Quer abrir uma loja virtual?

Acessibilidade no e-commerce: sua loja sem barreiras para pessoas com deficiência

Ilustração mostra quatro pessoas com deficiência. Uma mulher com óculos escuros e bengala está de braços dados com um homem que tem uma prótese no braço esquerdo. Eles estão acenando para um homem que está em uma cadeira de rodas e uma mulher com prótese na perna esquerda. O fundo é bege e há um círculo branco em torno dos personagens da ilustração.

Pense em como a internet torna sua vida mais fácil todos os dias. É um meio de comunicação e interação social, uma fonte de informação e entretenimento, um espaço para comprar produtos e contratar serviços… Tanta coisa envolve a internet hoje em dia!

Agora imagine que, a cada site que você visitasse, cada aplicativo que você abrisse, você encontrasse algum tipo de dificuldade? O que era para ser um instrumento facilitador da sua vida em sociedade acabaria se tornando uma baita dor de cabeça, não é mesmo?

Pois esse, infelizmente, ainda é o dia a dia de muitas pessoas com deficiência. Apesar de existirem políticas públicas de inclusão digital, e apesar de até mesmo a legislação brasileira obrigar que os sites sejam acessíveis, muitos donos de sites desconhecem os recursos disponíveis para garantir o acesso de todos.

Pensando nisso, desenvolvemos este artigo para que você entenda um pouco mais a importância da acessibilidade no e-commerce e também descubra os recursos que a Shopify oferece para tornar sua loja virtual acessível.

O que é acessibilidade na internet?

Ilustração mostra uma tela de computador, um tablet e um celular no centro da imagem, em tamanho grande. Do lado esquerdo da tela do monitor, há um homem de óculos escuros e de pé, mexendo em um tablet. Do lado direito da tela, há uma mulher em uma cadeira de rodas, com um laptop no colo. As telas dos dispositivos ao fundo mostram símbolos de deficiência motora, auditiva e visual.

Quando falamos em acessibilidade, muitas pessoas pensam logo na eliminação de barreiras arquitetônicas e urbanísticas em espaços públicos e privados: a construção de rampas e elevadores no lugar de escadas, ou a instalação de sinais sonoros em semáforos, por exemplo. Mas e na internet, como a acessibilidade funciona?

Criar um site acessível significa tomar certos cuidados para que pessoas com algum tipo de deficiência possam não só navegar pela página como também se envolver mais ativamente com o conteúdo. É garantir que esses indivíduos tenham autonomia para usar o site e nele possam desempenhar quaisquer atividades, sem nenhum tipo de barreira.

Ao desenvolver um site acessível, você já inclui em seu projeto algumas características e diretrizes que garantam a igualdade de acesso e autonomia no uso por qualquer pessoa.

Pessoas com deficiência

Ilustração mostra três pessoas com deficiência e seus acompanhantes. Da esquerda para a direita, há um homem guiando uma mulher de óculos escuro e bengala, uma mulher empurrando uma cadeira de rodas para outra mulher, e uma mulher de óculos escuros e bengala de braços dados com um homem. O fundo da ilustração é azul claro e branco.

A Lei n. 13.146, de 2015, instituída como Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (LBI) considera a pessoa com deficiência “aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, o qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas.”

Essa definição ressalta a importância de não apenas zelar pela segurança física das pessoas com deficiência, mas também de garantir a participação de cada uma delas na sociedade, em condições iguais e plenas de envolvimento e contribuição.

Acessibilidade é o mesmo que usabilidade?

Você já deve ter visto por aí que é importante atentar para a usabilidade de seu site, também conhecida como experiência do usuário ou user experience, em inglês. Muita gente acredita que a usabilidade dá conta de tornar o site mais acessível, o que não é verdade. Apesar de estarem interligadas, a acessibilidade vai muito mais além.

A usabilidade está relacionada à forma como os usuários navegam por seu site: as informações podem ser localizadas facilmente? Os botões estão visíveis e contêm chamadas à ação (call to action) claras?

Enquanto a usabilidade se preocupa em tornar a experiência do usuário mais agradável, a acessibilidade torna o uso do site possível por todas as pessoas, sejam elas pessoas com deficiência ou não.

Isso significa que os botões do site, por exemplo, além de terem uma chamada clara, precisam ter cores contrastantes, que facilitem a leitura por pessoas com daltonismo ou deficiências visuais.

Tanto a usabilidade quanto a acessibilidade são fundamentais para que todas as pessoas consigam desempenhar todo tipo de ação em seu site, sem encontrar impedimentos.


Por que tornar seu site acessível?

  • Cumprir a lei: é fundamental que sua loja virtual cumpra com a Lei Brasileira de Inclusão, que declara como “obrigatória a acessibilidade nos sítios da internet mantidos por empresas com sede ou representação comercial no País”;
  • Evitar atitudes discriminatórias: todas as pessoas têm o direito de ter acesso aos conteúdos publicados na internet de forma autônoma. A não inclusão de pessoas no acesso a um site pode incorrer em uma atitude discriminatória passível de ação legal, mesmo que a pessoa responsável pelo site não tenha ciência da falta de acessibilidade;
  • Otimizar o site para ferramentas de pesquisa: vários recursos de acessibilidade dispõem de parâmetros que dão um boost no SEO, melhorando o ranqueamento do site em pesquisas no Google, Bing, etc.;
  • Ampliar o seu público: tornar seu site acessível significa atender um público ainda maior, aumentando suas taxas de conversão;
  • Fortalecer sua marca: a acessibilidade reforça a imagem de sua marca de forma positiva, pois mostra que sua empresa está atenta às questões que afetam a comunicação, o acesso à informação e a vida em sociedade de diversos indivíduos.

Checklist de SEO para ecommerce

Quer otimizar sua loja virtual para ela ranquear melhor nos resultados de pesquisa? Baixe a nossa checklist gratuita de SEO para e-commerce.

Quem é beneficiado pela acessibilidade na internet

Ilustração mostra uma mulher de cabelos brancos sentada à mesa diante de um laptop. O detalhe da imagem no canto superior esquerdo mostra a tela do laptop, que exibe uma chamada por videoconferência com um homem e uma mulher de cabelos castanhos. A mulher idosa está sentada na sala de estar, à sua esquerda há um vaso de plantas e uma poltrona, e à sua direita há um abajur de chão.

Para indivíduos com deficiência, a acessibilidade é essencial para que possam usar a internet como meio de comunicação e fonte de informação de forma autônoma e sem barreiras.

Além do tipo de deficiência, há uma pluralidade de fatores que influenciam o nível de auxílio que essas pessoas necessitam, como condições socioeconômicas e escolaridade. Um site acessível deve levar em consideração esses fatores para ser ainda mais inclusivo e proporcionar mais autonomia para os usuários.

Existem também outros grupos de pessoas que são beneficiadas pela acessibilidade: as pessoas idosas e as de baixo letramento.

Com a idade avançada, muitas pessoas acabam desenvolvendo algum tipo de comprometimento motor, auditivo, visual e/ou intelectual.

Agora façamos as contas: o Brasil conta com 37,7 milhões de brasileiros que têm 60 anos ou mais, enquanto uma pesquisa da CNDL/SPC Brasil, realizada em fevereiro de 2021, aponta que 97% dos idosos acessam a internet. São mais de 36 milhões de pessoas beneficiadas pela acessibilidade na web.

Segundo dados recentes, o Brasil ainda tem 11 milhões de pessoas analfabetas. Por ser mais fácil de navegar, um site acessível também torna possível o uso por parte dessas pessoas. Além disso, elas podem fazer uso de tecnologias assistivas, que serão mais eficientes com a acessibilidade de seu site.

Apresentamos esses dados aqui para que você entenda melhor o panorama, porém é importante ressaltar que o número de pessoas beneficiadas não importa. Nós, como sociedade, precisamos garantir o acesso de todos.

Barreiras para o acesso de pessoas com deficiência a sites

É fácil imaginar o que seriam barreiras físicas em espaços urbanos, mas, apesar da existência de políticas públicas de inclusão de pessoas com deficiência, pouco ainda é falado sobre as barreiras ao acesso à internet.

Para além de serem tecnológicas, as barreiras de acesso a sites na web são também comunicacionais e atitudinais.

De acordo com a Cartilha de Acessibilidade na Web, tratam-se de barreiras comunicacionais porque “a web é um meio pelo qual as pessoas recebem, trocam e publicam informações”.

Também são barreiras atitudinais porque correspondem a comportamentos que impedem ou prejudicam “a participação social da pessoa com deficiência em igualdade de condições e oportunidades”, e “muitas vezes a escolha de não ser acessível é deliberada”.

Confira abaixo alguns exemplos de barreiras que sua loja virtual pode apresentar:

  • Números de telefone como único meio de contato: ofereça sempre mais de uma opção de contato para atendimento ao cliente, incluindo comunicação por fala e por texto;
  • Vídeos e áudios com reprodução automática: indivíduos com comprometimento da visão usam leitores de telas, e o som de áudios e vídeos podem atrapalhá-los. Pessoas surdas, com deficiência física ou intelectual também podem ser prejudicadas;
  • Elementos não textuais sem equivalente em texto: botões, imagens e outros elementos sem nenhuma descrição em texto impede o acesso das pessoas que usam leitores de tela e também de quem tem dificuldade para entender imagens;
  • Uso exclusivo de cores e posições para transmitir informações: frases como “os dados em azul” ou “o formulário ao lado”, por exemplo, não podem ser a única forma de passar uma mensagem ou instrução, pois isso constitui uma barreira para pessoas com alguma deficiência visual e com daltonismo.

Vale lembrar também que o grupo de pessoas beneficiadas pela acessibilidade é muito mais extenso, como indicamos na seção anterior.

Acredite, a lista de barreiras é extensa. Por isso, não deixe de conferir a Cartilha de Acessibilidade na Web para identificar mais barreiras que sua loja virtual pode ter e remediá-las.

Recursos de acessibilidade para sua loja Shopify

Ilustração mostra ao fundo uma cadeira de rodas em proporção maior, e há um lance de escadas levando até o assento da cadeira. Por cima da escada, há uma rampa, e um homem em uma cadeira de rodas sobe a rampa. No canto inferior esquerdo da imagem, há uma mulher sentada, com um capacete de proteção e segurando uma planta de projeto.

A Shopify tem o compromisso de ser uma plataforma inclusiva, que permite e facilita o uso por todas as pessoas. É por isso que oferecemos recursos de acessibilidade a nossos lojistas: acreditamos na democratização do acesso à internet.

Nosso esforço também ajuda você a alcançar um público ainda maior, sem deixar nenhum cliente potencial de fora. Com base nas Diretrizes de Acessibilidade de Conteúdo da Web (na sigla em inglês, WCAG), desenvolvemos até o momento nove temas gratuitos para tornar sua loja virtual mais acessível.

Confira abaixo os diferentes tipos de acessibilidade oferecidos em nossos temas:

1. Acessibilidade de textos

  • A pré-definição do contraste de cores nos temas é otimizada considerando pessoas com daltonismo ou com deficiências visuais; Os títulos nas páginas são usados em ordem sequencial e não pulam níveis, para que tecnologias assistivas possam comunicar como o conteúdo é organizado;
  • O tamanho e o alinhamento do texto pré-definido garante que o texto seja grande o suficiente para que todas as pessoas possam ler com conforto.

2. Acessibilidade de imagens

  • É possível adicionar texto alternativo às imagens de todos os produtos diretamente no admin da Shopify. As outras imagens do tema podem receber o texto alternativo no Editor de temas;
  • Ao incluir imagens com texto, como banners, você pode inserir o texto diretamente no Editor de temas. Tecnologias assistivas como leitores de telas não conseguem ler textos que fazem parte da imagem carregada.

Captura de tela mostra a caixa de mensagem dentro do admin onde é possível inserir o texto alternativo para uma imagem. A caixa de mensagem está no centro da imagem e contém o campo Texto alternativo da imagem. Abaixo do campo, há a seguinte explicação: "Escreva uma breve descrição da imagem para melhorar a Otimização de mecanismos de pesquisa (SEO, na sigla em inglês) e a acessibilidade para clientes com deficiência visual. Essa alteração será salva imediatamente."

3. Acessibilidade de vídeos, apresentações de slides e itens interativos

  • A reprodução da apresentação de slides e de vídeos não acontece automaticamente, considerando as necessidades dos clientes com pouca visão, clientes com deficiências auditivas ou clientes possivelmente suscetíveis a doenças vestibulares;
  • Os temas da Shopify são adaptados para que os menus de navegação sejam acessados por clique e não por rolagem de mouse. Quando o menu só é aberto ao passar o mouse, as tecnologias assistivas não conseguem identificar a existência de submenus. Nossos temas também não permitem a customização do acesso ao menu para garantir que todas as pessoas tenham acesso a essas informações.

4. Compatibilidade do teclado

  • Todos os elementos interativos em um tema Shopify apresentam um indicador visual claro quando equipados com foco do teclado. Esses elementos incluem links, botões e campos de formulário para que clientes com deficiência visual ou motora possam usar o teclado para navegar e realizar tarefas online.

Não deixe de conferir nossa Central de ajuda para saber mais detalhes sobre esses recursos de acessibilidade para temas.

Se você procura ferramentas adicionais, ou se seu tema externo não tem os recursos de acessibilidade acima, nossa app store dispõe de aplicativos que podem adicionar outros tipos de acessibilidade à sua loja Shopify.

📢 Novidade na Shopify

A Loja de Temas da Shopify agora tem uma lista de requerimentos de acessibilidade para que temas externos sejam aprovados. Isso vai garantir que mesmo os temas desenvolvidos pelos nossos parceiros e não pela Shopify em si atendam nossas expectativas de produto para a inclusão de indivíduos com deficiência, alinhada com nossos princípios e valores.

Leia mais sobre esses novos requerimentos neste artigo (disponível apenas em inglês).

Seu e-commerce é inclusivo com a Shopify

O fundo da ilustração é branco. A ilustração mostra 12 pessoas de braços erguidos em celebração. Da esquerda para a direita, há um homem de casaco laranja, uma mulher sentada em uma cadeira de rodas, uma mulher de pé com um dos pés erguidos, um homem com o braço em torno dos ombros de outro homem, que usa óculos escuros e segura uma bengala, uma mulher com uma prótese na perna direita, uma mulher com uma prótese no braço esquerdo, um homem com ambos os braços erguidos, uma mulher empurrando um homem sentado em cadeira de rodas, uma mulher com uma prótese no braço esquerdo e fazendo um sinal de coração com as mãos e um homem abraçando a mulher por trás.

Ainda que o governo seja o principal responsável pelo incentivo à inclusão digital, também é responsabilidade das empresas tornar o acesso a espaços virtuais fácil e possível para todos.

Esses espaços virtuais, dos quais muita gente depende para comunicação ou para a realização de tarefas diárias, ainda apresentam muitas barreiras para o acesso democrático. Mas aos pouquinhos isso pode mudar.

Você, como lojista, tem a chance de ajudar nosso país (e, por que não, o mundo) a se tornar um lugar mais acolhedor e justo para todos.

Colaboração: Dani Borba (Multilingual Support Team Lead — Brasil) e Jankiel Rohr (Portuguese Care Specialist da Shopify)

Imagens: Freepik

Perguntas frequentes sobre acessibilidade no e-commerce

O que é acessibilidade no e-commerce?

O e-commerce acessível toma determinados cuidados para que indivíduos com algum tipo de deficiência possam navegar pela página e se envolver mais ativamente com o conteúdo, tudo de forma autônoma.

Para que serve a acessibilidade no e-commerce?

Para garantir que todas as pessoas, com ou sem deficiência, tenham autonomia para navegar por um site e desempenhar quaisquer atividades nele, como compras e pesquisas por informação, sem nenhum tipo de barreira.

Quais são os recursos ou tipos de acessibilidade no e-commerce?

Existem diversos recursos de acessibilidade, e cada um deles pode beneficiar um grupo bastante amplo de indivíduos, com deficiências distintas. Alguns exemplos são o texto alternativo para imagens, o uso sequencial de títulos da página e a reprodução não automática de vídeos e slides.

Which method is right for you?Sobre a autora

Bianca Saburi é copywriter e escritora. Adora aprender mais sobre marketing e e-commerce, além de ser apaixonada por livros e cachorros.

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Entre em contato a nossa Central de ajuda