa particularmente importante para que você possa calcular o frete de cada produto.
  • Customização das embalagens. Outra forma de transformar a experiência de compra é customizar as embalagens – ou ao menos o selo e a apresentação do logo da marca. Você pretende incluir esta etapa no processamento de pedidos?

    Cálculo do valor de frete e dos prazos de entrega

    Cálculo do valor de frete e dos prazos de entrega

    1. Frete gratuito

    O frete gratuito é uma das melhores estratégias para reduzir o abandono de carrinhos de uma loja virtual. O problema é que a palavra “gratuito” pode enganar, já que é você que vai ter que arcar com os custos envolvidos no processo.

    Para fazer com que o frete gratuito de fato seja gratuito para os seus clientes (e não faça você entrar no prejuízo), vai ser necessário adotar ao menos uma das opções abaixo:

    1. Aumentar o valor dos produtos da loja para cobrir os custos de transporte (ou seja, o cliente acabará pagando pelo valor do frete de qualquer forma);
    2. Usar as próprias margens de lucro da loja para arcar com os custos (nesse caso, você é quem vai pagar pela taxa de frete);
    3. Aumentar apenas parcialmente o valor dos produtos para cobrir a taxa de envio (assim, loja e cliente pagam pelo frete);
    4. Oferecer um código de desconto que possibilita o frete gratuito para ao menos uma parcela dos clientes.

    Outra opção viável é oferecer frete gratuito apenas para compras que ultrapassem um limite mínimo de valor. Além de aumentar o valor médio de compra, essa estratégia pode ajudar a minimizar os custos de transporte e processamento (embora o valor final ainda seja responsabilidade da loja).

    2. Transportadora ou serviço de entrega

    Uma segunda estratégia de cálculo de frete é contratar uma transportadora ou um serviço de entrega para cuidar das entregas da loja. Além de oferecerem uma gama mais ampla de valores e prazos, esses serviços muitas vezes costumam contribuir positivamente para a experiência de compra do cliente.

    3. Frete único

    A terceira e última opção mais comumente utilizada no e-commerce é oferecer um frete único para toda a loja.

    De modo geral, é possível afirmar que o frete único costuma apresentar boas taxas de sucesso quando a loja trabalha com uma coleção de produtos que apresentam tamanhos e pesos semelhantes. 

    Sua loja trabalha com itens de naturezas muito variadas? Então talvez seja melhor considerar outra estratégia para o cálculo do frete.

    Atenção: cuidado na hora de calcular o frete único! Para que esta estratégia de fato funcione corretamente, é importante que você estabeleça um valor de cobrança que não seja nem muito caro para os clientes e nem muito baixo a ponto de afetar o funcionamento da loja.

    Calcular o frete: como incorporar os custos de envio?

    As transportadoras e serviços de transporte costumam determinar os valores de frete tomando como base os seguintes fatores:

    • Tamanho do pacote
    • Peso do pacote
    • País/CEP de origem
    • País/CEP de destino
    • Outros recursos adicionais, como rastreamento em tempo real e seguro em caso de sinistro

    No entanto, cada transportadora vai oferecer serviços e opções diferentes, que podem se ajustar (ou não) às particularidades de cada loja. Por isso mesmo, vale a pena conferir em detalhes o trabalho das transportadoras com as quais você deseja trabalhar.

    Aqui no Brasil, recomendamos dar uma olhada na FedEx, na DHL, na Carriers e na Loggi. Além disso, vale conferir esta lista criada pela Olist, com 43 das melhores empresas do ramo.


    Você tem uma ideia de negócios?

    Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!

    Considere as margens de lucro da loja

    Um dos segredos para um e-commerce de sucesso é a atenção constante às margens de lucro da loja. E, como as etapas de processamento de pedidos e cálculo de frete representam um grande custo do funcionamento de uma loja, é importante tomar cuidado para não deixar que isso coloque seu caixa no vermelho.

    Antes de fechar sua estratégia própria de frete e processamento de pedidos, recomendamos a utilização de uma tabela como a que incluímos abaixo, onde mapeamos todos os custos presentes na jornada de compra de um cliente.

    Cuidado: muita gente acaba levando um susto com esta etapa e com a tabela, pois não contabiliza os pequenos custos que sempre estão presentes no processo de cálculo.

    A seguir, então, um exemplo rápido de como montar uma tabela para calcular o valor total da transação e incluir o custo do frete ou dos fretes da loja.

    Custo do produto R$ 10,00
    Processamento (embalo e preparação para envio) R$ 0,50
    Frete R$ 7,50
    Taxas e tarifas R$ 0,00
    Taxa cobrada pelo cartão de crédito R$ 2,50
    Margem de lucro 50%
    Valor total R$ 30,75

    Opções de embalagem e transporte

    Opções de embalagem e transporte

    Embalar um produto é mais do que escolher o tamanho e o peso da caixa de papelão que você vai mandar via Correios ou via transportadora: você também terá que se certificar de que a embalagem interna seja resistente e capaz de proteger o produto.

    Os materiais mais utilizados para esse propósito são os forros de espuma ou plástico bolha, colocados diretamente dentro da caixa e em torno do produto. No entanto, também é possível trabalhar com envelopes plásticos forrados com plástico bolha.

    A Arka, que tem um app exclusivo na App Store da Shopify, oferece materiais para embalagem totalmente livres de qualquer marca ou logotipo.

    Outro caminho possível é pensar fora da caixa (se é que você me entende) e começar a buscar outras opções de embalagens: sacolas de papel, materiais biodegradáveis, tamanhos compactos e por aí vai.

    De um modo geral, é importante lembrar que quanto mais leve for o peso da embalagem, menores serão os custos de transporte. Situação semelhante acontece com embalagens adaptáveis, como envelopes forrados: como eles se adaptam aos mais diversos tamanhos, você pode utilizá-los para enviar uma gama mais ampla de produtos.

    Atenção ao peso: prefira modelos leves e pequenos

    Como o cálculo do frete depende, em grande parte, do tamanho e do peso das embalagens utilizadas, é importante tentar priorizar embalagens pequenas e leves.

    Dessa forma, você vai conseguir reduzir os custos envolvidos na etapa de processamento, diminuir o valor a ser pago pelo cliente e, claro, preservar as margens de lucro da loja.

    Seguro contra acidentes e opção de rastreamento

    Dependendo do tipo de produto que você está comercializando e do valor médio das compras da loja, pode ser uma boa ideia considerar a contratação de um seguro contra acidentes que cubra ao menos o valor do frete e o peso do pacote.

    Muitas transportadoras e serviços de entrega já oferecem opções economicamente viáveis de seguro, especialmente para situações que envolvam o sinistro ou o dano de pacotes. Além disso, muitas já trabalham com taxas de seguro padrão em todas as entregas.

    Envio internacional de encomendas

    Envio internacional de encomendas

    Se você está trabalhando com encomendas para outros países, não se esqueça de incluir a documentação necessária para que o produto seja liberado pelas autoridades aduaneiras e chegue até o cliente final.

    O lugar para coletar as informações mais precisas sobre o assunto é o site dos Correios: lá, você vai encontrar informações detalhadas sobre a exportação de encomendas. Outra opção é o site da Jadlog, uma transportadora bem conhecida que oferece serviços de frete internacional.

    Cálculo de tributos e outros impostos

    Se a encomenda for taxada pelas autoridades aduaneiras no momento de importação, seja pelo peso do pacote ou pelo valor, o cliente terá que arcar com esse custo na hora da entrega. Embora seja uma situação desagradável, é algo que faz parte da entrega internacional de produtos; por isso mesmo, pode ser uma boa ideia incluir um aviso sobre isso na página de políticas de frete e envio ou mesmo nas páginas de produto da loja.

    Fretes do e-commerce: muito mais do que uma cobrança importante

    Calcular o valor do frete é uma das etapas mais desafiadoras para o funcionamento de uma loja virtual. Cada marca, afinal, precisa saber identificar suas próprias particularidades e vantagens para poder definir a melhor estratégia de envio sem deixar que isso afete drasticamente os lucros da loja.

    Assim como acontece com os demais aspectos de uma loja, este é um processo demorado, que demanda ajustes e avaliações cuidadosas. Por isso mesmo, é importante que você saiba não só identificar os recursos e parcerias que podem beneficiar o funcionamento da loja, mas trabalhar para manter um bom ritmo de entrega.

    Agradeço a Mike McGuire e Desirae Odjick pelas contribuições feitas ao longo deste artigo.

    Perguntas frequentes sobre como calcular frete

    Como definir a melhor taxa de frete para minha loja?

    O cálculo precisa incluir o peso dos produtos, o preço de compra e venda dos itens da loja e outras taxas de serviço que estão presentes na confecção ou aquisição dos produtos por parte da loja. Pode ser uma boa ideia construir uma tabela para cada tipo de frete (único, gratuito, etc.).

    Vale a pena trabalhar com uma transportadora?

    Sim, sobretudo se você estiver lidando com pacotes de peso mais elevado ou então com itens de valor médio ou alto. Procure se informar sobre a possibilidade de fazer uma conta profissional com esses provedores de serviço: muitas vezes, essas contas oferecem descontos e outras vantagens exclusivas que podem diminuir o valor cobrado por frete.

    Qual é a vantagem de trabalhar com um armazém de distribuição?

    Um armazém de distribuição pode ajudar você a automatizar o processamento e o envio dos produtos da loja. Nesse tipo de parceria comercial, você deixa o estoque da loja aos cuidados do armazém, que fica responsável por todo o processamento e frete da encomenda até o destino final.

    Which method is right for you?Sobre a autora

    Carolina Walliter é escritora, tradutora e intérprete de conferências e, em parceria com a Shopify, faz a curadoria e a localização de conteúdo para o blog da Shopify em português do Brasil.

    Post original em inglês: Thea Earl

    Tradução e localização: Marcela Lanius

    Você tem dúvidas sobre a Shopify?

    Entre em contato a nossa Central de ajuda