Blogs da Shopify

Casa do Código: livros, educação e tecnologia

livros da Casa do Código em vários formatos

Quando falamos em histórias e projetos empreendedores, geralmente pensamos em lojas e empresas que comercializam ou criam produtos palpáveis: móveis, dispositivos eletrônicos, roupas... Contudo, o empreendedorismo também pode florescer (e muito!) na área do conhecimento.

Conheça a história da Casa do Código, uma editora especializada em livros e e-books para programadores e pessoas interessadas em tecnologia.

Desbravando a virtualidade

Essa história de sucesso começa justamente no sucesso de outra iniciativa, a Caelum.

Há 16 anos formando desenvolvedoras e desenvolvedores comprometidos com o movimento da transformação digital, os cursos desta escola de tecnologia atraíam um público considerável de alunos.

Contudo, o modelo presencial das aulas limitava o número de inscritos, além de exigir um investimento mais alto tanto para a empresa quanto para os alunos, por conta do deslocamento até a escola.

Para driblar esse impasse, a Caelum decidiu fazer diferente e levar o conhecimento que transmitia presencialmente para a esfera virtual: assim nascia a Casa do Código, uma editora cujo propósito seria disponibilizar em formato digital os materiais trabalhados nos cursos presenciais da Calum, aumentando o alcance da iniciativa.

Alguns meses depois do lançamento da Casa do Código, a Caelum percebeu que era possível ir além e oferecer os cursos presenciais em módulos virtuais. Assim nascia a Alura, a plataforma de cursos de tecnologia mais conceituada no país, com a qual temos orgulho de firmar nossa primeira parceira educacional no Brasil.


Você tem uma ideia de negócios?

Comece o seu teste grátis de 14 dias da Shopify hoje mesmo, sem precisar de cartão de crédito!

A melhor solução de e-commerce

A decisão de fundar uma editora para vender livros pela internet veio acompanhada da ideia de abrir uma loja virtual. Porém, as peculiaridades dessa iniciativa exigiam uma plataforma sofisticada para hospedar o e-commerce sem prejudicar a faceta editorial da empresa.

Em um primeiro momento, Adriano Almeida e Paulo Silveira, fundadores da Casa do Código, queriam criar uma solução própria, customizada e exclusiva. Contudo, logo ficou claro para a equipe que o processo de criação da tão sonhada plataforma seria quase uma missão impossível: o processo era trabalhoso e custoso demais.

Foi então que Sérgio Lopes, outro sócio da iniciativa, descobriu a Shopify enquanto comprava em uma loja virtual. Ele foi encaminhado para a página de checkout da Shopify e, na mesma hora, a ficha caiu: a Casa do Código não precisava sofrer tanto para abrir uma loja virtual, a Shopify poderia fazer isso por ela!

Descobrir a Shopify resolveu a maioria dos nossos problemas e conseguimos nos dedicar exclusivamente à criação de novos conteúdos de qualidade.

Adriano Almeida, cofundador da Casa do Código

Foi assim que, lá em 2012, a Casa do Código adotou a Shopify – algo que o próprio Adriano afirma ter sido a melhor decisão que a Casa do Código já tomou:

“Eu diria que 80% dos nossos problemas em montar uma plataforma para vendas online foram resolvidos. Paralelamente, criamos uns ‘sisteminhas’ em torno do ecossistema da Shopify, específicos do nosso negócio, como um sistema para liberar o e-book quando o cliente faz a compra por boleto; a área do autor; e um recurso de assinatura digital para evitar a pirataria”, acrescenta Adriano.

Além de proporcionar o encontro entre Casa do Código e Shopify, a tentativa de criar um sistema do zero serviu de lição para Adriano:

“Não queira bancar o herói e dar conta de tudo. Se o mercado já conta com uma ferramenta ou serviço que supre as suas necessidades, vá atrás e adote-o no seu fluxo de trabalho. Dessa forma, você terá mais tempo para se dedicar ao seu negócio.”

“Se o mercado já conta com uma ferramenta que supre as suas necessidades, vá atrás dela e adote-a no seu fluxo de trabalho.”

Uma editora híbrida

Hoje, já estabelecida no ecossistema Shopify, a Casa do Código conta com três funcionários exclusivos (Carlos Felicio na gerência, Regiane no administrativo/comercial e Vivian Matsui no setor editorial) e está integrada à infraestrutura do grupo Alura/Caelum, compartilhando as equipes de atendimento ao cliente, marketing, design, financeiro e suporte técnico.

equipe Casa do Código trabalhando

Desde a sua fundação, a editora apostou em um modelo híbrido para navegar as águas turbulentas do mercado editorial, vendendo livros impressos e e-books.

Essa escolha foi crucial porque, ainda que os livros vendidos no formato digital sejam hoje o principal canal de vendas da Casa do Código, o livro impresso ainda conserva alto prestígio aos olhos dos leitores e das livrarias. Ao comercializar os dois formatos, a Casa do Código consegue atrair públicos diversos e construir uma imagem confiável para si.

A decisão de incluir o formato digital em seu portfólio também colocou a empresa à frente de uma tendência crescente que se fortaleceu com a pandemia do coronavírus:

“Com a aceleração da pandemia colocando em risco a saúde das colaboradoras e dos colaboradores da Casa do Código, da gráfica, dos Correios e dos leitores e das leitoras, assumimos a decisão de suspender a produção de livros físicos. Sentimos que cumprimos um dever social e sentimos o corte na carne. Por outro lado, crescemos na venda de livros digitais como foi importante a diversificação lá nas origens!”, revela Carlos Felicio, gerente da editora.

Sentimos que cumprimos um dever social e sentimos o corte na carne. Por outro lado, crescemos na venda de livros digitais.

Carlos Felicio, gerente da Casa do Código

Livros impressos: produção enxuta e otimizada

A impressão sob demanda é uma espécie de modelo de dropshipping que rege a produção da Casa do Código antes mesmo de ele ser amplamente adotado no meio editorial brasileiro.

“Há mais editoras usando a impressão sob demanda para evitar ter que lidar com estoque e logística”, explica Vivian.

O processo funciona assim:

  1. O cliente faz um pedido no site da Casa do Código.
  2. O sistema da Casa do Código envia esse pedido para a Power Graphics, a gráfica parceira da editora.
  3. A Power Graphics imprime o livro do pedido e o envia diretamente para o cliente.

Casa do código Shopify

“A cada pedido de determinado título, a gráfica imprime 4 exemplares: um vai para o cliente que solicitou o pedido e os outros 3 ficam à disposição do próximo pedido daquele título. Com isso, reduzimos o custo da produção e o estoque, que é gerenciado pela Power Graphics”, explica Felicio.

Por intermédio da Shopify, a Casa do Código também tem encontrado ótimas soluções para suas demandas:

“Talvez não seja muito comum ver vale-presente para produtos digitais por aí, mas ele é um verdadeiro sucesso aqui na editora!”, comenta Vivian.

"Os cartões-presente são um verdadeiro sucesso aqui na editora!"

Felicio acrescenta:

“Na pandemia, investimos no modo de compra do vale-presente e, para isso, usamos o aplicativo parceiro da Shopify, o rise.ai. Esse modelo atende a muitas pessoas que querem dar um presente que faça diferença na vida da pessoa presenteada: o livro.”

Para dar conta do frete, o queridinho da Casa do Código é o app Correios - SEDEX - PAC:

“Esse aplicativo da Gadol Apps, parceira da Shopify, faz toda a integração com os dados dos Correios e, com isso, conseguimos oferecer o valor justo do frete: nem a mais, nem a menos. Também implementamos o envio por sistema ‘impresso módico’, ou seja, preço reduzido para envio de livros e assemelhados. Isso reduziu consideravelmente o custo da postagem, favorecendo clientes que moram fora do eixo São Paulo - Rio de Janeiro. A redução desse tipo de envio chega a 2/3 do custo do Sedex Pac”, explica Carlos Felicio.

Conhecimento e ciclo de generosidade

O prestígio da Casa do Código faz com que seus e-books sejam distribuídos em iniciativas superbacanas:

  • Fernando Santos, youtuber à frente do canal Código Falado, de tempos em tempos adquire um lote de e-books da editora e os distribui de diversas maneiras (por sorteios, em forma de agradecimento, etc.) para seus seguidores.
  • Com o bônus por produtividade que o engenheiro de software Marcelo Masahiko Miyake recebeu da Atech, ele comprou 60 livros impressos da Casa do Código e montou uma biblioteca para a equipe de TI da empresa.

São gestos como estes que materializam o propósito da editora, que cresce com suas leitoras e leitores.

E-books: o diferencial em meio à crise

Vivian Matsui, responsável pelo setor editorial da Casa do Código, também concorda que os livros digitais vieram para ficar:

“No início da quarentena, suspendemos a venda de livros impressos e mantivemos apenas o formato digital. Foi aí que confirmamos a importância de ter um e-commerce e comprovamos que, para o nosso nicho, a venda de e-books acontece bem. Isso diminuiu um pouco as dificuldades impostas pela crise e percebemos uma nova tendência do mercado e que, de certa forma, já estávamos à frente dela”.

Para Carlos Felicio, gerente da editora, o e-book oferece vantagens que tem tudo a ver com o propósito da Casa do Código:

  1. É uma solução tecnológica, alinhada ao foco da Casa do Código: educação pela tecnologia.
  2. O público-alvo da editora está inclinado a consumir conteúdo digital e pode estudar, ler e consultar os e-books em diferentes dispositivos (computador, tablet ou celular).
  3. A pessoa recebe o livro adquirido em três formatos: .pdf, .mobi (para quem prefere ler no Kindle) e .epub (para Ipad).
  4. Quando os autores atualizam o conteúdo de seus livros, as pessoas que adquiriram o título recebem o e-book atualizado gratuitamente.

“São vantagens que deixam clara a preocupação que a Casa do Código tem em investir na formação das pessoas que adquirem os livros da editora”, conclui Felicio.

De olho no futuro

A proposta principal da Casa do Código é expandir a capilaridade de seu conteúdo de qualidade para aumentar o reconhecimento e a autoridade da editora.

Adriano Almeida, fundador da Casa do Código, afirma que o material da editora já é referência em cursos de faculdades de tecnologia, e que essa tendência deve ser explorada cada vez mais:

“Estamos buscando formar novas parcerias, seja por meio do livro impresso – com nossos títulos sendo usados em cursos, por professores, disponíveis em bibliotecas  ou do livro digital, com canais voltados para a área da tecnologia e do empreendedorismo”, reforça Vivian.

A editora lançou seus primeiros títulos nas áreas de programação e tecnologia, mas já estendeu seu acervo para as áreas de gestão, marketing, negócios e carreira, abrangendo outras profissões.

Cursos gratuitos para lojistas da Shopify

Além dessa novidade, também estamos animados em divulgar que a Alura está oferecendo um ano de acesso gratuito a dois cursos específicos sobre a plataforma Shopify para os nossos lojistas. São eles:

O conteúdo dos cursos foi elaborado pela Samurai Experts, outro parceiro de longa data da Shopify no Brasil.

Não perca tempo! Aproveite esse benefício clicando no botão abaixo:

Essa estratégia faz parte de um objetivo maior: atrair mais pessoas para o universo da Casa do Código, principalmente o público mais jovem, que ainda não possui educação superior e que quer saber mais sobre tantos temas variados e importantes para o profissional do século XXI.

“A pessoa conhece a gente pelo e-book e curte. Em seguida, dá uma olhada na editora e descobre que ela faz parte de um grupo maior, com cursos presenciais e online. É esse o caminho que queremos facilitar para que ela mergulhe no nosso ecossistema de produtos educativos”, explica Adriano.

Grupo de estudos da Casa do Código

É uma iniciativa didático-pedagógica que forma leitores do material produzido pela editora. Os autores fazem uma apresentação geral de seus livros, de suas aplicações e formas de estudá-los.

Em seguida, são criados grupos de apoio mútuo entre os estudantes. Os autores retornam aos grupos para fechar o ciclo de estudo, tirar dúvidas e trocar ideias. É uma proposta que abraça e empodera os leitores da Casa do Código.

Com uma trajetória de inovação e generosidade caminhando lado a lado, não há dúvidas de que a Casa do Código e suas empresas irmãs, Caelum e Alura, vão seguir firmes e fortes na missão de tornar o conhecimento acessível a cada vez mais pessoas.

Além do orgulho de fazer parte dessa caminhada, a Shopify aguarda ansiosamente os próximos capítulos dessa história.


Which method is right for you?Sobre a autora

Carolina Walliter é escritora, tradutora, intérprete de conferências e editora-chefe do blog da Shopify em português do Brasil.

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Entre em contato a nossa Central de ajuda