Quer abrir uma loja virtual?

Quer saber como começar um negócio? A gente explica!

Ilustração com um plano fundo laranja. No primeiro plano, há um relógio e, sentada entre os ponteiros, uma empreendedora com um notebook no colo. A ideia é que ela está aproveitando as dicas da Shopify de como começar um negócio em casa.

Beleza, você decidiu que quer empreender. Mas… E agora? Como começar um negócio? Quais são as primeiras etapas, e o que não pode faltar no seu planejamento? Neste post, a gente tira todas essas dúvidas.


 

O mundo do empreendedorismo pode parecer meio assustador para quem ainda está começando e quer descobrir como abrir um negócio: você sem dúvidas já deve ter se deparado com dicas e cursos que prometem mundos e fundos, mas que no final te deixam só com uma conta para pagar. Ou então já encontrou alguém dizendo que “é só montar uma loja virtual” e começar a fazer vendas online

O pior de tudo é que às vezes parece que, para quem quer descobrir como começar um negócio, a única solução é largar tudo para o alto e se jogar de cabeça. Mas será mesmo que largar o emprego é a melhor solução para você? E como ficam as finanças?

A verdade é que não existe um único caminho para se tornar empreendedor ou empreendedora, até porque existem diversas maneiras de ganhar dinheiro online com um negócio próprio. E também existem soluções para todos os bolsos e objetivos, como a gente já vai mostrar.

E sabe por quê é importante ter isso em mente?

Porque não adianta só saber como começar um negócio. Para ter sucesso, você precisa organizar todo um ecossistema particular que vai permitir a sua jornada pelo empreendedorismo ― e isso inclui elementos como ferramentas contábeis para organizar as finanças, indicadores KPI para e-commerce, plano de negócios com metas organizadas e definidas, um bom Business Model Canvas para não perder nenhum prazo de vista, um MEI organizado e sem dívidas, estratégias de marketing de conteúdo para Instagram e outras redes sociais e mais, mais, muito mais.

Mas, calma: sem desespero.

Como a gente disse ali em cima, não existe um único caminho para empreender. E isso também quer dizer que não existe uma única resposta para quem quer saber como começar um negócio.

Vamos conversar um pouquinho mais?

Como começar um negócio do zero sem entrar no vermelho

A pergunta que não quer calar: tem como abrir um negócio sem precisar pegar um empréstimo, entrar no vermelho ou vender aquela herança da vó?

É claro que sim! Mas, para isso dar certo, nós recomendamos seguir as etapas abaixo.

🕞 Shopify, eu tô com pressa

Se você não quer só saber as etapas mais logísticas de como começar um negócio e também quer descobrir algumas ideias de produtos ou serviços para vender, calma que a gente já vai chegar nesse tópico. Mas vale a pena dar uma olhada na nossa lista com os melhores produtos para vender na internet, tá? Aliás, a gente também tem dicas para quem quer saber o que vender online na Páscoa e no Dia das Mães.

1. Defina a sua oferta

A primeira coisa que você vai ter que definir na sua jornada sobre como começar um negócio do zero é a mais simples ― e, por isso mesmo, a mais difícil: o que você vai vender?

Produtos de varejo? Produtos digitais? Serviços? Apps?

Essa decisão vai orientar toda a sua empresa, e também vai afetar ao menos três bases importantes para o sucesso:

  • O lado visual, que abrange elementos como identidade visual da marca, logotipo oficial, imagens do site e cores usadas nas comunicações oficiais da empresa. 
  • A identidade da marca, ou seja: o tom de voz da marca e a forma como ela se relaciona com clientes e leads. Você tem planos de montar uma newsletter para compartilhar conteúdos de temas mais gerais? Ou prefere assumir um tom mais profissional e compartilhar apenas ofertas e descontos
  • O tipo de marketing que será mais eficaz. Talvez o tipo de produto ou serviço que você decidir vender case bem com estratégias de marketing voltadas para conteúdos em vídeo, o que significa que talvez seja melhor investir logo no TikTok e no Instagram. Ou talvez o tipo de oferta que você decidir oferecer funcione melhor com anúncios via Google Ads, que trabalham com um apelo visual forte e precisam de uma ajuda do SEO.

💡 Se você está querendo saber como começar um negócio e gostou da ideia de trabalhar com conteúdos em vídeo, que tal aproveitar para conferir potencial do YouTube como canal de vendas?

2. Valide a sua ideia de negócios com pesquisa de mercado 

Ilustração com um grande documento de análise de dados. No primeiro plano estão um homem com uma lupa e uma mulher com um notebook. Eles discutem o lado prático de como começar um negócio e fazem uma pesquisa de mercado.

Foi mal, mas a gente vai ter que falar uma daquelas verdades difíceis de descer pela goela: talvez aquela sua ideia incrível de produto acabe não servindo na hora de colocar em prática as nossas dicas sobre como abrir um negócio.

É o seguinte: existe sempre a possibilidade de que simplesmente não haja mercado para a sua ideia. Então, antes de investir tempo e dinheiro criando um plano de negócios para algo que não possui demanda no mercado, vale a pena pesquisar se há um público-alvo interessado no que você quer vender.

Para fazer isso, você pode:

💡 Quem avisa, amiga é: uma boa pedida para quem quer saber como começar um negócio é se inteirar das estatísticas por trás do Instagram e de outras redes sociais. Com dados consolidados e validados, você vai poder tomar decisões mais estratégicas para a sua empresa.

3. Desenvolva o produto e/ou busque fornecedores

A terceira etapa na jornada de como abrir um negócio envolve ação e pensamento logístico: agora que você já sabe o que vender, é necessário definir como fabricar esse produto.

Se você optar por trabalhar com a fabricação própria, vai precisar definir aspectos como:

  • Onde a fabricação do produto vai acontecer. Um hidratante labial, por exemplo, é o tipo de produto que pode ser fabricado numa cozinha ― mas é importante garantir que o preparo aconteça dentro dos conformes da vigilância sanitária;
  • Quais tipos de insumos e matéria-prima serão necessários. Uma pequena empresa de sabonete artesanal vai precisar de insumos bem diferentes de uma empresa como a Insecta Shoes, especializada em calçados.
  • Como o produto vai ser embalado e enviado. Além de definir se o seu produto é adequado para uma experiência de unboxing, você também precisa definir o tipo de embalagem que vai usar para empacotar os produtos e como vai ser feito o envio de pedidos para os clientes.

A lista acima vai mudar um pouquinho para quem quer saber como começar um negócio com produtos já pré-fabricados. Nesse caso, vai ser necessário definir coisas como:

  • Qual será o fabricante ou fornecedor com o qual a empresa vai trabalhar. Um fornecedor de confiança pode fazer maravilhas pela sua loja, mas um fornecedor ruim pode acabar com seus planos de expansão. 
  • Qual vai ser o modelo de negócios da empresa. O mundo do e-commerce é imenso e atualmente conta com diversas opções de negócio que vão muito além do varejo tradicional. Isso significa que pessoas interessadas em aprender como começar um negócio podem optar por modelos como dropshipping, impressão sob demanda, comprar no atacado para revender e vários outros.
  • Como vai funcionar o frete e processamento de pedidos. O seu fornecedor também vai ficar responsável por enviar os produtos para os clientes? Como vai ficar a tarifa de frete a ser cobrada na loja? Tudo isso precisa ser definido com antecedência.

4. Crie o site da empresa

Ter um site é algo essencial na jornada de qualquer empreendedor ou empreendedora que quer saber como abrir um negócio ― até porque sem site, não dá para atrair clientes e gerar vendas.

Na hora de criar um site, é importante escolher um nome de domínio impactante para garantir uma boa presença online para a sua marca. Também vale a pena cogitar a possibilidade de criar um blog, já que esses espaços geralmente são ótimos recursos para gerar tráfego online.

E sabia que dá para criar um site bem legal com a Shopify? Você pode começar agora mesmo e não precisa saber nadinha de design ou programação. Aqui, você entra com a vontade ― e a gente dá conta da parte mais chata para que você possa logo começar a vender.

6 ideias de loja online para quem quer começar

A gente também separou algumas ideias com potencial para bombar nos próximos meses. A nossa dica é ler tudo com calma para montar um bom plano de negócios, e já pensar nas estratégias de marketing que você pode elaborar para gerar vendas.

1. Como abrir um negócio de dropshipping

O dropshipping é a melhor alternativa para quem quer abrir um negócio do zero sem precisar gastar muito. Nesse modelo de vendas, você trabalha diretamente com um fornecedor ― que fica responsável por não só armazenar os produtos, mas também pelo frete e pela forma de envio dos pacotes.

É por isso mesmo que o dropshipping é uma excelente ideia de negócio: com ele, você pode pular uma série de obstáculos que acabam aparecendo na hora de abrir um e-commerce. No dropshipping, você:

  • Não precisa ter estoque físico de produtos, o que significa um custo a menos para atrapalhar o fluxo de caixa da loja;
  • Pode testar produtos sem precisar se comprometer com a compra dos itens, já que você só paga o fornecedor depois que vender;
  • Não precisa nem perder o sono com a parte logística, que fica inteiramente por conta do fornecedor.

📝 Shopify, me diz o que eu faço agora?

Se você gostou da ideia e quer saber mais sobre como começar um negócio de dropshipping, aproveite para começar o seu teste gratuito de 14 dias da Shopify e busque um dos muitos apps de dropshipping cadastrados na nossa App Store. Eles possuem integração completa com o nosso admin e você pode começar a importar produtos hoje mesmo.

2. Como começar um negócio de impressão sob demanda

A impressão sob demanda é uma excelente ideia de empreendimento, especialmente se você tem um quê de criatividade e quer trabalhar com produtos personalizados sem precisar confeccionar tudo do zero.

Nesse modelo de negócios, você trabalha em parceria com um fornecedor: ele oferece a “tela em branco” e você complementa o produto com um design ou uma personalização exclusiva.

Ou seja: o fornecedor tem canecas, camisetas, bolsas de pano e quadros em branco, e você coloca seus designs direto nesses produtos para poder realizar vendas. Então, assim que seu cliente efetua a compra, o fornecedor faz a impressão do design no produto e envia o item direto para o cliente ― daí o nome de impressão sob demanda.

Além de ser bem descomplicada, a impressão sob demanda é uma boa pedida para quem está atrás de um negócio lucrativo, pois não é necessário ter estoque físico de produtos e muito menos gastar dinheiro com materiais e equipamentos para fabricação de designs e impressões.

Também vale a pena lembrar que, na impressão sob demanda, você pode vender produtos variados como:

  • Camisetas
  • Livros
  • Bolsas
  • Arte (ilustrações, pôsteres, cartazes…)
  • Capas de celular
  • Canecas
  • Meias

📝 Shopify, me diz o que eu faço agora?

Se você gostou da ideia e quer saber mais sobre como abrir um negócio de impressão sob demanda, aproveite para testar a Printful, uma parceira da Shopify especializada nesse serviço.

3. Como abrir um negócio de NFT

 Ilustração de uma jovem mulher. Ela está com um sorriso no rosto: numa mão, segura uma moeda, e aponta para sua loja. A ideia é que ela soube como começar um negócio e agora está aproveitando os lucros do empreendimento.

NFT não é moda passageira: na verdade, é um recurso poderoso para empreendedores e empreendedoras que querem explorar mercados mais criativos.

Para quem não sabe, as NFTs são imagens ou conteúdos elaborados com base em um blockchain e são “não fungíveis” ― ou seja, não podem ser substituídos ou replicados online. Além disso, uma NFT pode ser uma imagem, um vídeo, um áudio ou qualquer outro tipo de arquivo digital. 

📝 Shopify, me diz o que eu faço agora?

Se você gostou da ideia e quer saber mais sobre como começar um negócio de NFTs, vale a pena tentar elaborar uma loja dentro do modelo D2C e buscar apps como o Single.

4. Como começar um negócio de pet shop

Uma outra sugestão é abrir um pet shop online. Além de ser um setor bem lucrativo e com bastante potencial, vale destacar que as pet shops online fazem parte de um dos hábitos de consumo que ganharam fôlego durante a pandemia, mas vieram para ficar: compras customizadas no mundo virtual.

Para quem quer saber como abrir um negócio de pet shop online, vale a pena tentar buscar um nicho especializado dentro do ramo: quem sabe uma loja que oferece soluções de alimentação natural para doguinhos? Ou então uma marca que vende apenas produtos com cat nip natural para os gatinhos? Você também pode criar um clube de assinatura e oferecer novidades mensais para o seu público-alvo.

💡 Pet shop não é muito a sua praia, mas você gostou da possibilidade de trabalhar com um nicho mais específico e oferecer uma experiência personalizada? Então que tal considerar um brechó, uma loja de bijuterias artesanais ou uma loja de flores?

5. Como abrir um negócio com marketing de afiliados

O marketing de afiliados é um modelo de negócios bem interessante para empreendedores e empreendedoras que já possuem um certo número de seguidores no Instagram e em outras redes sociais, pois consiste basicamente em promover um produto ou um serviço oferecido por uma outra empresa.

Para fazer essa divulgação, você geralmente conta com um link exclusivo gerado pela marca que você está promovendo. Dá para inserir ele nos seus Instagram Stories, no link da bio do Instagram, no seu blog, na newsletter, no seu YouTube, podcast ou qualquer outro canal que você use para divulgar a sua marca pessoal e se comunicar com os seus seguidores.

Sempre que um seguidor clicar no link e comprar aquele produto, você ganhará uma comissão.

Além disso, vale a pena lembrar que o marketing de afiliados é uma iniciativa de baixo risco, e portanto é perfeita para quem quer saber como começar um negócio: você só precisa se cadastrar no programa e começar a anunciar. Não é necessário adquirir produtos com antecedência e você nem precisa montar uma loja virtual, já que dá para usar apenas as suas redes sociais.

📝 Shopify, me diz o que eu faço agora?

A Shopify tem um programa de parcerias pensado com carinho para fazer os nossos Afiliados florescerem. Que tal dar uma olhadinha?

6. Como começar um negócio de cursos online

 Ilustração com uma jovem sentada em uma mesa, trabalhando em um notebook. Ao seu redor estão ícones que traduzem a ideia de aprendizagem e de cursos online, um bom empreendimento para quem quer saber como começar um negócio.

Vender um curso online é uma boa estratégia para quem quer gerar uma renda extra. Além disso, também pode ser uma solução poderosa para construir um negócio de renda passiva, já que você vai poder continuar lucrando com um conteúdo que foi gravado uma única vez.

Para montar um curso online, a primeira coisa a fazer é definir aquele assunto que você conhece bem o suficiente para conseguir ensinar para as pessoas o bê-á-bá. E pode ser qualquer assunto: produção musical, marketing nas redes sociais, desenvolvimento para web, empreendedorismo, escrita criativa, criação de produtos digitais, confeitaria…

Depois disso, é hora de investir nos recursos visuais e educativos que você vai precisar: apps para gravar a tela, um bom microfone, uma iluminação adequada, slides bem explicadinhos e por aí vai.

🚀 Bônus: como começar um negócio de roupas online

Muita gente acha que o nicho de roupas e moda é tão concorrido que não há a menor condição de procurar como abrir um negócio de roupas. Mas não é bem assim.

Na verdade, você pode trabalhar com vários modelos de negócios para testar aquilo que vai funcionar melhor para você. Por exemplo:

  • Você pode criar uma empresa especializada na revenda de roupas e buscar todos os seus produtos em apps de dropshipping, como o DSers;
  • Também dá para criar uma marca especializada em estampas para camisetas e organizar tudo dentro do modelo de impressão sob demanda que mostramos ali em cima;
  • O garimpo de peças usadas também é um empreendimento com potencial de sucesso ― é só ver o conceito de moda circular que rege marcas como a Gringa;
  • Peças artesanais de crochê ou tricot feitas à mão também têm um público-alvo bem nichado e com grande potencial de vendas.

Como começar um negócio: conclusão

Aqui vai um apanhado com tudo o que vimos neste post:

  • O processo de como abrir um negócio gira em torno de quatro etapas principais: definir a oferta, validar a ideia de negócios, desenvolver o produto e/ou o serviço e, por fim, criar o site da empresa.
  • Começar um negócio do zero pode ser meio intimidador, então considere as seguintes sugestões: abrir um negócio próprio com os modelos de dropshipping ou impressão sob demanda, começar um empreendimento de NFT, abrir uma pet shop online, trabalhar com marketing de afiliados, começar um negócio de cursos online ou abrir um empreendimento para vender roupas.

Ficou com alguma dúvida sobre como começar um negócio? Pode falar que a gente está aqui para te ajudar.

Ilustrações do texto: Freepik

Perguntas frequentes sobre como começar um negócio

Como começar um negócio sem investimento?

Existem diversas formas de começar um negócio sem investimento. Se você optar por modelos de vendas como o dropshipping e a impressão sob demanda, dá para fazer tudo na Shopify: basta montar um site para a sua loja, baixar um app parceiro, escolher os produtos e começar a anunciar. A melhor parte é que dá para criar a loja durante o período de avaliação gratuita de 14 dias da nossa plataforma, então você vai ter tempo de organizar tudo para garantir aquela primeira e tão importante venda.

Preciso de capital de giro para abrir um negócio online?

O capital de giro é uma métrica importante para a saúde financeira de uma empresa, já que é ele que indica o valor necessário para cobrir todos os custos operacionais do negócio. No entanto, você só vai saber qual será o valor do seu capital de giro depois que a empresa for lançada e você começar a vender. Por ora, vale a pena fazer uma estimativa do quanto você gostaria de investir nos próximos meses e do quanto você precisa gerar em lucro para não entrar no vermelho.

Microempreendedor individual pode começar um negócio na internet?

Claro que sim! O seu MEI está vinculado à sua ocupação, então não tem mistério: se o registro do MEI indica que você trabalha fazendo chocolates e você quiser abrir uma loja de chocolates, estará tudo dentro dos conformes.

Quer saber mais?


Marcela Lanius Redatora ShopifySobre a autora

Marcela Lanius é tradutora, revisora e às vezes também veste a roupa de pesquisadora. Se pudesse, largava tudo para passar os dias só com gatos e livros.

Texto original de Corey Ferreira.

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Fale com a nossa Central de ajuda

Quer abrir uma loja virtual?