Como estampar camisetas? Um guia para inovar com um produto tradicional

Como estampar camisetas? Um guia para inovar com um produto tradicional

Imagina só: você acabou de criar a sua marca de camisetas zero, definiu o logotipo da loja, criou os perfis da marca nas redes sociais… E, na hora de configurar o site da loja e as páginas de produto, percebeu que está sem fotos de seus produtos.

Vixe… E agora?

Talvez isso tenha acontecido porque você está com problemas para tirar fotos profissionais dos seus produtos; ou vai ver você está trabalhando com o modelo de dropshipping ou impressão sob demanda e, por isso mesmo, ainda não tem em mãos as camisetas nas cores e estampas que serão vendidas na loja.

Ou pior: você quer montar uma loja de roupas e trabalhar especificamente com camisetas, mas já está tendo dor de cabeça só de pensar em ter que estampar as camisetas de forma manual: transfer? Tinta? Impressora especializada? Papel transfer? E o custo das máquinas?

Como arcar com todos esses custos e, ainda por cima, elaborar imagens de produto dessas camisetas — sendo que você ainda nem sabe se vai mesmo conseguir vender todos os itens e, por isso mesmo, não quer gastar tempo e dinheiro gerando uma estampa e elaborando uma camiseta só para tirar uma única foto de produto?

Relaxa: existe uma solução bem simples para esses dois cenários. 

Este post é um guia para quem quer saber como empreender com um produto tão tradicional e concorrido como as camisetas. Vamos falar sobre como estampar camisetas nos modelos de negócio de impressão sob demanda e dropshipping, e também sobre como esse processo funciona se for feito manualmente e de forma independente.

Quer saber mais sobre o nicho de camisetas? Confira o nosso post Como abrir uma loja virtual de camisetas: guia completo

Como vender camisetas online

Você provavelmente já deve ter ouvido por aí que o nicho de roupas é um dos mais concorridos do e-commerce, e que lojas que vendem produtos tão populares como camisetas dificilmente conseguem se destacar no meio da multidão.

Isso tudo é verdade. Mas existe um outro ponto que nem sempre é considerado: o fato de que marcas que vendem produtos inovadores, exclusivos e diferenciados podem se destacar (e muito) em mercados populosos como o de camisetas.

Considere, por exemplo, a Brusinhas — uma loja que transformou o processo de estampar camisetas em uma forma de trazer para o mundo real os memes e piadas da internet:

página de produto da loja Brusinhas

Aliás, um destaque especial: a Brusinhas pode servir de inspiração também para quem está querendo melhorar as descrições de produto!

Para além de criar uma marca capaz de oferecer um produto diferenciado, é necessário escolher como você vai vender suas camisetas.

Ou seja: qual é o modelo de negócios com o qual você quer trabalhar? E como esse modelo de negócios vai impactar a etapa de estampar camisetas?

1. Camisetas de produção própria e artesanal

Ter uma produção própria significa que é você a pessoa responsável por estampar camisetas — e isso significa, também, que você precisará arcar com os cursos das máquinas e dos materiais envolvidos nesse processo.

Nesse caso, vale lembrar que você precisará adquirir e saber como manusear produtos como o papel transfer e a máquina de transfer; escolher o tipo e as cores de tinta mais adequados para os tecidos com os quais você vai trabalhar, e muito mais.

Você também vai precisar dominar algumas técnicas de estamparia, como a sublimação e a serigrafia, para transpor as estampas para o tecido.

Numa produção própria, a loja também pode ser a responsável por produzir as estampas e a imagem presente em cada camiseta; além disso, também há a possibilidade de fabricar suas próprias camisetas de algodão ou de outro tecido. Tudo isso, no entanto, envolve trabalho manual e um investimento financeiro que talvez não seja viável para quem está começando um negócio do zero.

2. Vender via dropshipping

Uma segunda possibilidade é trabalhar com o modelo de negócios do dropshipping, uma ótima alternativa para quem quer vender camiseta sem precisar fabricar a camiseta de forma artesanal.

Nesse modelo de negócios, você trabalha em parceria com fabricantes e fornecedores nacionais ou internacionais, que ficam responsáveis pelas etapas de fabricação, processamento e envio do produto. A sua parte é escolher o produto que deseja vender, anunciá-lo no site da loja e garantir que as estratégias de publicidade estejam funcionando.

O dropshipping é uma excelente alternativa para quem quer trabalhar com estampas já prontas, ou então com uma camiseta mais “padrão” e variar apenas as cores oferecidas.

3. Vender via impressão sob demanda

Se você está querendo trabalhar com estampas mais personalizadas, mas ao mesmo tempo não tem dinheiro para investir num processo mais artesanal de estamparia como o que falamos lá na primeira alternativa, vale a pena considerar o modelo de impressão sob demanda.

Dentro desse modelo, você fica responsável por criar e definir a imagem e as cores da estampa — mas o processo de transfer e fabricação ficam sob responsabilidade do serviço de impressão sob demanda, que cuida também do processamento e envio do item para os clientes.

Como estampar camisetas

Como estampar camisetas

Agora que já discutimos os modelos de negócio que permitem a venda de camiseta online, é hora de falarmos um pouquinho sobre o lado prático da coisa: como estampar camisetas?

Esta etapa, afinal, é essencial para quem optar por estampar de forma manual, sem terceirizar o processo. 

  • O primeiro passo na hora de estampar camisetas é definir:
  • O tecido da camiseta: Algodão, seda, malha… Cada tecido aceita as estampas de modo diferente, e é importante que você defina desde cedo os tecidos que melhor se ajustam à estampa ou às estampas da marca.
  • A cor da camiseta e da estampa: Essa decisão afeta também a escolha da tinta a ser utilizada.
  • O tamanho do design ou da imagem que compõe a estampa
  • O tipo de técnica: Serigrafia, sublimação ou outro.

O tipo de maquinário e ferramentas necessárias para estampar camisetas vai depender, claro, do tipo de técnica que você deseja utilizar. 

Veja a seguir uma explicação rápida sobre as duas técnicas mais comuns (e econômicas):

O que é serigrafia?

O que é serigrafia?

A serigrafia, também conhecida como silk-screen, é um dos processos de estamparia mais tradicionais — e mais versáteis — do mercado: é possível estampar camiseta, madeira, vidro, ferro e muito mais.

Para o nicho de camisetas, esta técnica é especialmente interessante porque trabalha bem com uma variedade de tecidos: algodão, malha, nylon, couro, poliéster, elastano, sintéticos…

A técnica é bem simples e prática, mas para fazê-la manualmente você vai precisar de uma tela de serigrafia ou tela de impressão, que garante a transposição da estampa para o tecido.

🎨 Dica: Alô, pessoal que está querendo vender arte online! A serigrafia também é uma excelente opção para trabalhar com a criação de desenhos e imagens em papel ou tecido.

O que é sublimação?

A sublimação é outra técnica de estamparia bastante versátil, que pode ser usada para estampar canecas, vidro e outros itens de plástico.

No mundo das camisetas, no entanto, a sublimação funciona apenas com tecidos que apresentem ao menos 50% ou mais de fibra sintética em sua composição.

O processo é bem simples, mas envolve o uso de maquinário especializado (impressora, tinta e papel sublimático) para que os resultados sejam de boa qualidade.

Onde encontrar camisetas para estampar

Onde encontrar camisetas para estampar

Se você escolher trabalhar com o dropshipping ou com a impressão sob demanda, não vai precisar se preocupar com esta etapa; mas, se você estiver pensando em trabalhar com a fabricação manual de estampas, então é bom ficar de olho.

O melhor caminho é comprar no atacado, ou então buscar um fornecedor exclusivo e tentar negociar um preço fixo para compras recorrentes. Algumas soluções que oferecem esse tipo de serviço aqui no Brasil são a VB camisetas, a Porto Blue e a Asa Sul.

Aproveite a oportunidade para ver se não vale a pena expandir o leque de produtos da loja e incluir outros modelos que não camisetas: casacos, bonés, bolsas...

Mockup de camisetas: o que é e como funciona?

A gente não podia encerrar este guia sem antes falar sobre o mockup, um aliado importante para quem vai vender camisetas online.

O mockup de camiseta nada mais é do que uma imagem (virtual) de uma camiseta, que pode ser utilizada para servir como a imagem de produto. A ideia é que os clientes possam ter uma ideia de como a camiseta será no mundo real; algo especialmente útil para lojistas que optarem trabalhar com o modelo de negócios de impressão sob demanda ou mesmo com o dropshipping.

Vale lembrar ainda que a imagem do mockup pode ser só de uma camiseta, ou então de um modelo vestindo a camiseta. 

Gostou? Agora só falta saber onde conseguir esses mockups, não é?

Os melhores geradores de mockup para camiseta

A lista abaixo tem alguns dos melhores geradores de mockup da internet. Vale a pena conferir as vantagens e os benefícios de cada uma:

  1. Smartmockups
  2. Renderforest
  3. Printful
  4. Print Aura
  5. Custom Ink

Estampa em camiseta não é coisa do passado

Esperamos que este guia possa ajudar você a iniciar sua jornada no mundo das camisetas. 

Escolheu fazer tudo artesanalmente? Não se esqueça de prestar atenção especial à máquina escolhida, à tinta e às cores que deseja utilizar em suas estampas.

Optou pelo dropshipping ou pela impressão sob demanda? Pergunte qual impressora seu fornecedor vai utilizar, verifique se o desenho da estampa está como você esperava e avalie as cores oferecidas para cada modelo.

Mal podemos esperar para ver sua primeira peça de roupa. Boa sorte!

Ficou com alguma dúvida ou quer contar sua própria história com o nicho de camisetas? É só deixar um comentário aqui embaixo!

Ilustrações de Rachel Tunstall

Perguntas frequentes sobre como estampar camisetas

Como vender camisetas online?

Para vender camisetas pela internet, você vai precisar primeiro escolher o modelo de negócios com o qual quer trabalhar. Se você optar por fazer suas próprias estampas de modo artesanal, então vai precisar investir tempo e dinheiro para adquirir e aprender a manusear as ferramentas e a máquina de estampas. Nos modelos de dropshipping e impressão sob demanda, a fabricação fica por conta do fabricante ou serviço contratado.

Quais são as técnicas mais comuns de estamparia?

As técnicas mais comuns de estamparia são a sublimação, que requer um maquinário específico e só pode ser realizada em tecidos com um percentual considerável de fibra sintética, e a serigrafia. Também conhecida como silk-screen, a serigrafia é uma técnica versátil que pode ser realizada apenas com o auxílio de uma tela de serigrafia e um rodo de madeira ou metal.

Vale a pena vender camisetas via dropshipping ou impressão sob demanda?

Sim, mas tudo vai depender do tipo de produto com o qual você quer trabalhar. Fornecedores de dropshipping costumam oferecer menos alternativas de customização de itens, e os serviços de uma solução de impressão sob demanda podem ser particularmente custosos (especialmente se você estiver com um orçamento limitado).

Which method is right for you?Sobre a autora

Carolina Walliter é escritora, tradutora, intérprete de conferências e editora-chefe do blog da Shopify em português do Brasil.

Post original em inglês: Corey Ferreira

Tradução e localização: Marcela Lanius

Você tem dúvidas sobre a Shopify?

Entre em contato a nossa Central de ajuda