Quer abrir uma loja virtual?

Como criar um blog de sucesso para o seu negócio

How to start a blog that makes money

Empresas de todos os tipos criam blogs como uma forma de cultivar um público-alvo de longo prazo. Porém, o oposto também acontece, pois cada vez mais blogueiros abrem negócios como uma extensão de seu blog, e isso faz todo o sentido.

Um dos maiores desafios que os novos negócios enfrentam é criar público para seus produtos. Blogueiros de primeira viagem, por outro lado, muitas vezes trabalham de trás para frente, ou seja, criam público primeiro ao sempre postar bom conteúdo e, em seguida, exploram maneiras de monetizar seu tráfego.

Criar um blog é fácil se você quiser apenas ter um projeto pessoal. Mas, se pensa em maneiras criativas de ganhar dinheiro com o blog no futuro, você precisará agir com estratégia sobre como estruturar seu blog para o sucesso.

Este guia passo a passo apresenta uma visão geral completa do que você precisa saber para criar um blog e transformá-lo em uma fonte de tráfego e receita. Embora nosso guia seja destinado a pessoas que ainda não abriram uma empresa, ele também é útil para qualquer empresa que queira lançar um blog.

Mas, primeiro, vamos responder a uma pergunta importante que pode parecer óbvia.


Você tem uma ideia de negócios?

Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!

O que é um blog?

Um blog é um site de conteúdo, geralmente focado em um tópico específico, com atualizações feitas com certa regularidade. Ao contrário de outras publicações e artigos, os blogs tendem a assumir um tom pessoal, o que facilita a conexão mais profunda com o público-alvo. As pessoas criam blogs por vários motivos, dentre eles:

  • Compartilhar opiniões, paixões ou experiências de vida;
  • Ensinar o que sabem;
  • Criar uma lista de e-mails;
  • Desenvolver uma marca pessoal como se fossem especialistas;
  • Vender produtos ou serviços;
  • Uma combinação de alguma ou todas as opções acima.

Por essas razões, o blog pode ser muito gratificante (principalmente quando pessoas desconhecidas começam a consumir o conteúdo produzido), mas também é um compromisso.

Independentemente de as publicações serem diárias, semanais ou mensais, é importante manter a regularidade tanto quanto possível, não apenas quanto à frequência de publicação de postagens, mas também, quanto ao tipo de conteúdo publicado.

É muito raro que um blog dê resultados imediatamente. Então, para manter a motivação ao começá-lo, lembre-se do motivo pelo qual o blog foi criado.

Blog: como criar?

A parte mais difícil de criar um blog é encontrar o tempo e as ideias necessárias para manter a regularidade das publicações. Começar, entretanto, é bastante simples.

Criar um blog com potencial para ser transformado em um negócio se resume às etapas detalhadas abaixo:

  1. Escolha um nicho para o blog
  2. Escolha o nome do blog e o nome de domínio
  3. Escolha uma plataforma e modelo de blog
  4. Encontre uma maneira de ganhar dinheiro com o blog
  5. Faça com que as pessoas leiam o blog com regularidade
  6. Planeje a estratégia de publicação

Se você está se perguntando por que monetização é o primeiro tópico abordado, é porque precisamos pensar mais como empreendedores do que simplesmente como blogueiros. Só assim conseguiremos transformar esse empreendimento em uma iniciativa lucrativa.

1. Escolha um nicho para o blog: qual será o seu “diferencial”?

Não falta conteúdo na internet. Pode parecer difícil se destacar, mas existem duas maneiras de competir: escolher um nicho específico para focar e criar conteúdo que tenha algo que leitores não encontrarão facilmente em outro lugar.

É importante escolher um nicho bem delimitado, mas que ofereça profundidade. Dessa forma, você poderá criar conteúdo com regularidade, sempre terá ideias para os posts e criará influência para o nome do blog (tema que abordaremos mais adiante).

Você pode fazer isso de várias maneiras:

  1. Concentre-se em um local específico (ex: São Paulo).
  2. Concentre-se em um segmento específico dentro de uma categoria maior (ex: não apenas receitas, mas receitas veganas).
  3. Apresente o conteúdo com um estilo ou voz diferente (ex: humor).
  4. Ofereça mais qualidade que outros blogs (ex: postagens detalhadas sobre um tópico que ninguém mais está disposto a esmiuçar).

O BlogTO, por exemplo, cobre uma ampla gama de tópicos sobre estilos de vida, mas se concentra, especificamente, no caldeirão cultural da cidade de Toronto.

Blog example from BlogTO

O nicho escolhido é importante, pois não só é necessário atender ao público-alvo de forma sustentável com um fluxo constante de ideias de conteúdo, mas, em última análise, esse nicho determinará como a monetização poderá ser feita.

Pergunte a si quais produtos ou serviços esse público-alvo deseja comprar? Se planeja monetizar com anúncios gráficos ou outras estratégias que mencionaremos adiante, a pergunta acima é vital a ser respondida no momento de escolher um nicho para o blog.

Depois de ter algumas ideias para escolher um nicho, analise a concorrência para o vertical específico. Use uma ferramenta como Buzzsumo ou Ahrefs para verificar o desempenho do conteúdo nesse nicho e obter ideias para tópicos futuros.

Não deixe esta última etapa de lado. Uma análise da concorrência pode ajudar a construir sua marca e criar uma voz única no mercado. O segredo para criar um blog de sucesso é procurar uma lacuna de perspectivas e preenchê-la.

2. Escolha o nome do blog e o nome de domínio

Depois de escolher o nicho, considere a possibilidade de comprar um nome de domínio por exemplo, seublog.com). Você pode usar uma empresa de hospedagem como a Hostgator para encontrar nomes disponíveis.

Quando for comprar um nome de domínio, pense sobre o nome do site. Escolha algo que seja cativante, fácil de lembrar e de digitar, e que ainda não tenha sido usado por outra marca.

A menos que você esteja tentando criar um blog pessoal ou um site de portfólio, não recomendo usar seu próprio nome como domínio personalizado. Você pode ser a cara do blog, mesmo que seu nome não esteja na URL. É muito mais fácil construir uma marca que fica na cabeça das pessoas quando você inventa um nome criativo que reflita a missão da marca.

Confira o blog Black Girls RUN! (disponível em inglês) de Ashley Hicks-Rocha e Toni Carey. O blog, embora seja um acervo das experiências pessoais de Ashley e Toni como corredoras negras, está associado ao nome de sua marca, Black Girls RUN!

Black Girls Run blog

Ao escolher um nome de domínio, procure fazer com que seja:

  • fácil de lembrar  
  • divertido
  • fácil de escrever
  • único

Escolher um nome para o blog pode ser uma tarefa entediante, mas uma boa marca causa uma impressão inesquecível nos leitores e permite que saibam o que esperar da sua empresa.

3. Escolha uma plataforma e modelo de blog

Antes de escrever sua primeira postagem no blog, é necessário configurar a hospedagem do blog e o sistema de gerenciamento de conteúdo. É nesse estágio que muitos aspirantes a blogueiros ficam empacados se não têm certeza de qual plataforma devem escolher para investir tempo e dinheiro.

Geralmente, a escolha se resume a uma plataforma auto-hospedada ou hospedada:

  • Plataforma auto-hospedada: geralmente, essas plataformas oferecem mais opções de personalização, mas você ainda terá que pagar uma taxa mensal para hospedar o site por conta própria e isso requer algumas configurações iniciais. A WordPress.org é a plataforma de código aberto ideal se você estiver considerando a escolha de plataforma auto-hospedada.
  • Plataforma hospedada: existem muitas empresas de hospedagem na web que ajudam você a começar seu blog de imediato. Algumas são gratuitas, como Blogger e WordPress.com (a alternativa de plataforma hospedada ao Wordpress.org), e algumas são pagas.

💡 DICA DE LEITURA: Tutorial WordPress completo

Ao escolher uma plataforma, pense no futuro e como, no final das contas, deseja monetizar seu blog. Nem todas as plataformas oferecem tudo o que você precisa, enquanto outras oferecem mais que o necessário.

Alguns blogueiros optam por contas de hospedagem gratuitas, como Medium e Tumblr, porque têm acesso a uma comunidade engajada de outros blogueiros e leitores na plataforma. Discutiremos isso com mais detalhes posteriormente, mas é bom saber que você pode republicar suas postagens nessas plataformas para ter acesso aos públicos-alvo disponíveis nelas – não é necessário criar o blog nessas plataformas gratuitas para usá-las.


Você tem uma ideia de negócios?

Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!

Depois que isso for resolvido, escolha um tema para o seu blog.

Um “tema” é apenas um modelo para o design, layout e recursos do seu blog e site. Existem temas Shopify incríveis e gratuitos, que podem ser configurados em qualquer plataforma em poucos cliques.

Porém, se você não curtir as nossas opções, considere a possibilidade de pagar uma taxa única por um tema pago, pois isso terá um grande impacto na experiência geral do usuário.

O design do seu site também pode afetar a otimização do mecanismo de pesquisa (SEO) e as métricas de engajamento do conteúdo do blog. Os leitores fazem um julgamento rápido sobre a confiabilidade de um site com base em sua aparência.  

Dê uma olhada no blog The House That Lars Built. Ao ver as peças de design de interiores e artesanato, saberá que a experiência com o blog será divertida – mesmo se você não domina o inglês, dá para ter essa impressão!

Blog example House That Built Lars

Seja o tempo de carregamento rápido até as cores suaves e ilustrações divertidas, você certamente vai prestar atenção nesse site se gosta de artes, artesanato e design.

A maioria de nós também se lembra de acessar um site mal projetado e fechar o navegador quando ficou difícil encontrar o que estávamos procurando.

Em outras palavras, reserve um tempo para escolher um tema, pois ele pode fazer uma grande diferença no desempenho do seu blog.  

4. Encontre uma maneira de ganhar dinheiro com o blog

Existem várias maneiras de monetizar seu blog, dependendo do tipo de blog que pretende criar. Por exemplo, aliar um negócio de baixo investimento com um blog cria uma maneira sustentável de crescer por um custo menor de tempo e energia. Porém, por algum motivo, muitas pessoas acreditam que usar algo como o Google AdSense é a única maneira de começar a ganhar dinheiro.

A verdade é que existem maneiras melhores e mais rápidas de ganhar dinheiro com seu blog que não exigem um grande volume de visualizações de página todos os dias. Isso é duplamente verdadeiro se você for capaz de criar um público fiel e não apenas grande.

Você pode ganhar dinheiro com um blog ao:

  • Vender produtos físicos alinhados com seu público-alvo.
  • Vender produtos digitais, como fotografias e ilustrações que você cria e vende inúmeras vezes.
  • Vender serviços, como copywriting e escrita, consultoria, design ou outros hobbies que geram dinheiro.
  • Publicar e vender um livro como produto físico ou digital.
  • Aderir a um programa de afiliados de outra marca (como a Amazon) e ganhar comissão sempre que vender um produto dela.
  • Vender assinaturas por meio de plataformas (ex: Padrim, Catarse).
  • Fazer publicidade/avaliações remuneradas para outras marcas.
  • Lançar uma loja virtual de dropshipping e divulgá-la.

Não faltam oportunidades de monetização! O que importa é você gostar de escrever sobre o assunto para que o blog deslanche.

E lembre-se: seu principal foco de dedicação (até mais do que ganhar dinheiro) deve ser seu público-alvo e como você vai atendê-lo.

5. Faça com que as pessoas leiam o blog com regularidade

Normalmente, falamos em aumentar o público-alvo depois que você começar a publicar no blog. Porém, se quiser ganhar impulso rapidamente, precisa pensar nisso antes mesmo de lançar o blog.

Muitos blogueiros têm dificuldades com a distribuição. Acredito que isso acontece por dois motivos:

  1. Eles não têm uma estratégia de distribuição concreta e passível de repetição em seu processo de publicação;
  2. Publicar blog posts já é uma experiência estressante. Ampliar o alcance do blog faz com que isso seja ainda mais assustador.

Ampliar o alcance é algo que, no final das contas, você supera, mas a publicação de postagens do blog requer planejamento inicial e investimento de tempo antes do lançamento.

Então, vamos examinar algumas das maneiras pelas quais você pode planejar o crescimento e extrair benefício máximo de cada postagem que criar.

Crie uma lista de e-mails assim que possível

Não importa em qual plataforma o blog está hospedado, concentre-se em conseguir assinantes de e-mail. Cada novo assinante é um sinal de que você está fazendo algo certo. Além disso, esse novo assinante é um leitor recorrente em potencial que você pode alcançar com facilidade.

Mesmo que você mude de plataforma no futuro ou decida começar algo novo, sua lista de e-mails de assinantes fica com você.

Mas, não basta apenas ter uma lista de e-mails de assinantes. Sempre alimente essa lista. Crie formulários de contato para facilitar esse processo.

Um bom hábito é incorporar formulários de contato diretamente no conteúdo ou na página inicial com uma chamada à ação para se inscrever. Experimente incorporar um pop-up de saída para converter visitantes que abandonam o blog em assinantes.

Muitas soluções de e-mail marketing permitem criar e usar esses formulários facilmente. Você pode até gerar um link que direciona o usuário para uma página de contato separada, para a qual você pode criar um link em suas postagens de blog, redes sociais e assinatura de e-mail.

Lembre-se que as pessoas não vão assinar o blog se você não pedir e se você não facilitar esse procedimento para elas.

E sempre que for publicar um artigo novo, envie um e-mail à sua lista de contatos cadastrados; esse processo pode ser automatizado posteriormente, assim que você pegar o ritmo das coisas.

Procure oportunidades de acompanhar o tráfego do mecanismo de pesquisa

Ao usar a pesquisa de palavras-chave, você passa a ter uma ideia de quanto volume de pesquisa existe para consultas específicas no seu nicho. Quanto maior o número, maior a demanda para um tópico e mais tráfego você pode gerar, potencialmente, a longo prazo.

A maneira mais fácil de fazer isso é usar o Ubersuggest e inserir termos de pesquisa da perspectiva do público para tentar descobrir ideias de postagem interessantes. Consultas que começam com "como fazer" ou "melhor ..." são um bom ponto de partida.

Exemplo Ubersuggest Como dar nó em gravata

Ainda que não consiga um lugar na primeira página da SERP, você terá uma ideia de conteúdo com demanda comprovada. Mas, se quiser estabelecer objetivos ambiciosos, aprenda mais sobre SEO. E, se você hospeda seu site/blog na Shopify, considere o app gratuito SEO Checker para otimizar suas postagens.

Crie uma estratégia para as redes sociais

A princípio, pode parecer uma jogada inteligente estar em todas as redes sociais, mas é difícil gerenciar todas elas com rapidez e eficácia.

Em vez disso, concentre-se nos canais em que seu público-alvo passa mais tempo. Dependendo do nicho e de seus recursos, a escolha de canais pode variar.

Uma página do Facebook é um bom recurso geral para qualquer blogueira que esteja disposta a pagar para promover seu conteúdo. Por outro lado, uma blogueira de comida preocupada com o orçamento provavelmente terá muito mais engajamento grátis no Pinterest e Instagram do que no Twitter.

Não ignore suas redes pessoais também: seus amigos e familiares são um ótimo público-alvo inicial!

Reduza, reutilize e reaproveite seu conteúdo

Você não consegue fazer posts elaborados todos os dias. Um bom blogueiro sabe como reutilizar e redirecionar o conteúdo para aproveitá-lo ao máximo.

Portanto, aqui estão algumas ideias de postagem para ter em mente à medida que desenvolve seu blog:

  • Crie “micro conteúdos” para mídias sociais a partir de postagens existentes com ferramentas gratuitas, como o Canva.
  • Publique um resumo das postagens anteriores com um tema comum (por exemplo, “Melhores posts de 2020”);
  • Recrie os posts do blog como outros tipos de conteúdo, como infográficos ou questionários;
  • Republique o conteúdo com regularidade em sites com públicos integrados, como Medium, LinkedIn ou Tumblr para obter mais exposição. Adicione um link para o título da postagem original na parte superior (“Originalmente publicado em seublog.com”) para aumentar suas chances de obter cliques de volta para o seu site;
  • De tempos em tempos, atualize e publique novamente o conteúdo antigo para aumentar a classificação na pesquisa do Google. Isso funciona muito bem com conteúdo sazonal (por exemplo, “10 Ideias para fantasias divertidas de Carnaval”);
  • Considere a possibilidade de aceitar posts de convidados assim que começar a acumular seguidores. É provável que os convidados compartilhem esse conteúdo com seu próprio público também;
  • Acrescente links para conteúdo relacionado dentro e no final de suas postagens.
  • Participe de um podcast como convidado e discuta alguns tópicos de blog posts sobre os quais já escreveu.

Considerando que tempo é dinheiro e você está no ramo dos blogs, é necessário sempre extrair mais valor de seus esforços.

Compreenda as análises para entender seu público

As melhores oportunidades estão ocultas em seus dados.

Dependendo da plataforma escolhida, você terá diferentes métricas para analisar, mas, pelo menos, verá o número de visualizações e de onde vêm seus visitantes. Esses dados podem dizer muito sobre seu desempenho.

Se estiver usando um blog no Wordpress ou na plataforma Shopify, reserve um tempo para configurar o Google Analytics no seu site (é grátis). Nele, você consegue insights mais profundos, como o tempo médio gasto para ler suas postagens, a qualidade dos leitores vindos de diferentes fontes e, até mesmo, o número de leitores em tempo real.

Google Stats for blog

Os dados também podem ser usados como alavancagem para blogueiros. A capacidade de provar quanto tráfego você atrai é um grande trunfo que aumenta a probabilidade de outras pessoas quererem trabalhar com você ou obter acesso ao seu público.

6. Planeje a estratégia de publicação

Todo blogueiro precisa manter um suprimento saudável de ideias. Se o planejamento for feito com antecedência, esse suprimento de ideias nunca acabará.

Eu recomendo muito que você crie um calendário de conteúdo para ajudar a manter o controle de suas ideias (e manter-se atualizado também).

Use uma planilha simples para planejar seu calendário de conteúdo. Eu recomendo o Trello, já que ele é gratuito e também é um bom lugar para jogar ideias e organizá-las.

exemplo de calendário editorial no Trello

Pensar no seu mix de conteúdo também é importante para ter uma noção do propósito do blog e quais categorias/tags podem ser usadas para organizá-lo conforme você adiciona mais conteúdo no futuro.

Um bom mix de conteúdo contempla:

  • Conteúdo perene que aborda questões, dúvidas e problemas que as pessoas pesquisam no Google com frequência;
  • Conteúdo específico que aborda tópicos e tendências atuais com as quais seu público se preocupa;
  • Conteúdo selecionado com escopo menor e que requer menos tempo para ser criado, de modo a ajudar você a se organizar e manter seu público envolvido no intervalo entre postagens mais longas;
  • Destaque a textos de outras pessoas ou marcas que podem compartilhar sua postagem com seus públicos (por exemplo, entrevistas, avaliações etc.);
  • Conteúdo visual ou interativo ocasional para adicionar alguma variedade ao seu blog (por exemplo, infográficos, questionários, memes etc.).

Tente planejar as postagens do blog com pelo menos um mês de antecedência e publique de acordo com uma programação regular. Assim, o público terá uma ideia da periodicidade dos novos conteúdos.

Lembre-se que o público-alvo não aumentará da noite para o dia. Prepare-se para acertar, errar e seguir em frente para continuar crescendo.

Crie seu blog hoje!

Não importa se esse será seu primeiro blog ou se você já fez isso um milhão de vezes: tenha em mente que é o público que determina o sucesso da sua jornada. Concentre-se em aumentar esse público à medida que adiciona novo conteúdo com regularidade e verá seu tráfego e alcance aumentarem também.

Escrever um blog não é apenas divertido e gratificante; trata-se também de um dos muitos caminhos para o empreendedorismo. Se pensar como um empreendedor quando criar seu blog e estabelecer metas de crescimento ambiciosas, você poderá construir um público valioso que ajudará a impulsionar sua empresa por muito tempo.

Ilustração de Alice Mollon

Perguntas e dúvidas frequentes sobre como criar um blog

Como blogueiros ganham dinheiro?

Uma forma muito difundida de ganhar dinheiro é colocar anúncios no blog. Cada vez que um leitor clica em um anúncio, você é remunerado pelo clique. Você também pode ser remunerado por anúncios CPM ou anúncios que pagam uma taxa fixa com base no número de visualizações.

Como blogueiros iniciantes ganham dinheiro? 

  1. Venda de produtos digitais
  2. Venda de produtos físicos
  3. Publicação de um e-book
  4. Marketing afiliado
  5. Assinaturas
  6. Cursos online
  7. Coaching

Como criar um blog?

  1. Escolha um nome para o blog
  2. Registre seu blog por meio de um provedor de hospedagem
  3. Escolha um tema grátis nas plataformas da Shopify ou Wordpress
  4. Comece a escrever e publique sua primeira postagem
  5. Faça propaganda do seu blog
  6. Ganhe dinheiro com o blog

Quanto custa criar um blog?

A partir de R$ 50,00 por mês você consegue contratar um plano de hospedagem de qualidade. À medida que crescer, talvez seja necessário contratar um serviço mais especializado e com um custo maior.


Which method is right for you?Sobre a autora

Carolina Walliter é escritora, tradutora, intérprete de conferências e editora-chefe do blog da Shopify em português do Brasil.

Post original em inglês: Braveen Kumar

Tradução e localização: Rane Souza

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Entre em contato a nossa Central de ajuda