Quer abrir uma loja virtual?

Dropshipping: o que é, como começar e muito (muito!) mais

Dropshipping o que é: ilustração que mostra um armazém ou fornecedor, com seis caixas de cores diferentes. Do lado de fora, há um carrinho de compras. Um mouse seleciona uma das caixas e a coloca dentro do carrinho.

Dropshipping: o que é? Como funciona? Dá mesmo para abrir uma loja no Brasil e vender nesse modelo de vendas? A gente sabe que tem muita coisa circulando pela internet, alardeando promessas e esquemas meio estranhos. Hoje, a gente vai explicar tudo bem explicadinho e conversar sobre o que é dropshipping e se vale mesmo a pena investir nesse formato. Só vem!


A internet está cheia de ideias de negócios lucrativos, de produtos que viralizam da noite para o dia e de soluções e sugestões para contornar momentos de crise. Infelizmente, ela também é lugar de gente mal-intencionada tentando se aproveitar de pessoas que querem empreender, mas ainda não têm a grana para investir ou não conhecem fontes confiáveis de informações.

Se você está querendo uma solução para abrir um negócio sem largar o emprego ou então sempre quis começar um negócio online mas ainda está meio em cima do muro sobre essa questão de como e quanto investir, pode puxar a cadeira e chegar mais: este post vai falar sobre o que é dropshipping, um modelo de negócios que tem circulado na internet brasileira já faz um tempo, mas que ainda é cheio de mitos e mistérios.

✒️Tome nota: o que é dropshipping e onde posso saber mais?

Para já ir entrando no ritmo da leitura, vale a pena conferir o vídeo abaixo, imperdível para quem quer saber mais sobre o tema:

Ao longo do post, a gente também vai recomendar outros vídeos que abordam tudo sobre dropshipping: o que é, como fazer, como encontrar fornecedores dropshipping e muito mais.

Dropshipping: o que é, afinal?

Dropshipping o que é: ilustração de um homem branco e uma mulher negra. Ambos são jovens e usam camisetas vermelhas e calças pretas. Os dois pulam, comemorando, e seguram um selo de vitória.

Muitas pessoas têm receio de criar uma loja virtual por causa dos custos iniciais e aborrecimentos com áreas espinhosas, como frete e processamento de pedidos.

E é compreensível, né? Nem todo mundo tem orçamento, disponibilidade ou espaço para investir em produtos feitos em casa, como velas aromáticas e sabonete artesanal. Também não é todo mundo que pode se dar ao luxo de investir em estoque e aluguel de loja física.

Mas… E se existisse um modelo de negócios no qual outra pessoa ficasse responsável por não só pagar antecipadamente os custos de estoque de milhares de itens, mas também por gerenciar as suas operações de logística e processamento de pedidos? 

Seria muito mais fácil construir um e-commerce, e você poderia administrá-lo sem sair da sua casa e sem precisar se dedicar 24 horas por dia a essa empreitada, né?

Parece bom demais para ser verdade? Mas não é, se você conhece o dropshipping.

Tá bem, mas… o que é dropshipping?

O dropshipping nada mais é do que um modelo de negócios em que o lojista (ou seja, você!) não detém o estoque físico de produtos que está vendendo na loja.

O que acontece é o seguinte: você estabelece uma parceria com um fornecedor de dropshipping, que fica responsável pelo estoque, pelo processamento e também pelo envio dos pedidos.

🙋Shopify, não entendi, não

Beleza, a gente explica!

No dropshipping, o que acontece é o seguinte:

  • O cliente acessa o site do seu e-commerce (ou seja, o site da sua loja) e dá uma olhada nas páginas de produto do seu site.
  • Depois de olhar as vitrines, o cliente finalmente escolhe um produto e faz a compra.
  • Você, o lojista, vai receber o pedido e o pagamento e começar a organizar tudo para enviar o produto.

➡️ Se você estivesse com o estoque físico, a próxima etapa seria fazer o processamento: separar o item no estoque, conferir se está tudo OK e se o produto bate com a compra feita, colocar numa embalagem e fazer o envio do produto via Correios, transportadora ou outros parceiros de frete.

Mas, no dropshipping, vai acontecer outra coisa: assim que você receber o pedido do cliente, você vai repassá-lo para o seu fornecedor, e enviar também as informações e os dados de entrega do cliente. O fornecedor, então, vai ficar responsável por toda a parte de processamento e envio ― e você vai ficar responsável por se comunicar com o cliente, oferecendo os dados de rastreio do pedido e um bom atendimento ao cliente.

✒️Tome nota: o que é dropshipping?

O modelo do dropshipping é ideal para quem não quer (ou não pode) arcar com os custos do estoque e do processamento de pedidos, mas mesmo assim não quer abrir mão do branding e da identidade visual da marca na hora da experiência de entrega.

Quando puder, dá uma olhadinha no vídeo abaixo!

Dropshipping vale a pena?

 Dropshipping o que é: vale a pena? Ilustração de um homem subindo uma escada, rumo ao sucesso.

Agora que a gente já resolveu a pergunta mais importante e explicou o que é dropshipping e como ele funciona, está na hora de começarmos a destrinchar alguns outros temas bem importantes para quem quer usar esse modelo de negócios para fazer vendas online.

Vamos ver, então, cinco motivos pelos quais o dropshipping pode ser uma boa:

  1. Baixo investimento inicial: Por ser um modelo que lida basicamente com a revenda de produtos, o dropshipping é uma boa opção para quem quer abrir uma loja virtual com pouco investimento e colher um retorno rápido.
  2. Conveniência e eficiência: Iniciar e desenvolver com sucesso uma empresa de e-commerce exige muito trabalho, especialmente se seu orçamento é limitado. É por isso que não ter que se preocupar com o processamento de pedidos é tão bom: além de economizar e ajudar na gestão de fluxo de caixa, também vai te deixar com mais tempo livre para se concentrar em outras tarefas, como estratégias de marketing, atendimento ao cliente e demais operações.
  3. Mobilidade: Com todas as questões do processamento físico de pedidos resolvidas, você fica livre para gerir seu negócio sem sair de casa.
  4. Confiabilidade: Ao contrário do que você pode estar pensando, o dropshipping é totalmente legal. Aliás, é um modelo que já vem sendo usado por grandes varejistas tem tempo: se você já fez compras no site das Americanas e da Netshoes, por exemplo, certamente já comprou via dropshipping antes mesmo de saber o que é dropshipping!
  5. Maior oferta de produtos: Você pode oferecer uma ampla variedade de produtos a seus clientes sem esquentar a cabeça com estoque e entrega de pedidos.

✒️Tome nota: o que é dropshipping e quais são as melhores dicas para quem quer começar?

Se você já entrou no clima do dropshipping, que tal conferir a nossa lista com produtos para vender na internet?

Aqui na Shopify a gente também tem várias dicas para quem quer começar um negócio sem dinheiro ou está atrás de ideias para ganhar dinheiro em casa.

Dropshipping: como começar?

Dropshipping o que é: como começar? Ilustração de um homem branco, de paletó vermelho, subindo degraus em direção ao topo.

Beleza, finge que a gente está num joguinho tipo o Mario ou o Sonic (#saudades). A gente acabou de passar da primeira fase: “dropshipping: o que é?”. Agora a gente tem que enfrentar o chefão: “dropshipping: como começar?”.

A primeira coisa que você vai ter que definir é a plataforma de e-commerce na qual você deseja hospedar a sua loja, até porque sem loja não dá para realizar vendas.

Com uma plataforma de e-commerce como a Shopify, você pode contar com modelos flexíveis e recursos potentes que ajudam a turbinar qualquer aspecto do seu negócio: além de um admin calibrado para gerar insights e análises sobre as suas vendas, a Shopify também conta com centenas de apps grátis que ajudam em absolutamente tudo ― do comércio conversacional até o dropshipping.

Isso significa que dá para fazer dropshipping na Shopify em apenas quatro passos:

  1. Fazer a sua conta (dá para começar com um teste grátis de 14 dias);
  2. Criar a loja;
  3. Baixar um app de dropshipping;
  4. Importar os produtos do app para a loja e começar a vender.

Além disso, a gente também oferece planos variados de assinatura e integrações com canais de venda poderosos, como redes sociais e Google

🙋Shopify, preciso de mais contexto

A gente vai falar mais um pouco sobre apps de dropshipping e fornecedores dropshipping daqui a pouco. Também vamos dar algumas dicas sobre como construir uma loja de confiança para se destacar no mercado.

É só continuar a leitura!

💣 Nomes para loja de dropshipping: conheça o Gerador de nomes da Shopify

Muita gente que começou a estudar o que é dropshipping e quer empreender dentro desse modelo de negócios empaca em uma etapa crucial: o nome da loja virtual.

Faz sentido, né? Afinal, o nome da loja vai nortear muita coisa, como o slogan, a proposta exclusiva de vendas, o branding da loja, o posicionamento da marca em redes como Instagram e por aí vai. Por isso mesmo, pode ser uma bênção contar com uma ferramenta como o Gerador de nomes da Shopify!

Além de ser grátis, ele também é super fácil de usar: você só precisa digitar uma palavra que descreva bem a sua marca ou os seus produtos e aguardar alguns segundinhos para ver as dezenas de opções geradas automaticamente.

Fornecedores dropshipping: como escolher?

 Dropshipping o que é e como escolher fornecedores? Ilustração de quatro pessoas, dois homens e duas mulheres. Cada um deles está em uma peça de quebra-cabeças, simbolizando união.

Conseguir o fornecedor certo é uma missão ― mas não é impossível, não.

Na verdade, buscar fornecedores dropshipping deve ter prioridade máxima na sua checklist sobre o que é dropshipping e como começar, até porque a satisfação dos clientes, a possibilidade de vender mais e o sucesso da loja dependem disso.

Antes de entrar em contato com qualquer fornecedor, verifique se ele está devidamente legalizado. E se você já sabe quais produtos deseja vender por dropshipping, contatar o fabricante original dos itens pode ser a forma mais fácil de encontrar distribuidores qualificados. Embora nem todo distribuidor esteja disposto a praticar dropshipping, fazer essa pesquisa de fornecedores servirá como um ponto de partida.

Mas cuidado nunca é demais, certo? O mercado infelizmente está repleto de golpistas, então é sempre bom ficar de olho. Se couber no seu orçamento, assine o Worldwide Brands, diretório pago que funciona como uma fonte de boa reputação de fornecedores que praticam dropshipping.

✒️Tome nota: o que é dropshipping e como posso encontrar fornecedores dropshipping?

Além do Worldwide Brands, também vale anotar no caderninho as dicas do vídeo abaixo:

Como encontrar fornecedores dropshipping no Google

O Google tem de tudo, então antes de sair jogando “fornecedores dropshipping” lá na caixa de pesquisa, leve em conta as três dicas abaixo:

  • Pesquise bastante: Nem todo bom fornecedor ou empresa especializada em dropshipping é bom em SEO e marketing, então nem sempre eles vão aparecer logo nos primeiros resultados. Reserve um tempo na sua agenda para visitar os sites, ir além das duas primeiras páginas do Google e conferir a reputação dos fornecedores.
  • Não julgue pela capa: Os sites dos fornecedores dropshipping também costumam ter uma cara meio saída dos anos 1990. Não se assuste: um site moderno pode indicar um ótimo fornecedor, mas um site de menor qualidade não necessariamente significa que o fornecedor é ruim.
  • Use muitos modificadores: Ao buscar por fornecedores, não se limite a pesquisar por "fornecedor". Use outros termos modificadores, incluindo "distribuidor", "revendedor", "volume" e "depósito".

💣 Dropshipping: o que é e como trabalhar bem com um fornecedor

Até os melhores fornecedores dropshipping erram de vez em quando. Faz parte.

E, como nem todos estão dispostos a arcar com os custos para remediar uma falha, é importante que você assuma a responsabilidade de gastar o que for necessário para resolver qualquer problema que seu cliente tenha.

O fornecedor é responsável pela logística, mas é você que responde e soluciona os problemas dos clientes depois que uma compra é realizada.

Em outras palavras: deu ruim? Não adianta dizer para o seu cliente que a culpa é do fornecedor.

É sempre bom lembrar que, por mais que o dropshipping seja um modelo prático e economicamente interessante, ele não é um esquema para ganhar dinheiro fácil: é sua responsabilidade honrar o compromisso com os clientes e firmar parcerias de negócios que sejam rentáveis e que tragam benefícios e frutos para todas as partes.

App para dropshipping: conheça os principais

 Dropshipping o que é e como escolher apps? Ilustração com quatro pessoas trabalhando em equipe rumo ao sucesso. Um homem edita gráficos, uma mulher analisa dados em um tablet, outra mulher trabalha em um notebook e um segundo homem anuncia em um alto-falante.

Se você está pensando em trazer a sua ideia de dropshipping para a Shopify, encontrar um bom app para dropshipping vai ser uma etapa determinante para o sucesso da sua loja.

Não entendeu? É que, como aqui na Shopify o processo todo de dropshipping acontece via apps, encontrar um app = encontrar fornecedores dropshipping.

Aqui vão os três apps que fazem mais sucesso entre os nossos lojistas:

    1. DSers: O DSers é um dos apps mais confiáveis para lojas virtuais que querem vender com dropshipping. Além de contar com um plano gratuito, ele também trabalha com o catálogo de produtos e fornecedores AliExpress, então encontrar o produto ideal para o seu nicho vai ser moleza.
    2. Printful: A Printful é incontornável para quem quer explorar modelos de negócios como o dropshipping e a impressão sob demanda. Além de trabalhar com uma imensa variedade de produtos, que vão desde camisetas até itens de decoração, a Printful vem investindo em uma pegada sustentável ― e também tem um plano gratuito de assinatura!
    3. Reserva INK: A brasileiríssima Reserva INK é a solução ideal para quem quer empreender no dropshipping ou na impressão sob demanda. Além de ser totalmente integrada à Shopify, ela também disponibiliza a plataforma de criação de marcas da Reseva. Aproveite os 30 dias de teste e escolha um plano só depois!
    4. EPROLO: O EPROLO é outro app de dropshipping bem legal para quem quer administrar um e-commerce e não quer abrir mão de experiências de compras customizadas. Além de oferecer centenas de produtos, o app também imprime o logo ou qualquer outra identidade visual da marca direto nos rótulos e embalagens, para garantir que o cliente final tenha uma experiência realmente orgânica. O único porém é que ele só oferece planos pagos.

✒️Tome nota: o que é dropshipping e quais são as ferramentas de que preciso para vender?

Confira o vídeo abaixo para ficar por dentro de outras ferramentas importantes:

Como trabalhar com dropshipping: 3 áreas para ficar de olho

Dropshipping o que é e quais são as desvantagens? Ilustração de uma mulher vestida de vermelho e preto. Ela está com uma cara de dúvida e encostada em um grande ponto de interrogação.

Como todo modelo de negócio, o dropshipping também tem vantagens e desvantagens. A gente já conversou um pouco sobre as vantagens do dropshipping lá no início do post, então agora vale a pena abordar também algumas áreas que são vistas como desvantagens do dropshipping e que por isso mesmo merecem uma atenção especial.

1. Alta concorrência e pequenas margens de lucro

Os produtos para revender por dropshipping geram muita competição. Isso costuma levar a um cenário de preços baixíssimos e margens de lucro ainda menores, dificultando o desenvolvimento de um negócio rentável.

Isso significa que não adianta só apostar no preço baixo ou nas ofertas: na verdade, você provavelmente vai precisar oferecer valor de um jeito diferente, como suporte nas redes sociais, conteúdo adicional em espaços como YouTube e newsletter, tutoriais e instruções de uso ou até mesmo uma oferta de produtos muito nichada.

✒️Tome nota: como contornar esse problema?

Ainda que o preço não possa ser o seu diferencial, é importante desenvolver uma boa estratégia de precificação de produtos. Também vale a pena começar a trabalhar desde já as suas estratégias para gerar tráfego online e definir a forma como você vai se posicionar dentro do mercado.

2. Dificuldade na sincronização de estoque ou itens indisponíveis

Diversificar a sua cartela de fornecedores dropshipping pode ser uma solução boa para evitar um estoque baixo de determinados itens. Afinal de contas, pode ser arriscado depender de um único fornecedor, especialmente em épocas movimentadas como a Black Friday, o Dia dos Namorados e outras datas comemorativas.

✒️Tome nota: o que eu faço se vender um produto fora de estoque?

Vixe! Nesse caso, em vez de cancelar o pedido, ofereça (sem custo adicional) um produto melhor que aquele que foi comprado. Talvez você não ganhe muito dinheiro, mas certamente vai aumentar consideravelmente as chances de fidelizar os clientes.

3. Vender sem ver o produto

É bem comum que algumas pessoas desistam de entrar no mercado depois de saber o que é dropshipping e como funciona o dropshipping. Afinal, será que vale mesmo a pena vender se você não está fabricando e nem controlando a qualidade do produto?

A verdade é que, para trabalhar com sucesso nesse mercado, é altamente recomendável que você encomende os itens antes de anunciá-los na loja. Essa encomenda de teste é perfeita para avaliar o tempo de processamento e envio do fornecedor, a qualidade do produto e a embalagem oferecida pelo seu parceiro. Além disso, também é uma chance de elaborar a sua fotografia de produto!

Resumo: tudo sobre dropshipping 

Deu para responder à pergunta “dropshipping: o que é”? Ou ficou com alguma dúvida sobre como funciona o dropshipping? 

Só para garantir, aqui vai um resumão com tudo o que a gente viu.

  • O que é dropshipping: um modelo de negócios em que o lojista não detém o estoque físico dos produtos que vende no e-commerce.
  • No dropshipping, o lojista estabelece parcerias com fornecedores dropshipping, que ficam responsáveis não só pelo estoque mas também pelo processamento e pelo envio dos pedidos.
  • As principais vantagens do dropshipping são: baixo investimento inicial, conveniência e mobilidade para quem está empreendendo. Além disso, é um modelo já consolidado no comércio eletrônico.
  • Para começar a vender com dropshipping, você precisa: escolher uma plataforma de e-commerce, montar sua loja e encontrar seu fornecedor de dropshipping.
  • Na Shopify, os fornecedores dropshipping mais confiáveis e populares são: DSers, Printiful e EPROLO.
  • Desvantagens do dropshipping: alta concorrência, dificuldade de gerenciar baixas de estoque e vender sem conhecer o produto.

Perguntas frequentes sobre como trabalhar com dropshipping

Como fazer dropshipping no Brasil?

O dropshipping é uma boa opção para abrir um negócio com pouco investimento e retorno rápido. Usar a plataforma intuitiva da Shopify para montar sua loja virtual é o melhor caminho para você começar a vender com fornecedores de dropshipping. Temos recursos exclusivos para dropshipping, que conectam sua loja virtual aos fornecedores e automatizam o envio de pedidos.

Como ter sucesso fazendo dropshipping no Brasil?

Já existem muitos empreendedores vivendo de dropshipping no mundo. No Brasil, esse modelo é visto por muitos como uma boa ideia para ganhar dinheiro extra com pouco investimento.

Porém, é importante salientar que o dropshipping não é um caminho para o sucesso instantâneo no e-commerce. Assim como em qualquer loja online bem-sucedida, você terá que investir em um site de qualidade, em marketing e atendimento ao cliente.

De todo modo, o dropshipping é um dos melhores negócios para abrir com pouco dinheiro, aproveitando a estrutura mais robusta de outros varejistas sem ter que mexer muito no próprio bolso logo de cara. E, se administrado corretamente, um negócio de dropshipping pode formar a base para uma loja virtual de sucesso.

Qual a melhor plataforma de dropshipping no Brasil?

A Shopify pode ser considerada a melhor plataforma de dropshipping do Brasil. Ela tem vários aplicativos disponíveis para você encontrar produtos, fornecedores, além de integrações com o AliExpress e o AliBaba. Ela também tem vários recursos para você investir nas estratégias de marketing, atendimento ao cliente e na identidade visual da sua loja virtual.

Quais os riscos do dropshipping?

Os principais riscos do dropshipping são: concorrência, possíveis margens de lucro baixas e é importante lembrar que sua loja virtual depende de fornecedores – e encontrar um fornecedor sério e de confiança é mais difícil do que parece.

Quer saber mais?


Marcela Lanius Redatora ShopifySobre a autora

Marcela Lanius é tradutora, revisora e às vezes também veste a roupa de pesquisadora. Se pudesse, largava tudo para passar os dias só com gatos e livros.

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Fale com a nossa Central de ajuda

Quer abrir uma loja virtual?